EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Músculos supra-hióideos

Este vídeo tem legendas em Português

Origens, inserções, inervação e funções dos músculos supra-hióideos.

Fantástico!
A sua primeira videoaula. Continue para o teste abaixo para solidificar o seu conhecimento.

Destaques

Transcrição

Olá pessoal! Aqui é a Megan do Kenhub, seja bem-vindo a outra videoaula de anatomia. Nesta videoaula, vamos falar sobre as origens, inserções, inervações e funções dos músculos supra-hióideos. Podemos ver aqui uma imagem dos músculos do pescoço de uma visão anterior. Se eu remover o platisma, nós agora podemos ver vários grupos de músculos. Podemos ver o esternocleidomastóideo aqui, os músculos infra-hióideos aqui, e os músculos nos quais vamos focar hoje, os músculos supra-hióideos.

Na próxima imagem, temos uma visão dos músculos supra-hióideos isoladamente, compostos por quatro músculos que se estendem da mandíbula até ao osso hioide. Juntamente com os tecidos adjacentes, eles formam o assoalho da boca.

Os músculos supra-hióideos elevam o osso hioide enquanto os músculos infra-hióideos fazem o contrário, rebaixando o hioide. Os quatro músculos supra-hióideos são o músculo digástrico, o músculo milo-hióideo, o músculo gênio-hióideo e o músculo estilo-hióideo.

O músculo digástrico consiste em duas partes. O nome vem da tradução literal do latim que significa “dois ventres”. Esses dois ventres são separados por um tendão intermédio. O ventre anterior se origina da fossa digástrica da mandíbula, e o ventre posterior se origina da incisura mastoide do osso temporal. Juntos, os ventres musculares do digástrico se inserem no tendão intermédio.

O próximo músculo que vamos ver é o milo-hióideo. Ele se origina da linha milo-hioideia da mandíbula, que está presente na superfície interna da mandíbula. As fibras musculares seguem para um tendão mediano conhecido como rafe milo-hioideia, onde ambas as partes do músculo se encontram. A rafe milo-hioideia continua seu trajeto e se insere no corpo do osso hioide. O músculo milo-hióideo e o ventre anterior do músculo digástrico são supridos pelo nervo milo-hióideo, que é um ramo do nervo mandibular, que por sua vez é um dos três ramos do nervo trigeminal, ou nervo craniano V.

O músculo gênio-hióideo tem sua origem na espinha mentoniana da mandíbula, que também é vista na superfície interna da mandíbula. Distalmente, os músculos gênio-hióideos se inserem no corpo do osso hioide. O gênio-hióideo é inervado por ramos do plexo cervical C1 a C2, assim como pelo nervo hipoglosso, ou nervo craniano XII.

O músculo estilo-hióideo, como o próprio nome sugere, se origina do processo estiloide do osso temporal. Esse músculo segue para se inserir no corpo do osso hioide. Em sua porção distal, o músculo se divide em dois tendões. O músculo estilo-hióideo é suprido pelo nervo facial, ou nervo craniano VII. O ventre posterior do digástrico também é inervado pelo nervo facial.

Os músculos supra-hióideos formam o assoalho da boca e desempenham um importante papel na mastigação, na deglutição e na fala. Juntamente com os músculos infra-hióideos, eles são responsáveis pelo posicionamento do osso hioide. De uma forma mais detalhada, os músculos digástrico e estilo-hióideo elevam o osso hioide durante a deglutição e mantêm a boca aberta. Os músculos gênio-hióideos deslocam o hioide para a frente e sustentam a abertura e o movimento lateral da mandíbula. A principal função do músculo milo-hióideo é a elevação do assoalho da boca, mas ele também pode auxiliar na abertura da mandíbula e nos movimentos mastigatórios. De forma geral, devido à sua contribuição durante a mastigação, os músculo supra-hióideos também são referidos como músculos acessórios da mastigação.

Agora que você terminou esta videoaula, está na hora de você continuar sua experiência de aprendizagem testando e aplicando o seu conhecimento. Há três maneiras que você pode fazer isso aqui no Kenhub. A primeira é clicando no nosso botão “Faça o teste”, a segunda é navegando por nossa biblioteca de artigos relacionados, e a terceira é conferindo o nosso atlas.

Agora, boa sorte a todos, e eu vejo você da próxima vez.

Continue a sua aprendizagem

Assista mais videoaulas

Mostre mais 1 videoaula

Faça teste

Leia artigos

Mostre mais 5 artigos

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!