EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Traqueia - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Traqueia

A traqueia é uma estrutura tubular cartilaginosa do trato respiratório médio.

Ela conecta:

  • a margem inferior da laringe
  • com o trato respiratório inferior, ou seja, os pulmões
Fatos Importantes
Geral 9-15 cm comprimento
25 mm diâmetro
Desde a 6ª vértebra cervical até ao nível da 4ª à 7ª vértebras torácicas 
É constituído por cerca de 15-20 cartilagens hialinas
Limites anterior: arco aórtico
posterior: esôfago
Bifurca-se no mediastino superior- carina- com um leve desvio para a direita, criando os brônquios principais direito e esquerdo
Artérias Artérias tireóideas inferiores
Nervos Fibras simpáticas e parassimpáticas
Nervo vago
Clínica Agenesia traqueal, fístula traqueoesofágica, estenose traqueal, traqueomalácia e câncer

Anatomia

Este artigo irá destacar as principais características anatômicas da traqueia, bem como algumas das suas transformações patológicas.

Para maiores informações sobre a traqueia, não deixe de verificar nossos recursos abaixo:

Características Gerais

A traqueia é um cilindro oco que se estende por aproximadamente nove a quinze centímetros, desde a sexta vértebra cervical, onde ela se continua com a laringe, até o ponto onde se bifurca nos dois brônquios principais, ao nível da quarta à sétima (em outras referências da quarta à quinta) vértebras torácicas. Seu diâmetro é de cerca de 25 milímetros, e só se alarga na sua margem inferior, onde ela se divide.

Limites

A traqueia desce para a cavidade torácica logo anterior ao esôfago, e se bifurca no mediastino superior com um leve desvio para a direita, criando os brônquios principais direito e esquerdo. Acima disso, entretanto, deve-se observar que a traqueia é uma estrutura mediana, o que significa que ela cursa solitária na linha média do corpo.

Anteriormente, o arco aórtico também desce antes de se curvar para o lado esquerdo da traqueia, logo acima do brônquio principal esquerdo. Outras estruturas adjacentes incluem as artérias braquiocefálica e carótida comum esquerda.

Estrutura

O órgão é constituído por cerca de quinze a vinte cartilagens hialinas, que possuem o formato da letra “C”. Essas cartilagens fornecem rigidez estrutural para a traqueia e suas fibras elásticas longitudinais internas permitem que ela se estique e se desloque inferiormente durante a inspiração. Na bifurcação traqueal existe um marco anatômico conhecido como carina, que é uma crista apontando superiormente em sua superfície interna.

Desafie os seus conhecimentos fazendo os nossos testes sobre a traqueia e os brônquios:

Artérias e Nervos

A traqueia é vascularizada pelas artérias tireóideas inferiores, e inervada por fibras simpáticas e parassimpáticas. A sensação de dor é controlada por fibras sensitivas do nervo vago (NC X).

O sistema respiratório envolve diversos órgãos, artérias, veias e nervos com os quais você deve se familiarizar. Precisa de uma revisão? Não deixe de conferir nossa apostila de exercícios sobre o sistema respiratório para aprofundar seus conhecimentos.

Traqueia - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!