EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Faringe - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.234.952 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Faringe

Trato digestivo superior - vista sagital

A faringe, mais comumente conhecida como garganta, é um tubo com cinco centímetros se estendendo posteriormente às cavidades nasal e oral, até a laringe. Ela forma basicamente uma passagem muscular para o ar, os alimentos e líquidos viajarem de seu nariz e boca até os seus pulmões ou estômago.

A função da faringe é realizada por dois grupos de músculos que ajudam a empurrar o bolo alimentar  inferiormente para o trato digestivo. Além disso, eles também ajudam na deglutição e na fala.

Nesta página, nós vamos aprender mais sobre a anatomia e a função da faringe, incluindo suas principais regiões e músculos.
 

Definição da faringe

A faringe é uma coluna muscular que se inicia posteriormente à cavidade nasal e cursa inferiormente atrás da cavidade oral, antes de finalmente se juntar à laringe e ao esôfago. Baseado em suas relações anteriores, a faringe consiste em três regiões:

  • Nasofaringe - posterior à cavidade nasal
  • Orofaringe - posterior à cavidade oral
  • Laringofaringe - posterior à laringe

Assista o vídeo para aprender mais sobre estas três regiões e suas referências anatômicas.

Videoaula recomendada: Mucosa faríngea
Mucosa faríngea e estruturas relacionadas.

Músculos constritores e longitudinais da faringe

Inserções

Existem seis músculos faríngeos no total, que podem ser divididos em dois grupos:

  • Constritores da faringe
    • Superior
    • Médio
    • Inferior
  • Músculos longitudinais
    • Palatofaríngeo
    • Salpingofaríngeo
    • Estilofaríngeo
Fatos importantes
Constritor superior da faringe Origem: hâmulo pterigóideo, rafe pterigomandibular, trígono retromolar da mandíbula, face lateral da língua
Inserção: tubérculo faríngeo do osso occipital
Constritor médio da faringe Origem: ligamento estilo-hióideo, cornos maior e menor do osso hioide,
Inserção: rafe faríngea
Constritor inferior da faringe Origem: linha oblíqua da cartilagem tireoide da laringe, aspecto lateral da cartilagem cricoide da laringe
Inserção: rafe faríngea
Palatofaríngeo Origem: borda posterior do palato duro e aponeurose palatina
Inserção: aspecto posterior da lâmina da cartilagem tireoide da laringe, laterais da faringe e do esôfago
Salpingofaríngeo Origem: cartilagem da tuba auditiva
Inserção: se funde com o músculo palatofaríngeo
Estilofaríngeo Origem: processo estiloide do osso temporal
Inserção: borda póstero-superior da cartilagem tireoide
Inervação todos eles são inervados pelo plexo faríngeo e ramo faríngeo do nervo vago, exceto o estilofaríngeo, que é inervado pelo nervo glossofaríngeo
Função todos agem na faringe, constringindo-a ou elevando-a

Todos os músculos da faringe ajudam a empurrar o bolo alimentar em direção ao esôfago durante a deglutição, seja contraindo ou encurtando a própria faringe. Alguns dos músculos ajudam ainda na fala.

Dê uma olhada na próxima videoaula para entender melhor como os músculos da faringe se organizam e trabalham.

Videoaula recomendada: Músculos da parede faríngea
Generalidades sobre os músculos da parede faríngea e estruturas com eles relacionadas.

Artérias

A faringe é um local com uma rica quantidade de anastomoses, tornando-a uma estrutura anatômica de elevada vascularização. Três artérias principais são responsáveis por seu suprimento sanguíneo, todas se originando da artéria carótida externa, que passa através da cabeça e pescoço:

  • Artéria facial
  • Artéria lingual
  • Artéria maxilar

Elas suprem a faringe passando próximas à mesma ou emitindo artérias faríngeas ascendentes e descendentes. Além destas artérias existem outras que estão intimamente relacionadas à faringe, mas não necessariamente a fornecem sangue fresco. 

A drenagem venosa desta região se dá através da veia palatina externa, que drena para o plexo faríngeo. Em seguida o plexo faríngeo drena para a veia jugular interna.

Assista a seguinte videoaula para aprender tudo sobre os vasos sanguíneos ao redor da faringe.

Videoaula recomendada: Vasos sanguíneos do espaço parafaríngeo
Artérias e veias do espaço parafaríngeo.

Nervos

A principal estrutura anatômica que inerva a garganta é o plexo nervoso faríngeo. Ele se origina de três nervos cranianos principais:

Os ramos faríngeos do nervo vago fornecem inervação motora para todas as estruturas e músculos da faringe, exceto o estilofaríngeo. Este recebe inervação motora do nervo glossofaríngeo.

Além disso, os ramos faríngeos do nervo glossofaríngeo fornecem a maior parte da inervação sensitiva da faringe. A exceção é a nasofaringe; suas partes anterior e superior são inervadas pelo nervo maxilar. Assista o seguinte vídeo para aprender tudo sobre os nervos da faringe.

Videoaula recomendada: Nervos do espaço parafaríngeo
Generalidades sobre os nervos da faringe.

Função da faringe

Se você está prestando atenção, você já deve estar familiarizado com as funções da faringe. A estrutura tubular da faringe torna sua principal função bem óbvia - facilitar a passagem de ar, sólidos e líquidos do nariz e da boca. Assim, as funções da faringe são tanto relacionadas ao sistema digestivo quanto ao respiratório.

Os músculos ainda ajudam no peristaltismo (constritores), bem como na deglutição e na fala (músculos longitudinais).

Teste o seu conhecimento recém adquirido no seguinte teste sobre a faringe. Ele contém todos os aspectos importantes: músculos (origens e inserções), artérias e veias, misturados aleatoriamente para oferecê-lo o desafio definitivo sobre a anatomia da faringe.

Videoaulas e artigos sobre a anatomia da faringe

Testes sobre a anatomia da faringe

Faringe - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.234.952 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Artigo e Revisão:

  • Adrian Rad
  • Dimitrios Mytilinaios
  • Nicola McLaren

Ilustrações:

  • Trato digestivo superior - vista sagital - Begoña Rodriguez

Tradução para português e Layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 1 artigo

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!