Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Produção e circulação de líquido cefalorraquidiano

Objetivos de aprendizagem

Esta unidade de estudo ajudará você a:

  1. Aprender o que é o líquido cefalorraquidiano (LCR) e quais as suas funções.
  2. Entender como e onde o LCR é produzido.
  3. Conhecer os locais onde o LCR está presente no sistema nervoso central e suas vias de circulação.

Navegue pelo atlas

O líquido cefalorraquidiano (LCR) ou líquor é um fluido claro, de aspecto semelhante ao plasma, que circula no sistema de cavidades do sistema nervoso central (SNC). A maior parte do LCR é produzida e secretada por um tecido especializado conhecido como plexo corióideo.

As cisternas subaracnóideas são compartimentos no espaço subaracnóideo, onde a pia-máter e a aracnoide não estão tão próximas; isso se deve ao fato de que a pia-máter reveste intimamente todos os contornos do cérebro, passando por todos os giros, sulcos, fissuras e indentações, enquanto a aracnóide recobre a superfície cerebral como um todo e não se insinua pelos sulcos acompanhando o contorno cerebral. Todas as cisternas são interconectadas, e a livre comunicação entre elas é essencial para a circulação do LCR.

Aproximadamente 400-600mL de LCR são produzidos por dia. No entanto, o volume total do LCR no sistema ventricular, no canal central da medula espinal e nos espaços subaracnóideos e perivasculares é mantido em torno de 150-270mL devido ao fato de o LCR ser drenado a uma taxa semelhante à que é produzido. O LCR é absorvido para o sistema venoso cerebral através das granulações aracnóideas, que correspondem a protrusões de aracnoide para dentro dos seios venosos durais.

Veja as imagens a seguir para uma visão geral do plexo corióideo, do líquido cefalorraquidiano e dos componentes envolvidos em sua produção e drenagem.

Agora você pode observar cada estrutura mais detalhadamente com a nossa galeria de imagens.

Teste seus conhecimentos

Agora que você viu todas as imagens sobre o plexo corióideo, solidifique o seu conhecimento fazendo o teste abaixo.

Para ajustar o seu foco e escolher a sua própria seleção de estruturas para ser abordada no teste, verifique o nosso teste personalizado abaixo:

Resumo

Informações importantes
Líquido cefalorraquidiano (LCR) Definição: Fluido claro, de aspecto semelhante ao plasma, que circula no sistema de cavidades do sistema nervoso central (SNC)
Produzido por
: Plexo corióide
Drenado por
: Granulações aracnóideas
Volume circulante
: aprox. 150 mililitros
Plexo corióideo Localização: Assoalho dos ventrículos laterais, teto do terceiro e quarto ventrículos
Funções
: Produção e secreção de LCR, formação da barreira hematoencefálica, secreção de vários fatores de crescimento, possibilita o desenvolvimento cerebral, proteção a toxinas lesivas e microorganismos
Cisternas subaracnóideas Cisternas infratentoriais:
Cisternas basais/ventrais (pré-bulbar, pré-pontina, interpeduncular)
Cisternas laterais (cerebelobulbar lateral, pontocerebelar, ambiente)
Cisternas dorsais (cerebelobulbar posterior (cisterna magna), cerebellar superior)
Cisternas supratentoriais:

Cisternas basais (hipofisária, quiasmática, da lâmina terminal)
Cisternas laterais (olfatória, da fossa lateral do cérebro, sulco central)
Cisternas dorsais (quadrigeminal, pericalosa, da fissura transversa)
Granulações aracnóideas Definição: Protrusões de aracnoide que perfuram a dura-máter e se projetam na lâmina dos seios venosos durais
Função
: Drenagem de líquido cefalorraquidiano

Muito bem!

Artigos relacionados

Continue aprendendo

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!