EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Ligamento anterolateral - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.102.418 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Ligamento anterolateral

O ligamento anterolateral é o mais novo achado anatómico no mundo ortopédico e médico. Os ortopedistas Dr. Steven Claes e Dr. Johan Bellemans são dois cirurgiões do Hospital Universitário de Leuven, que passaram quatro anos pesquisando testes ‘pivot-shift’ do joelho, e por que os deslocamentos continuam ocorrendo, mesmo após cirurgias de reparo bem sucedidas do ligamento cruzado anterior (LCA).

O ligamento anterolateral fixa-se no fémur distal e na tíbia proximal e a sua principal função é a estabilização do joelho.

Fatos importantes
Fixações

Origem: epicôndilo lateral do fémur

Inserção: aspeto anterolateral da tíbia proximal

Função Estabilizar o joelho durante a rotação medial
Nota clínica Fratura de Segond

Este artigo discutirá a anatomia, função e relevância clínica do ligamento anterolateral do joelho.

A descoberta do ligamento anterolateral (LAA)

O joelho como um todo é um instrumento anatômico complexo e delicado, que geralmente está sujeito a desgaste e rupturas, especialmente em atletas. Assim, extensas pesquisas e novas técnicas cirúrgicas estão continuamente sendo realizadas para se manter o joelho o mais saudável e funcional possível, pelo maior tempo realisticamente permitido.

Articulação do joelho - vistas anterior (esquerda) e posterior (direita)

A teoria de que um ligamento desconhecido poderia existir no joelho data de 1879, quando um cirurgião francês chamado Paul Segond documentou seus achados. Essa hipótese foi estudada mais a fundo pelos cirurgiões belgas de Leuven, para se resolver o mistério do motivo pelo qual os pacientes mantêm queixas de deslocamentos do joelho, que conseguiram confirmar a teoria.

Videoaula recomendada: Ossos e ligamentos da perna
Ossos, ligamentos e articulações do joelho e da perna.

A anatomia do ligamento anterolateral (LAA)

Desde 2013, o ligamento anterolateral foi confirmado, se originando do epicôndilo lateral do fêmur e se inserindo no aspecto anterolateral da tíbia proximal.

Ligamento anterolateral (verde) - vista lateral direita

Desde o seu descobrimento se debate se a sua origem é realmente a mencionada em cima ou o côndilo femoral lateral, o que ainda precisa ser analisado.

Acredita-se que esta estrutura anatômica esteja presente em até 79% da população humana atual, e serve para estabilizar o joelho durante a rotação medial. Assim, quando um paciente se apresenta com um deslocamento do joelho e uma ruptura do ligamento cruzado anterior (LCA), sabe-se que este achado é mais provavelmente devido a uma lesão do ligamento anterolateral (LAA).

Rotação medial da perna (verde) - vista anterior

Nota clínica

A fratura de Segond, descrita pela primeira vez pelo cirurgião francês Paul Ferdinand Segond (1851-1912), é um tipo de fratura avulsão que envolve o côndilo lateral da tíbia. 

Estas fraturas estão geralmente associadas a ruturas do ligamento cruzado anterior do joelho (LCA). No entanto, tem havido um aumento do número de fraturas de Segond associadas ao ligamento anterolateral e não ao LCA.

Este tipo de fratura é maioritariamente causado por "inclinação" / stress varo da articulação do joelho, combinado com a rotação medial da tíbia.

As fraturas de Segond são caracterizadas pela presença de material ósseo isolado, conhecido como avulsão, do côndilo lateral da tíbia.

O fragmento ósseo em si é geralmente melhor visualizado numa TC (tomografia computorizada), porém a RM (ressonância magnética) também pode ser útil para caracterizar a lesão ligamentar / meniscal, bem como o edema da medula óssea do osso fraturado subjacente.

Ligamento anterolateral - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.102.418 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Gretchen Reynolds. Doctors a new knee ligament. The New York Times. November 13, 2013.
  • Caleb Garling. The anterolateral ligament: A life and (slight) death of wrong information on the Internet. SF Gate. November 8, 2013.
  • Anna Hodgekiss, Emma Innes. Scientists discover a new body part in the knee - and it could explain why so many injured joints give way during exercise. Mail Online. November 6, 2013.
  • Orthopaedic surgeon says anterolateral ligament not "new" but promising for ACL injuries. Medical Xpress. November 11, 2013.

Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska

Ilustrações:

  • Região anterior do joelho - vista anterior - Irina Münstermann
  • Ligamento anterolateral - vista lateral direita - Yousun Koh
  • Articulação do joelho - vistas anterior e posterior - Liene Znotina
  • Rotação interna da perna - vista anterior - Paul Kim

Tradução para português:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 6 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.