EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Osso etmoide - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.053.623 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Osso etmoide

O osso etmoide é um osso único e poroso que forma a área média do viscerocrânio e constitui a região médio facial do crânio.

Ele contribui para o os limites da órbita, da cavidade nasal, do septo nasal e do assoalho da fossa craniana anterior.

Esse artigo objetiva simplificar a literatura disponível para criar uma maior compreensão e fornecer um guia geral completo com informações em relação às partes, limites e o desenvolvimento do osso etmoide.

Fatos importantes
Partes

Uma placa perpendicular - uma lâmina fina que corre horizontalmente a partir da placa cribriforme e faz parte do septo nasal

Dois labirintos etmoidais - ligadas superiormente à placa cribriforme; contêm numerosas pequenas cavidades com células etmoidais (seio etmoidal)

Placa cribriforme - as fibras olfativas da cavidade nasal passam para a fossa craniana anterior

Limites Lobo frontal - anteriormente
Osso esfenóide - posteriormente
Concha nasal inferior + Vômer - inferiormente
Desenvolvimento Ossificação endocondral

Anatomia

O osso etmoide consiste de:

  • uma placa perpendicular
  • dois labirintos etmoidais
  • que são todos ligados superiormente à placa cribriforme 

Uma parte menor orbitária se estende em direção à órbita.

Videoaula recomendada: Osso etmóide
Estrutura e pontos de referência do osso etmóide.

Placa perpendicular 

A lâmina perpendicular é uma fina lâmina que cursa horizontalmente da placa cribriforme. Inferiormente ela se liga à cartilagem septal do nariz, e ali forma parte do septo nasal.

Placa perpendicular do osso etmoide (verde) - vista medial

Labirintos etmoidais

Os labirintos etmoidais se encontram nos lados laterais, e possuem numerosas pequenas cavidades com células etmoidais, também chamadas de seio etmoidal. Os labirintos formam duas das maiores estruturas da cavidade nasal: as conchas nasais superior e média. O hiato semilunar separa a bulla etmoidal e o processo uncinado. Ele constitui a conexão entre os seios frontal e maxilar e as células etmoidais anteriores.

Placa cribriforme

A placa cribriforme (do latim “cribriforme” = perfurada) encontra-se na incisura etmoidal do osso frontal e forma o teto da cavidade nasal. Como o nome sugere, ela compreende numerosas aberturas através da fossa craniana anterior. A foice do cérebro encontra-se ligada à crista galli (do latim “crista galli” = crista de galo), uma pequena protrusão vertical no topo da placa. Os bulbos olfatórios encontram-se em dois sulcos laterais à crista galli.

Limites

Graças a sua localização central no interior do crânio, o osso etmoide encontra-se em contato com quinze outros ossos cranianos. Os limites mais importantes são:

  • anteriormente com o osso frontal
  • posteriormente com o osso esfenóide
  • inferiormente com o vômer e a concha nasal inferior

Desenvolvimento ósseo

O osso etmoide se ossifica completamente por ossificação endocondral. Em recém-nascidos os labirintos são relativamente pequenos e tanto a lâmina perpendicular quanto a placa cribriforme consistem principalmente de cartilagem. A última começa a se ossificar no primeiro ano de vida, e se funde com os labirintos aos dois anos de idade para formar um único osso etmoide.

Ossificação endocondral - lâmina histológica

Sumário

O osso etmoide é um osso poroso singular que compõe a área média do viscerocranium e forma a região média da face do crânio. O osso consiste em:

  • uma lâmina perpendicular - uma lâmina fina que corre horizontalmente a partir da placa cribriforme e faz parte do septo nasal
  • dois labirintos etmoidais - partes que são todas ligadas superiormente à placa cribriforme. Eles contêm numerosas pequenas cavidades com células etmoidais que são referidas como o seio etmoidal
  • placa cribriforme compreende numerosas aberturas através das quais as fibras olfativas da cavidade nasal passam para a fossa craniana anterior.

O osso etmoide também possui vários limites, sendo as mais importantes mencionadas abaixo:

  • Lobo frontal - anteriormente
  • Osso esfenóide - posteriormente
  • Concha nasal inferior + Vômer - inferiormente

Osso etmoide - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.053.623 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Neil S. Norton, Frank H. Netter: Netter’s Head and Neck Anatomy for Dentistry, 2nd Edition, Elsevier Saunders, p. 38.
  • Geoffrey H. Sperber: Craniofacial development, BC Decker (2001), p.95.
  • Friedrich Anderhuber, Franz Pera, Johannes Streicher: Waldeyer Anatomie des Menschen, De Gruyter (2012), 19th edition, p.721.
  • Michael Schünke, Erik Schulte, Udo Schumacher: Prometheus Lernatlas der Anatomie - Kopf, Hals und Neuroanatomie, 2nd edition, Thieme (2009), p.37.

 Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska

 Ilustrações:

  • Osso etmoide - vista anterior - Yousun Koh
  • Osso etmoide - vista medial - Yousun Koh
  • Osso etmoide - vista superior - Yousun Koh
  • Placa perpendicular do osso etmoide - vista medial - Yousun Koh
  • Placa perpendicular do osso etmoide - vista anterior - Samantha Zimmerman
  • Células etmoidais - vista anterior - Samantha Zimmerman
  • Células etmoidais - vista axial
  • Concha nasal superior - vista medial - Yousun Koh
  • Concha nasal média - vista medial - Yousun Koh
  • Bulla etmoidal - vista posterior - Samantha Zimmerman
  • Processo uncinado do osso etmoide - vista posterior - Samantha Zimmerman
  • Placa cribriforme - vista superior - Yousun Koh
  • Placa cribriforme - vista medial - Yousun Koh
  • Placa cribriforme - vista medial - Paul Kim
  • Crista galli - vista superior - Yousun Koh
  • Osso frontal - vista medial - Yousun Koh
  • Osso esfenóide - vista medial - Yousun Koh
  • Vômer - vista medial - Yousun Koh
  • Concha nasal inferior - vista medial - Yousun Koh
  • Ossificação endocondral - lâmina histológica - Smart in Media 

 Tradução para o português:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 4 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.