EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

A Inervação do Coração - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.107.292 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

A Inervação do Coração

A inervação do coração refere-se à rede de nervos responsáveis pelo funcionamento do coração. O coração é inervado por fibras simpáticas e parassimpáticas do ramo autonômico do sistema nervoso periférico.

A rede de nervos que irriga o coração recebe contribuições dos nervos vago direito e esquerdo, além de contribuições do tronco simpático. Estes são responsáveis por influenciar a frequência cardíaca, o débito cardíaco e as forças de contração do coração.

Esse artigo objetiva simplificar a literatura disponível para criar uma maior compreensão e fornecer um guia geral da conexão entre o coração e o sistema nervoso.

Fatos importantes
Plexo cardíaco É uma rede de nervos, incluindo os sistemas simpático e parassimpático
Inervação parassimpática

As fibras parassimpáticas são originadas do nervo vago e são responsáveis por reduzir a frequência cardíaca, reduzir a força das contrações cardíacas e dilatar os vasos coronários

Inervação Simpática As fibras simpáticas têm origem na coluna celular intermediolateral da medula torácica, entre T1 e T5, antes de se fundir ao tronco simpático e são responsáveis por aumentar a frequência cardíaca, aumentar a força de contratilidade cardíaca e promover a constrição dos vasos coronários

Anatomia

As fibras autonômicas são numerosas entre os feixes do plexo cardíaco, que regulam a inervação cardíaca. Elas se misturam aos nervos cardíacos, que fornecem a maior parte do tecido nervoso.

Videoaula recomendada: Inervação do coração
Inervação autónoma do coração observada a partir de uma vista anterior do tórax aberto.

Os nervos cardíacos são fibras nervosas autônomas ramificadas, e são encontrados ao nível da bifurcação traqueal. Sua função é inervar:

  • o sistema condutor elétrico do coração
  • o miocárdio atrial e ventricular
  • a vasculatura coronária 

Esses nervos se dividem em partes superficial e profunda, ao longo do plexo coronário, que é constituído de fibras simpáticas e parassimpáticas.

Plexo cardíaco - vista ventral

Inervação parassimpática

As fibras parassimpáticas são originadas do nervo vago (nervo craniano X) e são classificadas como fibras pré-ganglionares que formam sinapse com neurônios pós-ganglionares, seja no interior de uma parte do plexo cardíaco ou da própria parede cardíaca.

A inervação parassimpática é responsável por:

  • reduzir a frequência cardíaca
  • reduzir a força das contrações cardíacas
  • dilatar os vasos coronários

A maioria dos efeitos vagais é limitada à área ao redor do nó sinoatrial.

Inervação Simpática

As fibras simpáticas se originam da coluna celular intermediolateral da medula torácica, entre T1 e T5, antes de se fundir ao tronco simpático. As fibras pré-ganglionares formam sinapses nos gânglios simpáticos das regiões cervical e torácica, que por sua vez atingem o plexo cardíaco na forma de fibras pós-ganglionares.

Nervo cardíaco inferior - vista lateral-esquerda

A inervação simpática se opõe diretamente ao sistema parassimpático ao:

  • aumentar a frequência cardíaca
  • aumentar a força de contratilidade cardíaca
  • promover a constrição dos vasos coronários

Nota Clínica

Lesões aos grandes nervos que formam o plexo cardíaco podem causar doenças compensatórias. Por exemplo, como os ramos do nervo vago estão diretamente relacionados à inervação autonômica do coração, em caso de lesão nesta topografia o coração perderá sua capacidade de auto-regulação, resultando em um aumento da frequência cardíaca (taquicardia). A mesma lógica se aplica ao sistema simpático.

A Inervação do Coração - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.107.292 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Frank H. Netter, MD: Atlas of Human Anatomy, Fifth Edition, Saunders - Elsevier, Chapter 3 Thorax, Subchapter 22 Heart, Guide Thorax: Heart Page 114.
  • John T. Hansen: Netter’s Clinical Anatomy, Second Edition, Saunders - Elsevier, Chapter 3 Thorax, 5. The Pericardium and The Heart, Page 102.

Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska

Ilustrações:

  • Plexo cardíaco - vista ventral - Yousun Koh
  • Plexo cardíaco - vista lateral-esquerda - Paul Kim
  • Nervo vago - vista lateral-esquerda - Yousun Koh
  • Nervo vago - vista lateral-esquerda - Paul Kim
  • Nervo cardíaco inferior - vista lateral-esquerda - Paul Kim

Tradução para o português:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 3 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!