EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Tórax - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.105.576 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Tórax

Visão geral do tórax - vista anterior

É mais do que provável que você tenha experimentado a sensação de seu coração batendo em seu peito inúmeras vezes durante momentos emocionais intensos. Como estudante de ciências da saúde, a temida sensação de dor no peito experimentada por pacientes durante um infarto do miocárdio também deve ser experiência familiar. No entanto, qual é a definição anatômica ou o significado de 'tórax'?

O peito, mais corretamente denominado tórax, é a parte superior do tronco localizada entre o pescoço e o abdome. Consiste em vários componentes:

  • Parede torácica
  • Várias cavidades
  • Linfáticos, artérias e nervos
  • Órgãos internos
  • Mamas

Nesta página, analisaremos brevemente cada um dos componentes acima e como eles se relacionam para formar o tórax.

Parede torácica

O primeiro passo para entender a anatomia do tórax é descobrir os seus limites. A parede torácica consiste em uma estrutura esquelética, fáscia, músculos, artérias e nervos - todos interligados uns aos outros para formar uma gaiola forte e protetora, ainda que flexível.

O tórax tem duas aberturas principais: a abertura torácica superior, encontrada superiormente, e a abertura torácica inferior, localizada inferiormente. A inferior é quase completamente coberta pelo diafragma, que separa o tórax da cavidade abdominal.

Ossos e ligamentos da porção ventral do tronco - vista anterior

Seguindo com o arcabouço esquelético do tórax, temos o esqueleto torácico. É composto pelo esterno, doze pares de costelas, doze vértebras torácicas e articulações interconectadas. As principais articulações torácicas incluem os discos intervertebrais e as articulações costovertebrais, esternocostais, esternoclaviculares, costocondrais e intercondrais.

Ossos da parte dorsal do tronco - vista posterior

Para aprender mais sobre os ossos do tronco assista à nossa videoaula e depois complete o nosso teste.

Situados entre cada duas costelas adjacentes estão espaços anatômicos chamados de espaços intercostais. Há onze no total, cada um contendo três músculos intercostais (externo, interno e íntimo) além do feixe intercostal neurovascular. Este consiste na veia intercostal, artéria intercostal e nervo intercostal.

Além dos intercostais e do diafragma, que são os músculos torácicos mais importantes responsáveis ​​pela respiração, há ainda alguns músculos adicionais que constituem a parede torácica. Estes incluem os músculos transverso do tórax, subcostais, levantadores das costelas, serrátil posterior superior e serrátil posterior inferior. De um modo geral, eles se inserem nas costelas, em suas cartilagens ou nas vértebras torácicas - em última análise rebaixando ou elevando as costelas. Além disso, todos os músculos torácicos fornecem apoio adicional e força para o tórax.

Se você quiser aprender mais sobre os músculos da parede torácica e dar mais um passo na direção de dominar a anatomia do tórax, dê uma olhada abaixo!

Caixa torácica

Agora que entendemos os limites do tórax, vamos adicionar outra camada de conhecimento à definição básica inicial do tórax. A parede torácica na verdade recobre uma cavidade, ou espaço, que é preenchido por várias estruturas anatômicas. Como há muitas dessas estruturas, a caixa torácica pode ser dividida em vários compartimentos para nos auxiliar na localização das mesmas. Há um mediastino localizado centralmente, delimitado por duas cavidades pulmonares lateralmente. O mediastino é adicionalmente dividido nas cavidades mediastinais superior e inferior. Por sua vez, este último é composto por um compartimento anterior, um médio e um posterior.

Cavidades do corpo humano - vista anterior

A cavidade torácica se comunica com o pescoço através da abertura torácica superior e com a cavidade abdominal pela abertura torácica inferior através de espaços anatômicos que perfuram o diafragma.

Aprenda mais sobre as cavidades do corpo humano com a videoaula e o teste seguintes.

Localizados dentro de cada cavidade e compartimento existem vários órgãos, vasos sanguíneos torácicos, nervos e gânglios linfáticos:

Conteúdos da cavidade torácica
Mediastino superior Timo, traqueia, esôfago, arco aórtico, tronco braquiocefálico, artéria carótida comum esquerda, artéria subclávia esquerda, artérias torácicas internas, veia cava superior, veia intercostal superior esquerda, veias braquiocefálicas, nervos frênicos, nervos vagos, nervo laríngeo-recorrente esquerdo, ducto torácico, gânglios e vasos linfáticos.
Mediastino anterior Parte do timo, tecidos conjuntivo e adiposo, gânglios linfáticos, ramos dos vasos torácicos internos, ligamentos esternopericárdicos.
Mediastino médio Pericário, coração, tronco pulmonar, aorta ascendente, veias pulmonares, veia cava superior, veia cava inferior, bifurcação traqueal, brônquios principais.
Mediastino posterior Esôfago, plexo esofágico, aorta torácica e seus ramos, sistemas venosos ázigos e hemiázigos, ducto torácico, tronco simpático, nervos esplâncnicos torácicos.
Cavidades pleurais Pleuras e pulmões-

