Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Linfonodos axilares - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Linfonodos axilares

Os linfonodos axilares são um grupo de linfonodos encontrados na região axilar do membro superior. A região axilar é comumente referida como “axila” e é um espaço tridimensional cercado inferiormente por pele e anteriormente pela clavícula. É um espaço quadrilátero que muda sua forma dependendo se o braço está aduzido ou abduzido. 

Os linfonodos da região axilar são responsáveis pela drenagem linfática de uma região ampla. Devido sua localização e função, eles têm muita relevância clínica. Isso é particularmente evidente no câncer de mama, no qual o acometimento tumoral dos linfonodos axilares define o algoritmo de tratamento e a abordagem a ser tomada. 

Fatos Importantes sobre os Linfonodos Axilares
Localização Região axilar do membro superior
Grupos:
anterior
posterior
lateral
central
apical
infraclavicular

Função Drenar:
vasos do membro superior 
paredes torácicas
abdome, acima do umbigo 
quadrante lateral da mama 

Clínica Câncer de mama, Nódulo de Virchow, Linfoma

Neste artigo nós vamos discutir a anatomia e função dos linfonodos axilares, bem como sua relevância clínica. 

Conteúdo
  1. Localização
    1. Grupo anterior 
    2. Grupo posterior
    3. Grupo lateral 
    4. Grupo central 
    5. Grupo apical
    6. Grupo infraclavicular 
  2. Ducto torácico
  3. Nota clínica
    1. Câncer de mama 
    2. Nódulo de Virchow
    3. Linfoma
  4. Bibliografia
+ Mostrar todo

Localização

Os linfonodos axilares estão localizados na região axilar do membro superior. Eles são aproximadamente 20 a 30 nódulos separados (até 40 já foram relatados) com a função de drenar:

  • vasos do membro superior 
  • paredes torácicas
  • abdome, acima do umbigo 
  • quadrante lateral da mama 

Para aprender mais sobre outros gânglios linfáticos do seio feminino, verifique os recursos a seguir:

O fluxo linfático é semelhante ao fluxo venoso. A linfa é drenada em direção ao coração.

Gânglios linfáticos axilares

Grupo anterior 

Eles também são conhecidos como grupo peitoral. Podem se localizar na borda inferior do músculo peitoral menor e na borda superior do músculo peitoral maior. Geralmente são 4-5 linfonodos grandes e drenam a linfa da região anterolateral da parede abdominal superior até o nível do umbigo, bem como os quadrante laterais das mamas.  Eles recolhem a linfa para linfonodos mais centrais. 

Linfonodos axilares peitorais

Estudar anatomia pode ser complexo e extenuante. Aprenda sobre a anatomia interativa e como usá-la para aprender de forma rápida e fácil!

Grupo posterior

Este grupo de 6-7 linfonodos também é conhecido como grupo subescapular e pode ser encontrado anterior ao músculo subescapular. Eles recebem vasos linfáticos superficiais localizados mais comumente dentro da porção superior das costas e posterior do pescoço. Entretanto, eles também recebem linfa de longe, como das bordas inferior e superior da crista ilíaca. 

Linfonodos axilares subescapulares

Grupo lateral 

Esse grupo de 4-6 linfonodos pode ser encontrado contra a veia axilar e recebe a drenagem da maior parte dos vasos linfáticos dos membros superiores. Entretanto, o grupo superficial de linfonodos, que drena a região lateral dos membros superiores, encaminha a linfa para os linfonodos infraclaviculares. 

Grupo central 

Esse grupo de 3-4 linfonodos é encontrado na base e região central da axila. Eles estão espalhados entre o tecido adiposo (gordura) dessa região. Esse é o grupo mais importante de linfonodos em termos de drenagem, pois eles recebem a linfa dos três grupos mencionados acima (anterior, posterior e lateral).

Linfonodos axilares centrais

Grupo apical

Esse grupo de 4-5 linfonodos está no ápice da axila, na borda lateral da primeira costela. Ele também é chamado de grupo subclavicular e recebe vasos linfáticos eferentes de outros grupos de linfonodos axilares. O grupo apical de linfonodos drena para o tronco linfático subclávio. A drenagem é diferente nos lados direito e esquerdo. A linfa do lado esquerdo é drenada para o ducto torácico, enquanto a do lado direito é drenada para o tronco linfático direito. 

Linfonodos axilares

Grupo infraclavicular 

Esse grupo também é conhecido como grupo deltopeitoral. Eles não podem ser chamados de linfonodos axilares, pois eles estão localizados fora da região axilar. Entretanto, estão intimamente associados com o grupo axilar e se localizam no sulco deltopeitoral (espaço muscular superficial entre o deltoide e o peitoral maior). Esse espaço também é onde a veia cefálica passa. Além disso, esse grupo de 2-3 linfonodos drena a maioria dos músculos do braço, antebraço e mão, bem como os vasos linfáticos superficiais das regiões vizinhas. 

Agora que já estudou todos os grupos de linfonodos axilares, aprofunde o seu conhecimento com os testes abaixo:

Ducto torácico

O ducto torácico é o principal ducto linfático do corpo, ele recebe a linfa dos membros inferiores, abdome, lado esquerdo do tronco, membro superior, pescoço e face. Ele possui uma dilatação sacular conhecida como cisterna do quilo. Isso porque ele contém a linfa dos intestinos. O quilo é formado por moléculas de gordura (gordura emulsificada) e linfa dos vasos linfáticos intestinais. Ela é diferente da linfa drenada dos membros, que é puramente linfática, portanto mais clara. 

O ducto torácico tem tipicamente cerca de 40 cm de comprimento e um diâmetro de 3-5 milímetros. A drenagem do ducto torácico é feita na junção das veias jugular esquerda e subclávia esquerda. É aqui que a drenagem linfática do corpo e do intestino entra no sistema circulatório. A drenagem do membro superior direito, tórax, cabeça e pescoço segue para o ducto linfático direito

Que tal se desafiar com um teste personalizável sobre os linfonodos axilares? Você pode ainda customizar o teste para atender às suas necessidades específicas.

Linfonodos axilares - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!