EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Artéria carótida interna - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.089.069 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Artéria carótida interna

A artéria carótida interna é um dos dois ramos arteriais que emergem da artéria carótida comum, um vaso importante do sistema cardiovascular.

A artéria carótida emerge direta ou indiretamente da arco aórtico, dependendo de qual lado do corpo se observa. A artéria carótida comum direita emerge indiretamente, já que ela se origina do primeiro ramo aórtico, que é a artéria braquiocefálica, juntamente com a artéria subclávia.

A artéria carótida comum esquerda emerge como o segundo ramo aórtico, com a artéria subclávia esquerda também se originando diretamente da aorta, logo à esquerda.

Fatos importantes sobre a artéria carótida interna
Origem

Artéria carótida comum 

Segmentos

Terminologia Anatomica: segmento cervical, o segmento petroso, o segmento cavernoso e o segmento cerebral

Segmentos de Bouthilier: Segmento cervical (C1), segmento petroso (C2), segmento lacerum (C3), segmento cavernoso (C4), segmento clinóideo (C5), segmento oftálmico (C6), segmento comunicante (C7)

Ramos

C1 – Segmento cervical: nenhum

C2 – Segmento petroso: artérias caroticotimpânicas e a artéria vidiana

C3 – Segmento lacerum: nenhum

C4 – Segmento cavernoso: tronco meningo-hipofisário (ramo tentorial basal, ramo tentorial marginal, ramo meníngeo, ramos clivais, artéria hipofisária inferior), ramos capsulares, ramos do tronco inferolateral.

C5 – Segmento clinóideo: nenhum

C6 – Segmento oftálmico: artéria oftálmica e artéria hipofisária superior

C7 – Segmento comunicante: artéria comunicante posterior, artéria coróidea anterior e artérias cerebrais anterior e média.

Segmentos

Existem duas formas principais de categorizar as áreas da artéria carótida interna. Em 1998, a ‘Terminologia Anatomica’ internacional anunciou que existem quatro segmentos da artéria, incluindo o segmento cervical, o segmento petroso, o segmento cavernoso e o segmento cerebral. Entretanto antes, em 1996, Bouthillier publicou uma ideia mais complexa de que a artéria carótida interna possuía nada menos do que sete segmentos. A última ideia é geralmente mais aceita, clinicamente.

Artéria carótida interna - vista anterior (verde)

Os segmentos de Bouthilier são organizados pela letra ‘C’ e seu número correspondente, listados de um a sete, que colocam os segmentos em ordem.

  • C1 – Segmento cervical
  • C2 – Segmento petroso
  • C3 – Segmento lacerum
  • C4 – Segmento cavernoso
  • C5 – Segmento clinóideo
  • C6 – Segmento oftálmico
  • C7 – Segmento comunicante

Ramos

Já que esse artigo discutiu previamente a classificação da artéria carótida interna em segmentos, os ramos dessa artéria serão mencionados por segmento, de forma que o leitor possa ganhar perspectiva dos limites teóricos de cada segmento. O segmento cervical (C1), o segmento lacerum (C3) e o segmento clinoide (C5) não possuem ramos arteriais.

Artéria carótida interna - vista lateral direita (verde)

O segmento petroso (C2) emite as artérias caroticotimpânicas e a artéria vidiana.

O segmento cavernoso (C4) emite ramos que emergem do tronco meningo-hipofisário, que incluem:

  • Ramo tentorial basal
  • Ramo tentorial marginal
  • Ramo meníngeo
  • Ramos clivais
  • Artéria hipofisária inferior

Artéria hipofisária inferior - vista medial (verde)

Os ramos capsulares também se originam do quarto segmento, assim como os ramos do tronco inferolateral, notadamente os ramos que irrigam o gânglio trigeminal, a artéria do forame redondo e os ramos que cursam juntamente com certos nervos.

O segmento oftálmico (C6) contém a artéria oftálmica e a artéria hipofisária superior.

Finalmente, a porção comunicante (C7) contém a artéria comunicante posterior, a artéria coróidea anterior e as artérias cerebrais anterior e média.

Notas clínicas

Estenose

A estenose das artérias carótidas, que incluem tanto a artéria carótida comum, bem como os ramos interno e externo, é mais comumente causada por um distúrbio patológico conhecido como aterosclerose. Esse é um termo genérico utilizado para categorizar as desordens arteriais que causam rigidez e espessamento dos vasos sanguíneos.

Placas fibrosas compostas de hialina ocorrem nas paredes arteriais internas, e são perigosas porque, em casos complicados, nelas podem ocorrer hemorragia, ulceração, calcificação, formação de trombos e embolização. Em casos assim, medicações não são suficientes. Por outro lado, uma alteração da dieta e do estilo de vida podem auxiliar ou prevenir completamente a doença.

Artéria carótida interna - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.089.069 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Frank H. Netter: Atlas der Anatomie, 5th Edition (Bilingual Edition: English and German), Saunders, Kapitel 1, Tafel 33.
  • Arthur S. Schneider and Philip A. Szanto: Pathology, 4th Edition, Wolters Kluwer, Lippincott, Williams and Wilkins, Chapter 9 Vascular System, Page 122 to 124.

Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska

Ilustrações:

  • Artéria carótida interna, vista lateral direita: Paul Kim
  • Artéria carótida interna, vista anterior: Begoña Rodriguez
  • Artéria carótida interna, corte transversal: National Library of Medicine
  • Artéria carótida interna, vista anterior: Yousun Koh
  • Artéria carótida interna, vista lateral direita: Paul Kim
  • Artéria hipofisária inferior e artéria oftálmica: Paul Kim
  • Artéria hipofisária superior, artéria comunicante posterior e artéria coroidal: Paul Kim
  • Artéria cerebral anterior e artéria cerebral média: Paul Kim

Tradução para o português, revisão e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Rafaela Ervilha Linhares
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.