Quem teria pensado que um espaço tão pequeno poderia conter tantas estruturas? Para simplificar seu aprendizado, aqui está uma revisão geral das mais importantes:

Conteúdos do mediastino - vista lateral

Você quer mergulhar em mais detalhes? Escolha seus recursos de aprendizado favoritos dentro das videoaulas, dos artigos ou dos testes a seguir e comece a aprender mais sobre os gânglios linfáticos, vasos e nervos do tórax.

Nervos e artérias do tórax

Se você olhar de perto a tabela e a imagem anteriores, verá que várias artérias e veias principais percorrem o tórax. Todas as artérias torácicas se originam da aorta e as três maiores são o tronco braquiocefálico, a artéria carótida comum esquerda e a artéria subclávia esquerda. Várias artérias viscerais também irrigam diversos órgãos torácicos, incluindo as artérias bronquiais, esofágica, pericárdica e várias pequenas artérias mediastinais. A aorta torácica também emite ramos parietais para os músculos torácicos. Estas incluem as artérias intercostal posterior e frênica superior e os pares de artérias subcostais.

Para saber ainda mais sobre a anatomia da artéria aorta assista à nossa videoaula ou leia o seguinte artigo. 

Em termos de drenagem venosa, as principais veias do tórax são: veia cava superior, sistema venoso ázigo, veia hemiázigos acessória, veias pulmonares, veias esofágicas, veias torácicas internas, veias cardíacas e veias intercostais superiores. Estes vasos coletam todo o sangue desoxigenado proveniente dos músculos e órgãos do tórax, trazendo-os em última instância para a veia cava superior.

Como o tórax abriga vários órgãos, a principal inervação é autonômica e aparece na forma de plexos viscerais localizados próximos a cada órgão respetivamente. Estes plexos incluem os plexos esofágico, cardíaco e aórtico torácico, e são formados por contribuições do tronco simpático, dos nervos esplâncnicos torácicos, do nervo laríngeo recorrente e do nervo vago.Aprender sobre os vasos e nervos pode ser assustador, mas não precisa ser impossível.

Assista à videoaula a seguir e consolide o conhecimento de todos os ramos usando os testes abaixo!

Órgãos da cavidade torácica

Como você viu acima, o tórax contém mais do que artérias, nervos e vasos linfáticos torácicos. Também contém órgãos e estruturas vitais, como o coração, os pulmões, o timo, a traqueia e o esôfago.

Um dos órgãos mais importantes situados no tórax é o coração. Possui o tamanho de um punho fechado e está localizado no mediastino médio dentro do saco pericárdico. Esta bomba muscular recebe sangue diretamente através da circulação coronariana e possui quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. O lado direito do coração lida com sangue desoxigenado, enquanto o lado esquerdo trabalha com sangue oxigenado. Diversos importantes vasos sanguíneos, que fazem parte do sistema cardiovascular, entram e saem do coração levando para e coletando sangue das circulações sistêmicas e pulmonares. São elas: veias cavas superior e inferior, artérias pulmonares, aorta e veias pulmonares. O fluxo sanguíneo entre os átrios e os ventrículos é regulado pelas válvulas cardíacas (atrioventricular esquerda (mitral), atrioventricular direita (tricúspide), aórtica e pulmonar). Para que o coração bata e cumpra suas funções, possui um controle nervoso autônomo fornecido pelo nó sinoatrial, nó atrioventricular, feixe de His e fibras de Purkinje.

Coração in situ - vista anterior

A informação acima sobre o coração é apenas a ponta do iceberg. Se você quiser mergulhar mais profundamente nas complexidades anatômicas desse órgão muscular, dê uma olhada nos seguintes recursos.

Os pulmões fazem parte do sistema respiratório e são o local de troca gasosa e respiração. Essas estruturas bilaterais ocupam as cavidades pulmonares e consistem em lobos e segmentos broncopulmonares separados por fissuras. O ar entra e sai dos pulmões através de uma rede de estruturas interligadas que consistem em traqueia, brônquios, bronquíolos e alvéolos. Várias estruturas entram em cada pulmão através de um hilo, senda elas: brônquio principal, artéria pulmonar, duas veias pulmonares, vasos brônquicos, plexo autonômico pulmonar, linfonodos e vasos e tecido conjuntivo. Cada pulmão é revestido por duas camadas de pleura (parietal e visceral). O parênquima pulmonar é vascularizado pelas artérias e veias brônquicas, e inervado pelo plexo nervoso pulmonar.

