EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Ossos da cabeça - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Ossos da cabeça

O crânio contém todos os ossos da cabeça e é um abrigo para o cérebro e as origens do sistema nervoso central. Um primeiro olhar revela que é uma grande massa de ossos detalhados e irregulares. 

Entretanto, após uma observação mais atenta, ele parece ser intrincadamente construído a partir de muitos fragmentos ósseos menores, todos apresentando formas e tamanhos únicos, que bilateralmente compõem essa estrutura oca, tridimensional e de forma ovoide. O conhecimento que acompanha essa maravilha anatômica fornece ao leitor perspectivas a respeito dos trajetos dos nervos cranianos, a fundação de toda a cabeça e pescoço, suas estruturas e seu suprimento sanguíneo, e, para aqueles que estudam patologia ou cirurgia, uma maior compreensão de onde e por que razão as fraturas ocorrem. 

Fatos importantes sobre os ossos da cabeça
Classificação embriológica Neurocrânio: osso occipital, ossos temporais (2), ossos parietais (2), osso esfenóide, osso etmóide, osso frontal
Viscerocrânio: vómer, cornetos nasais (2), ossos nasais (2), maxila, mandíbula, ossos palatinos (2), ossos zigomáticos (2), ossos lacrimais (2)
Classificação regional (1) Região do crânio:
- calota craniana - porção superior do crânio
- base do crânio - porção inferior do crânio
- cavidade craniana - interior do crânio (fossas cranianas anterior, média e posterior)
- esqueleto facial - ossos que compõem o rosto
- esqueleto acústico - ossículos auditivos
(2) Região da mandíbula
Nota clínica Fraturas, osteoporose, osteorradionecrose, osteomalácia, osteomielite, pneumatização, reabsorção óssea circunstancial.

Aqui segue uma visão geral da estrutura óssea mais complexa de todo o corpo humano.

Anatomia

O termo ‘crânio’ inclui todos os ossos da cabeça, face e mandíbula. Assim, existem vinte e oito ossos individuais. Desses vinte e oito, onze são pares, que formam uma estrutura tridimensional simétrica bilateral, e seis deles são ossos únicos e individuais.

Em alguns casos ossos intra-suturais, também conhecidos como ossos wormianos, podem crescer entre as suturas de dois ossos. Estes ocorrem naturalmente e não são contados entre os ossos primários do crânio.

Os ossos do crânio são categorizados em ossos regionais e ossos do desenvolvimento

Classificação regional

Quando classificado por região, a cabeça é dividida em duas partes principais: o crânio e a mandíbula

Mandíbula (verde) - vista anterior

Essas duas estruturas não são ligadas quando não há tendões ou músculos unindo-as. A mandíbula é um osso inteiro, enquanto o crânio é subdividido em subcategorias de ossos, incluindo a calota craniana, ou porção superior do crânio, a base do crânio, que é a porção inferior do mesmo, a cavidade craniana, também conhecida como interior do crânio, os ossos que formam a face, também conhecido como esqueleto facial e, finalmente, o esqueleto acústico, ou ossículos auditivos.

Dê uma olhada abaixo para mais materiais de estudo sobre os ossos do crânio:

Classificação embriológica

Embriologicamente o crânio é dividido em viscerocrânio e neurocrânio. Essas são as áreas do crânio que fazem parte da digestão e da respiração, e que protegem o sistema nervoso central e os órgãos do paladar, tato, olfato e audição, respetivamente.

Cavidade craniana

A cavidade craniana é dividida em três diferentes secções. Esses limites são marcados no crânio por estruturas específicas, mas também por qual parte do encéfalo elas abrigam. 

  • O lobo frontal do cérebro preenche a fossa craniana anterior
  • A fossa craniana média abriga o lobo temporal do cérebro.
  • A última fossa, chamada de fossa craniana posterior, contém o cerebelo.

Finalmente, deve-se notar ainda que existem várias diferentes visões do crânio, que quando separadas completamente do corpo, são possíveis sem prejuízo a outras estruturas. Essas cinco visões são a visão anterior ou norma frontalis, a visão lateral ou norma lateralis, a visão posterior ou norma occipitalis, a visão inferior ou norma basalis e finalmente a visão superior, ou norma verticalis.

Estudar anatomia não é tarefa fácil. Está precisando de uma ajuda? Saiba quais são as principais ferramentas para aprender anatomia, como e onde encontrá-las e facilite seu trabalho!

Função

A função mais importante do crânio é a de proteger o cérebro e o sistema nervoso central. Ele também protege os órgãos que controlam sentidos especiais. Esses cinco sentidos e seus órgãos correspondentes são:

  • O olfato ou a capacidade de perceber odores, que está acomodado na cavidade nasal.
  • A visão que é abrigada pelo olho.
  • O paladar que é regulado pela cavidade oral.
  • As funções vestibular e auditiva, simplesmente conhecida como sentido dos movimentos e audição. O ouvido envolve esses dois sentidos.

Agora que você já estudou sobre os ossos do crânio, vamos fazer alguns testes para consolidar o seu conhecimento?

Ossos da cabeça - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!