EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Plexo de Kiesselbach - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Plexo de Kiesselbach

O nariz é um ponto de entrada primário para que o ar chegue aos pulmões. Conforme esse ar entra, é importante que a temperatura seja ajustada para ótima transferência gasosa nos pulmões. Esse ajuste é obtido através da troca de calor entre o ar e o sangue que chega à cavidade nasal. Essa é uma das principais razões para um suprimento sanguíneo relativamente grande para a cavidade nasal.

O plexo de Kiesselbach é uma anastomose integral de cinco ramos que convergem para o quadrante anterior e inferior do septo nasal (sobre a cartilagem septal). A área já foi chamada de área de Little, triângulo de Kiesselbach e área de Kiesselbach.

A área de Little é um local comum de epistaxe (sangramento nasal), tanto em pacientes adultos quanto pediátricos.

Fatos Importantes
Ramos arteriais Artéria carótida externa:
Artéria esfenopalatina
Artéria labial superior
Artéria palatina maior
Artéria carótida interna:
Ramos septais das artérias etmoidais anterior e posterior
Drenagem venosa Veia facial
Veias oftálmicas
Plexo pterigóide
Clínica Epistaxe, ou sangramento nasal, é o processo patológico associado mais comum
Conteúdo
  1. Ramos da Anastomose
  2. Nota Clínica
+ Mostrar todo

Ramos da Anastomose

Ramificando-se da artéria maxilar, a artéria esfenopalatina entra na cavidade nasal através do forame esfenopalatino, e fornece sangue para a parede septal da cavidade.

Entrando através da órbita, os ramos septais das artérias etmoidais anterior e posterior (ramos da artéria oftálmica) fornecem suprimento para o teto e para a parede septal da cavidade, conforme os vasos cursam para a área de Little.

A artéria facial emite a artéria labial superior; cujo ramo septal entra na cavidade nasal através dos orifícios das narinas, se juntando às anastomoses na área de Little.

Saiba como criar seus próprios flashcards para usar como referências rápidas e revisar antes da sua próxima prova de anatomia. Eles vão cortar seu tempo de estudo pela metade!

A artéria palatina maior, um ramo terminal da artéria maxilar, passa através do forame palatino maior e cursa ao longo do palato duro para entrar na cavidade nasal através do canal incisivo, assim se unindo à anastomose na área de Kiesselbach.

Para se aprofundar um pouco mais nos vasos sanguíneos da cavidade nasal, dê uma olhada nos recursos a seguir:

Assim, a área de Little – e a cavidade nasal de forma geral – recebe suprimento arterial tanto da artéria carótida externa (artérias palatina maior, esfenopalatina e labial superior) quanto da artéria carótida interna (artérias etmoidais anterior e posterior).

Para completar, o suprimento sanguíneo dessa área é drenado por veias correspondentes. O sangue desoxigenado retorna para a circulação sistêmica através da veia facial, das veias oftálmicas e do plexo pterigóide.

Já estudou os principais vasos sanguíneos da cavidade nasal? Então desafie-se com o teste abaixo.

Plexo de Kiesselbach - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!