EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Anatomia do membro superior - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.103.016 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Anatomia do membro superior

Membro superior - vista anterior

Você já se perguntou quais as diferenças entre nós humanos e os animais, no que concerne o membro superior? Uma delas certamente é a nossa habilidade de comprimentarmos uns aos outros quando fechamos nossa prova de anatomia. Claro que existem muito mais funções e movimentos que o nosso membro superior nos permite, e isso se deve à sua anatomia perfeita, que é capaz de nos fornecer uma grande grau de mobilidade.

Esta página irá discutir brevemente a anatomia do membro superior para lhe apresentar as principais regiões do membro superior, que incluem: o ombro, o braço, o cotovelo, o antebraço e a mão.

Anatomia do ombro

O ombro é onde o membro superior se une ao tronco. Sua parte mais importante é a articulação glenoumeral, formada pelo úmero, a escápula e a clavícula. A anatomia do úmero deve ser conhecida antes de qualquer discussão sobre a articulação glenoumeral, e você pode aprender tudo sobre ela no nosso teste e videoaulas:

A articulação do ombro é reforçada por dois grupos de músculos, superficiais e profundos. Os músculos superficiais incluem o deltoide e o trapézio, enquanto o grupo profundo contém os músculos (do manguito rotador / coifa dos rotadores) supraespinhal, o infraespinhal, o redondo menor e o subescapular.

Descubra tudo sobre a anatomia do ombro com o nosso divertido conteúdo educacional:

Anatomia do braço

O braço é a área entre o ombro e o cotovelo. Dependendo se você é um amante de academias ou não, ele pode ser mais ou menos importante para você. Mas anatomicamente, todas as partes do braço devem ser conhecidas.

Só existe um osso no braço, que é o úmero. Ele é o pilar onde todas as estruturas de partes moles se sustentam. Os músculos são agrupados em compartimentos anterior e posterior, separados pelo septo que se insere no úmero. O compartimento anterior contém os músculos coracobraquial, braquial e bíceps braquial, enquanto o compartimento posterior contém somente um músculo, o tríceps braquial.

Finalmente, mas não menos importante, é o compartimento neurovascular. Cada estrutura do braço é inervada pelo plexo braquial, uma rede de nervos que se origina nos nervos espinhais C5-T1. O sangue arterial vem da artéria braquial, que se ramifica em seu curso descendente no braço, emitindo muitos ramos que suprem as estruturas do braço.

Antomia do cotovelo

O cotovelo é outra "ponte" no membro superior, que une o braço e o antebraço. Três ossos participam da articulação do cotovelo: o úmero, o rádio e a ulna. Eles se encaixam de tal forma que permite o movimento único do antebraço de pronação e supinação. Para compreender estes movimentos você pode encontrar tudo que você precisa saber sobre a anatomia do cotovelo através desta videoaula e deste teste:

A parte anterior do cotovelo é chamada de fossa cubital, na qual, além da articulação, são encontrados importantes nervos e vasos sanguíneos para o suprimento do braço e do antebraço.

Músculos do antebraço

Esta é a parte que muitos estudantes consideram a mais difícil. Os vinte músculos e dois ossos (rádio e ulna) do antebraço. Aprenda mais sobre estes dois ossos com os nossos recursos.
 

Mas não se preocupe, os músculos são agrupados nos compartimentos anterior e posterior, com o compartimento anterior contendo basicamente os flexores, e o posterior os extensores. Além disso, cada compartimento possui camadas. O compartimento anterior possui as camadas superficial, intermediária e profunda, enquanto o compartimento posterior contém as camadas superficial e profunda. Nós sabemos que ler sobre vinte músculos, dois compartimento e cinco camadas pode ser monótono, então nós criamos estas videoaulas e testes para tornar este assunto mais interessante, e a sua vida mais fácil!

O suprimento arterial do antebraço se dá através de ramos das artérias radial e ulnar, enquanto a inervação vem dos nervos radial, ulnar e mediano.

Anatomia da mão

A mão provavelmente é o mais notável produto da evolução humana, do ponto de vista da biomecânica. A anatomia da mão nos permite vários movimentos, desde movimentos grosseiros, como esmagar um mosquito, até os mais finos movimentos, como tocar uma guitarra, desenhar ou praticar caligrafia.

Para compreender como isso funciona, vamos começar com as partes básicas da mão, que são:

  • o punho (carpo)
  • o metacarpo
  • os dedos

A estrutura óssea da mão é muito interessante. O carpo contém 8 ossos, o metacarpo é constituído em 5, e os dedos possuem 15 ossos. Os ossos do carpo são pequenos, possuem formato irregular e possuem nomes tão curiosos que você pode querer utilizá-los para a sua conta no instagram: escafoide, semilunar, piramidal, pisiforme, trapézio, trapezoide, capitato e hamato.

Já os ossos do metacarpo são mais fáceis de se memorizar, já que eles são nomeados como primeiro ao quinto metacarpos, com o primeiro sendo a 'raiz' do polegar, e o quinto a raiz do dedo mínimo. Por último, os dedos são sustentados por três ossos consecutivos, chamados de falanges proximal, média e distal, todas nomeadas especificamente como primeira a quinta, da mesma forma que os metacarpos.

No que diz respeito aos músculos, eles são chamados músculos intrínsecos da mão. Isso significa que eles possuem tanto origem quanto inserção na mão. Isso os separa dos músculos 'extrínsecos', que se originam no antebraço e se inserem na mão. Os músculos intrínsecos da mão são: palmar curto, interósseos (palmar e dorsal), adutor do polegar, tenar, hipotenar e lumbricais. Você pode aprender tudo sobre eles em nossas interessantes videoaulas, e em seguida se testar no nosso teste:

No que diz respeito à vascularização e inervação da mão, tanto as artérias quanto os nervos são continuações dos elementos neurovasculares do antebraço. Para dominar este assunto, assista à videoaula e complete o seguinte teste:

Por fim, responda ao teste global em baixo, criado para testar os seus conhecimentos sobre a anatomia do membro superior. Este teste centra-se especificamente nos ossos, músculos (incluindo as suas origens, inserções, inervação e função), artérias, veias e nervos da mão, de forma a consolidar os temas abordados anteriormente nesta página sobre a anatomia do membro superior. 

Videoaulas relacionadas:

Testes relacionados:

Anatomia do membro superior - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.103.016 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Artigo e revisão:

  • Jana Vaskovic
  • Nicola McLaren

Ilustrações:

  • Membro superior - vista anterior - Irina Münstermann

Tradução para português:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 10 artigos

Assista videoaulas

Mostre mais 2 videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.