EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Como examinar lâminas histológicas - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.103.016 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Como examinar lâminas histológicas

A histologia é uma disciplina fascinante que nos permite explorar a estrutura e função dos tecidos. Se pegarmos numa pequena amostra de um tecido de órgão, se a corarmos corretamente e se a colocarmos sob um microscópio de luz, conseguiremos ver as células principais e alguns dos outros componentes que formam o tecido.

Neste artigo, responderemos a duas perguntas: quando é que você precisa de examinar lâminas da Histologia? E como você o fazer?

Quando?

Quer você esteja aprendendo histologia, realizando uma prova de histologia, ou trabalhando com preparações microscópicas, essa estratégia pode ajudá-lo a prevenir erros quando for identificar cada lâmina usando um microscópio.

Videoaula recomendada: Como examinar lâminas histológicos
Generalidades sobre como examinar e explorar cortes histológivos usando um microscópio de luz.

Como?

1. Inspeção: Inspecione a lâmina utilizando somente seus olhos e uma boa fonte luminosa para primeiro determinar o formato da peça preparada. Ocasionalmente uma peça específica possui formato característico e é muito facilmente identificável, ex.: no corte transversal da cartilagem da traqueia uma preparação anular pode ser visibilizada.

Microscópio de luz

2. Calibração: Coloque a lâmina sob o microscópio e calibre o microscópio para que a imagem produzida seja nítida. Mova a lâmina de forma que toda a sua superfície possa ser vista e analise-a com diferentes lentes e magnificações. Isso é importante pois:

  • Sempre há estruturas maiores e menores na preparação que podem nem sempre ser visíveis com uma única lente ou magnificação, ex.: no íleo as placas de Peyer são grandes e características, enquanto as outras células são menores e não tão definidas.
  • A lâmina é sempre maior que a lente, então para visibilizar todas as estruturas deve-se mover a lâmina, ex.: uma lâmina de sangue contém muitas células diferentes e nem sempre elas estão uniformemente distribuídas.

3. Descrição: Escreva a descrição das estruturas maiores e menores que podem ser visibilizadas e nomeie as que você tem certeza, ex.: células vermelhas, de formato discóide, proximamente agrupadas = Hemácias.

Lâmina histológica - Hemácias

4. Determinação: Determine a coloração, peça e processo de preparação da lâmina, ex.: eosina ou nitrato de prata, em cortes longitudinais ou transversais, congelada e cortada, etc.

5. Identificação: Uma vez que você tenha coletado todas as informações necessárias, tente juntar as evidências e, através de um processo de eliminação, identificar a lâmina.

Lâmina histológica - corada com H&E (hematoxilina e eosina) onde se pode observar quinocílios

6. Conclusão: Adicione todas as informações adicionais às suas notas, ex.: funções celulares, informações extras mencionadas pelos professores, etc.

7. Lembre-se! Nunca pule para nenhuma conclusão, mesmo se você estiver certo de qual preparação microscópica você possui. Revise todo o conteúdo disponível e, somente então, identifique sua lâmina.

Como examinar lâminas histológicas - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.103.016 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Autor: 

  • Alexandra Sierosławska

Ilustrações:

Tradução para português e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 3 artigos

Assista videoaulas

Mostre mais 1 videoaula

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.