Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar
Pronto para aprender?
Selecione a sua ferramenta de estudo favorita

Astrócito

Os astrócitos são as maiores e mais abundantes células entre as células gliais do sistema nervoso central (SNC). Juntamente com os oligodendrócitos, eles formam um grupo de células gliais chamadas de macroglia, que se originam embriologicamente na placa neural. Em termos de estrutura e função, os astrócitos são as células gliais mais complexas e diversas do SNC.

Morfologicamente, podemos distinguir dois tipos de astrócitos: protoplasmáticos e fibrosos. Os astrócitos protoplasmáticos têm uma aparência estrelada devido aos seus numerosos processos, e encontram-se principalmente na substância cinzenta. Os astrócitos fibrosos, por outro lado, têm poucos processos citoplasmáticos, mas estes são mais longos e se alinham com os axônios dos nervos, sendo encontrados principalmente na substância branca.

Os astrócitos distinguem-se das outras células gliais pelo seu tamanho, sua organização intracelular e suas projeções citoplasmáticas. Histologicamente, eles são reconhecidos pela coloração imuno-histoquímica pela proteína ácida fibrilar glial (GFAP), que forma feixes de filamentos intermediários dentro dos astrócitos e serve como marcador histológico.

Os processos citoplasmáticos dos astrócitos têm várias ramificações terminais. Isso permite que um único astrócito se conecte com vários corpos de células nervosas e estabeleça mais de um milhão de sinapses, refletindo a complexidade da estrutura e função dos astrócitos.

Os astrócitos formam uma extensa rede de células gliais que se comunicam umas com as outras através de junções comunicantes, assegurando a execução coordenada das suas atividades nas várias regiões do SNC. Os astrócitos desempenham várias funções importantes, que incluem:

  • Contribuir para a formação e manutenção da integridade da barreira hematoencefálica. Os astrócitos recobrem a superfície externa da membrana basal dos capilares cerebrais com os seus pés perivasculares, que são as expansões terminais dos processos citoplasmáticos. Assim, eles ajudam a assegurar que a passagem das substâncias da corrente sanguínea para o tecido cerebral seja bem regulada.
  • Formar a glia limitante (também conhecida como membrana glial limitante ou lâmina limitante glial), que é uma barreira amplamente impermeável entre a superfície do SNC e a pia-máter (membrana meníngea mais interna), formada pelos pés vasculares dos astrócitos.
  • Fornecer suporte metabólico aos neurônios, modulando a composição química do fluido intersticial dentro do cérebro através da regulação da troca de vários íons e moléculas entre o sangue e o fluido intersticial.
  • Fornecer suporte estrutural e plasticidade ao tecido neuronal do SNC através da sua rede de citoesqueleto.
  • Substituição de células nervosas danificadas pelo processo de astrocitose, que envolve a proliferação de astrócitos para ocupar o espaço deixado pelos neurônios mortos.
  • Desenvolvimento neuronal do cérebro fetal através da libertação de substâncias químicas que estabelecem e orientam as conexões entre neurônios.
  • Controlar o diâmetro dos vasos com os quais estão em contato direto, liberando substâncias vasoativas que resultam na dilatação ou contração do vaso.
Informações importantes sobre os astrócitos
Definição Células gliais com numerosos processos celulares em contato com neurônios e capilares
Tipos principais Astrócitos protoplasmáticos e fibrosos
Funções - Contribuir para a formação da barreira hematoencefálica
- Regular da composição do fluido intersticial do SNC e suporte metabólico dos neurônios
- Suporte estrutural e organização do SNC
- Reparar processos e substituir os neurônios danificados
- Ajudar no desenvolvimento neuronal
Conteúdo
  1. Referências
+ Mostrar tudo

Aprenda mais sobre os astrócitos e sobre as outras células do córtex cerebral na unidade de estudo abaixo:

Astrócito - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!