Pulmões in situ - vista anterior

A estrutura anatômica das vias aéreas e do pulmão pode ser bastante complexa, por isso fornecemos a você os recursos adicionais abaixo para ajudar a esclarecer qualquer confusão.

Intimamente ligado aos pulmões está a traqueia - um órgão tubular. Está localizada anteriormente ao esôfago e se estende pelo mediastino superior. A traqueia faz parte do sistema respiratório e fornece uma passagem para que o ar entre e saia dos pulmões. É circundada por anéis de cartilagem e se divide nos brônquios esquerdo e direito no ângulo do esterno. Esses brônquios continuam em direção aos pulmões, dividindo-se cada vez mais, até alcançar os alvéolos. A traqueia recebe seu suprimento arterial das artérias tireóidea inferior e brônquicas. O sangue desoxigenado é drenado da traqueia através das veias braquiocefálica, ázigos, e hemiázigos acessória. A inervação provém do nervo laríngeo recorrente e do tronco simpático.

Traqueia e brônquios - vista anterior

Quer saber mais sobre a traqueia? Assista às videoaulas a seguir e faça os testes para aprender toda a sua anatomia.

Além da traqueia, temos outro órgão tubular. O esôfago é um tubo fibromuscular que se estende da faringe até o estômago. É dividido em três partes: cervical, torácica e abdominal. O esôfago faz parte do sistema digestivo e seu papel é transportar saliva, líquidos e sólidos até ao estômago através de contrações peristálticas. Dois esfíncteres (superior e inferior) previnem o refluxo de partículas de alimento ou ácido gástrico. O suprimento arterial do esôfago provém da artéria tireóidea inferior, da aorta torácica e da artéria gástrica esquerda. O sangue desoxigenado é drenado por vários vasos: veias tireóideas inferiores, sistemas venosos ázigos e hemiázigos, veias intercostais, veias brônquicas e veias gástricas curtas. A inervação é fornecida pelo nervo laríngeo recorrente, pelo tronco simpático e pelo plexo nervoso esofágico.

Esófago in situ - vista anterior

Se você quiser dominar a anatomia do esôfago, incluindo suas artérias, veias e os nervos torácicos que o suprem, entre nos seguintes testes, videoaulas e artigo.

Agora vamos falar de um pequeno órgão chamado timo. Na verdade, é um órgão linfóide abrangendo as cavidades mediastinais superior e anterior. Seu papel principal é facilitar a maturação de um subconjunto específico de células do sistema imunológico (linfócitos T), e começa a regredir após a puberdade. Como resultado, os adultos normalmente não têm mais timo.

Aprenda mais sobre o sistema linfático e o timo na videoaula e no teste em baixo.

Anatomia das mamas femininas

As mamas fazem parte dos caracteres sexuais secundários no sexo feminino e são as estruturas mais proeminentes da parede torácica anterior. A principal função da mama feminina é a produção de leite após o nascimento. Esta função é realizada pelas glândulas mamárias, que produzem e ejetam o leite nos ductos lactíferos. A mama é presa à pele do tórax por ligamentos suspensores (de Cooper), e está sobreposta a dois músculos importantes denominados peitoral maior e serrátil anterior.

Anatomia da mama feminina - vista lateral

As mamas são irrigadas por várias artérias, a saber ramos das artérias torácica interna, axilar, torácica lateral, toracoacromial e intercostal posterior. As veias axilar e torácica interna são responsáveis ​​pela drenagem venosa, enquanto a inervação é realizada por ramos dos nervos intercostais.

Artérias e veias da mama feminina - vista anterior

Você está curioso para saber mais sobre essa estrutura? Dê uma olhada abaixo em nossas videoaulas, artigos e testes sobre o seio feminino.

Por fim, responda ao teste global em baixo, criado para testar os seus conhecimentos sobre a anatomia do tórax. Este teste centra-se especificamente nos seus constituintes, incluindo os seus órgãos, artérias, veias e músculos de forma a consolidar os temas abordados anteriormente nesta página sobre a anatomia do tórax!

Videoaulas relacionadas

Testes relacionados

Tórax - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.105.576 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Artigo e Revisão:

  • Adrian Rad
  • Alexandra Osika
  • Nicola McLaren

Tradução para português e Layout:

  • Rafaela Linhares
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.