EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Gengiva - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.082.565 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Gengiva

A gengiva é encontrada na cavidade oral ou boca dos seres humanos.

Ela consiste de tecido mucoso que recobre as apófises alveolares da maxila e da mandíbula, e terminam no colo de cada dente.

Ao contrário da restante mucosa oral, que possui muitas glândulas salivares acessórias, a gengiva não possui submucosa nem glândulas.

A gengivite é uma complicação patológica comum, formada por bactérias, que pode ser evitada adotando uma rotina regular de higiene oral.

Fatos importantes
Tipos

Gengiva marginal (móvel): tecido gengival que envolve o colo dos dentes, possui cerca de 1,5mm de largura

Gengiva fixa: tecido gengival entre a gengiva móvel e a gengiva alveolar, possui 4 a 5 mm de largura

Histologia

Epitélio oral -> epitélio pavimentoso estratificado queratinizado,cobre as superfícies oral e gengival vestibular

Epitélio sulcular -> contínuo com o epitélio oral e reveste o sulco gengival

Epitélio juncional -> reveste a junção dento-epitelial

Nota clínica Gengivite

Esse artigo irá destacar os dois tipos principais de gengiva, a composição histológica do órgão e as principais transformações patológicas dos tecidos gengivais.

Tipos

Existem dois tipos de gengiva que são claramente reconhecíveis, e são conhecidos como gengiva marginal, que é móvel e gengiva fixa.

Videoaula recomendada: Anatomia do dente
Estrutura do dente observada num corte transversal.

Gengiva marginal

A gengiva marginal é uma faixa de 1,5 mm de tecido gengival que envolve o colo dos dentes, e é conhecida por esse nome devido ao fato de que a parede interna forma a parede gengival do sulco. Isso significa que quando um dispositivo é colocado na margem gengival de uma boca saudável, ele pode ser inserido até três milímetros no sulco formado entre o dente e a mucosa, devido ao fato de que o tecido mole é móvel.

Colo do dente (verde) - vista anterior

Gengiva fixa

A gengiva fixa é o tecido gengival que encontra-se entre a gengiva móvel e a gengiva alveolar. Possui quatro a cinco milímetros de largura e não é removível das estruturas subjacentes sem causar danos.

Histologia

O epitélio gengival envolve a superfície externa da gengiva, incluindo as áreas móveis e fixas, bem como o sulco gengival e o epitélio juncional. Ele é dividido em três secções maiores, conhecidas como:

  • epitélio oral
  • epitélio sulcular
  • epitélio juncional

O epitélio oral é constituído de epitélio escamoso estratificado queratinizado e cobre as superfícies oral e gengival vestibular. Ele é limitado pela junção mucogengival e a margem gengival, e também se funde com o epitélio do palato nos limites do mesmo.

Epitélio escamoso estratificado queratinizado (verde) - lâmina histológica

O epitélio sulcular é contínuo com o epitélio oral e reveste o sulco gengival. No fundo do sulco gengival e em seu ápice, o epitélio juncional reveste a junção dentoepitelial.

Gengivite

Gengivite é a alteração patológica mais comum que pode ser observada em todas as idades, sexos e raças. Ela é causada por bactérias que colonizam o raso bolsão entre o colo do dente e o início dos tecidos gengivais. O contínuo acúmulo de bactérias aeróbicas e anaeróbicas, resíduos orais e saliva pode levar a uma reação inflamatória dos tecidos moles adjacentes, o que resulta em vermelhidão, edema, dor e sangramento gengival, que pode ser espontâneo ou provocado.

A melhor forma de evitar a gengivite é adotar uma rotina regular de higiene oral que irá limitar a permanência de bactérias nos bolsões gengivais. Aqueles que já foram diagnosticados com gengivite moderada a severa devem se submeter a limpeza profissional e monitoramento regular.

Gengiva - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.082.565 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska 

Ilustrações:

  • Gengiva - vista anterior - Paul Kim
  • Gengiva - lâmina histológica
  • Colo do dente - vista anterior - Paul Kim
  • Epitélio escamoso estratificado queratinizado - lâmina histológica

Tradução para o português:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 3 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.