EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Planos e eixos cardinais do corpo

Este vídeo tem legendas em Português

Generalidades sobre os planos e eixos que são usados para descrever o corpo.

Fantástico!
A sua primeira videoaula. Continue para o teste abaixo para solidificar o seu conhecimento.

Destaques

Transcrição

Olá pessoal! Aqui é a Nicole, do Kenhub, e nesta videoaula vamos discutir os planos cardinais do corpo humano e os eixos cardinais.

Antes de começarmos a discutir os planos e os eixos cardinais específicos, você pode estar se perguntando o que eles são e por que eles são tão importantes para o estudo da anatomia. Bem, primeiramente deixe-me começar descrevendo o que nós queremos dizer com o termo “cardinal” nesse caso. O termo “cardinal” por si só significa “de grande importância ou fundamental”. Quando o utilizamos na anatomia em referência aos planos ou eixos do corpo, nós estamos basicamente dizendo que os planos ou eixos cardinais são os planos e eixos que são de maior importância.

A outra coisa que você precisa saber é que esses planos e eixos são descritos em referência à posição anatômica, que é a posição padrão do corpo que é usada para descrever a posição de partes do corpo e a posição dos pacientes, independentemente de eles estarem deitados de lado ou de barriga para baixo.

Na posição anatômica, a pessoa está de pé, com os braços ao lado, a palma das mãos voltada para a frente, os polegares apontando para baixo e para longe do corpo e os pés posicionados discretamente distantes um do outro e paralelos com os dedos apontando para a frente. Nessa posição, a cabeça está voltada para frente e os olhos estão olhando diretamente para frente.

Agora vamos falar sobre o que são os planos e eixos do corpo.

Primeiramente, os planos cardinais do corpo são planos imaginários, ou superfícies planas, que dividem o corpo em seções. Apesar desses planos puderem ser desenhados em qualquer local do corpo humano, três planos cardinais padrões são designados como planos de referência, a saber o plano coronal, o plano sagital e o plano transverso.

Quanto aos eixos cardinais, esses são linhas imaginárias retas que percorrem o corpo em três direções cardinais - o eixo horizontal, também conhecido como eixo X, o eixo longitudinal, também conhecido como eixo Y, e o eixo sagital, também conhecido com eixo Z. Quando falamos sobre os eixos cardinais do corpo, estamos nos referindo a uma linha reta ao redor da qual um objeto gira, tal como o movimento ao redor de uma articulação.

Então por que usamos esses planos e eixos cardinais do corpo? Bem, esses termos fazem parte da linguagem universalmente aceite de anatomia, que é utilizada para descrever estruturas de acordo com a sua posição no corpo humano. O uso desses termos ajuda a evitar confusão e permite uma comunicação precisa entre anatomistas e profissionais da saúde.

Então agora que você sabe o que são esses planos e eixos, e entende o porquê deles serem usados em anatomia, vamos vê-los individualmente com um pouco mais de detalhe.

Primeiro, vamos falar sobre os planos cardinais.

O plano coronal é um plano vertical que divide o corpo em uma parte anterior ou frontal e uma parte posterior ou dorsal. Esses planos são paralelos à sutura coronal do crânio, por isso o seu nome. A imagem que você vê à direita demonstra o plano coronal médio, que divide o corpo em duas metades iguais: anterior e posterior.

Outro plano vertical é o plano sagital. Esse plano, entretanto, divide o corpo em uma parte direita e uma parte esquerda. Esse nome foi dado porque ele segue de forma paralela à sutura sagital do crânio. Essa imagem especificamente mostra o plano sagital mediano, que passa através do corpo de frente para trás na linha mediana, dividindo o corpo essencialmente em duas metades iguais: esquerda e direita.

O terceiro plano cardinal do corpo - o plano transverso - é um plano horizontal que segue paralelamente ao chão. Esse plano divide o corpo em um parte superior e uma inferior. Em anatomia, cortes realizados no plano transverso de um órgão ou tecido também são referidos como secções.

Agora vamos falar sobre os eixos cardinais. Como eu mencionei anteriormente, nós nos referimos a esses eixos mais comumente quando falamos sobre o movimento de uma articulação, e vamos ver alguns exemplos de tais movimentos à medida que descrevemos esses eixos.

Começando com o eixo horizontal, também conhecido com eixo X, você pode ver que esse eixo é uma linha reta que segue da esquerda para a direita. Esse eixo se encontra na interseção dos planos coronal e transverso. Articulações em dobradiça, tais como a articulação do cotovelo, realizam movimento ao longo desse eixo - flexão e extensão para ser mais específica.

O eixo longitudinal, também conhecido como eixo Y, é uma linha que segue através do corpo da cabeça aos pés e é perpendicular ao chão, como pode ser visto aqui nesta imagem. Esse eixo se encontra na interseção dos planos coronal e sagital. Uma articulação em pivô, tal como a articulação atlanto-axial, pode realizar movimento em torno desse eixo, especificamente rotação medial e rotação lateral.

Finalmente, o terceiro eixo cardinal é o eixo sagital, também conhecido como eixo Z. Esse eixo segue anteroposteriormente da frente do corpo até a parte de trás do corpo e se encontra na interseção dos planos sagital e transverso. A articulação carpometacárpica do polegar, que é uma articulação em sela, realiza movimento ao redor do eixo Z, especificamente abdução e adução do polegar.

Continue a sua aprendizagem

Assista mais videoaulas

Mostre mais 3 videoaulas

Faça teste

Leia artigos

Mostre mais 2 artigos

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!