Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Plexo lombar

Objetivos de aprendizagem:

Esta unidade de estudo vai ajudar você a:

  1. Identificar os níveis dos nervos espinais dos quais emerge o plexo lombar.
  2. Nomear os ramos terminais do plexo lombar e suas áreas de inervação.

Assista à videoaula

O plexo lombar consiste em um grupo de nervos espinais localizados profundamente nas regiões lombar e pélvica, próximo ao músculo psoas maior. Formados a partir dos ramos anteriores dos nervos espinais L1-L4, esta rede de nervos inerva os músculos, as articulações e a pele das faces anterolaterais da pelve e da coxa.

O plexo lombar possui 6 ramos terminais principais. De acordo com a sua posição anatômica, os ramos podem ser agrupados em uma divisão anterior e uma divisão posterior: a divisão anterior inerva a pelve e a divisão posterior fornece ramos para inervar a coxa. As fibras do nervo espinal L4 unem-se às fibras de L5 para formar o tronco lombossacral (tronco lombossagrado). Este grande nervo liga o plexo lombar ao plexo sacral (sagrado), e, por isso, este conjunto de nervos é, por vezes, denominado de plexo lombossacral (plexo lombossagrado). Conjuntamente, esses dois plexos são responsáveis pela inervação de toda a pelve e do membro inferior.

Esta videoaula lhe dará uma visão geral do plexo lombar.

Teste seus conhecimentos

Teste o seu conhecimento do plexo lombar com o nosso teste.

Para mudar o seu foco e escolher os tópicos sobre os quais deseja ser testado, experimente o nosso teste personalizável:

Navegue pelo atlas

Resumo

Informações importantes
Raízes L1, L2, L3, L4
Organização estrutural Ramos do nervo espinal L1
Ramos da divisão anterior dos nervos espinais L2-L4
Ramos da divisão posterior dos nervos espinais L2-L4
Ramos terminais Nervo ilio-hipogástrico, nervo ilioinguinal, nervo genitofemoral, nervo obturatório (obturador), nervo cutâneo femoral lateral e nervo femoral.
Função Inervação motora e sensitiva do abdome inferior, pelve e região anterolateral do quadril (anca) e coxa

Muito bem!

Artigos relacionados

Continue aprendendo

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!