Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculos da faringe - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculos da faringe

Objetivos de aprendizagem:

Após completar esta unidade de estudo você será capaz de:

  1. Nomear os músculos da faringe.
  2. Descrever a origem, inserção, função e inervação dos músculos da faringe.

Navegue pelo atlas

Na unidade de estudo prévia, aprendemos que a faringe, comumente chamada de “garganta”, é uma coluna muscular que se estende entre as cavidades nasal e oral (localizadas na cabeça) e a laringe e o esôfago (localizados no pescoço). A faringe forma, assim, uma via de passagem comum para os alimentos e o para o ar, sendo essencial no processo de deglutição e de respiração. Ela também participa no processo da fala (fonação). As funções da faringe são desempenhadas por vários músculos, que podem ser divididos em dois grupos conforme a orientação das suas fibras. Os músculos constritores são formados por fibras com orientação circular enquanto os músculos longitudinais ou elevadores possuem fibras orientadas verticalmente.

Reveja todos os músculos que aprendeu hoje na galeria de imagens abaixo.

Teste seus conhecimentos

Teste os seus conhecimentos sobre os músculos da faringe com o nosso teste abaixo.

Para se desafiar ainda mais, crie o seu próprio teste com questões mais abrangentes sobre a faringe.

Resumo

Informações importantes sobre os músculos constritores da faringe
Constritor superior Origem: Rafe pterigomandibular, extremidade posterior da linha milo-hióidea da mandíbula, hâmulo pterigoideo do osso esfenoide
Inserção:
Tubérculo faríngeo (osso occipital), rafe faríngea
Constritor médio Origem: corno maior e menor do osso hióide e ligamento estilo-hióideo
Inserção:
rafe faríngea, funde-se com os constritores superior e inferior
Constritor inferior Origem: Linha oblíqua da cartilagem tireoide (parte tireofaríngea) e cartilagem cricoidea (parte cricofaríngea)
Inserção:
rafe faríngea, funde-se com fibras circulares do esôfago (parte cricofaríngea)
Função e inervação Função: Constrição da faringe
Inervação:
Nervo vago
Informações importantes sobre os músculos longitudinais da faringe
Músculo estilofaríngeo Origem: Processo estiloide do osso temporal
Inserção:
Parede faríngea (funde-se com os constritores), borda posterior da cartilagem tireoide
Função:
Elevação da faringe e da laringe
Inervação:
Nervo glossofaríngeo
Músculo salpingofaríngeo Origem: Parte cartilaginosa da tuba auditiva
Inserção:
Parede faríngea (funde-se com o músculo palatofaríngeo)
Função:
Elevação da faringe, abertura da tuba auditiva durante a deglutição
Inervação:
Nervo vago
Músculo palatofaríngeo Origem: Aponeurose palatina, borda posterior do palato duro
Inserção:
Parede faríngea (funde-se com o palatofaríngeo contralateral), borda posterior da cartilagem tireoide
Função:
Elevação da faringe; fechamento do istmo das fauces
Inervação:
Nervo vago

Muito bem!

Artigos relacionados

Continue aprendendo

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!