EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo tensor do tímpano - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo tensor do tímpano

Os músculos tensores do tímpano são um par de músculos curtos, porém longos, localizados no ouvido médio. Junto com o músculo estapédio eles formam o grupo dos músculos intratimpânicos. O tensor do tímpano ocupa um canal ósseo encontrado superiormente à parte óssea da tuba auditiva (tuba faringotimpânica; tuba de Eustáquio).

Sua inserção no martelo, um dos três ossículos auditivos, permite compressão da membrana timpânica, reduzindo a sua amplitude de vibração e assim reduzindo a transmissão do som para o ouvido interno. Portanto ele possui um papel importante no reflexo timpânico - uma adaptação evolutiva para proteger a orelha interna de ruídos excessivos, que também auxilia na coordenação da fala.

Fatos importantes sobre o Músculo tensor do tímpano
Origem Parte cartilaginosa da tuba auditiva
Asa maior do esfenoide
Parte petrosa do osso temporal
Inserção Cabo do martelo, próximo à sua raiz
Ação Puxa o cabo do martelo medialmente
Tensiona a membrana timpânica
Inervação Nervo para o pterigoide medial, ramo da divisão mandibular do nervo trigêmeo (NC V3)
Vascularização Ramo timpânico superior da artéria meníngea média

Esse artigo irá discutir a anatomia e a função do músculo tensor do tímpano.

Origem e inserção

O tensor do tímpano é contido por um canal ósseo na parte petrosa do osso temporal, conhecido como semicanal do tensor do tímpano. Este canal ósseo é um dos pontos de origem do músculo, juntamente com a parte cartilaginosa da tuba auditiva e a asa maior do osso esfenoide. O tensor do tímpano cursa posteriormente no canal ósseo e deixa a cavidade timpânica logo acima da abertura da tuba auditiva.

Conforme emerge do canal ósseo o tensor do tímpano se estreita e se torna um longo tendão que se dobra lateralmente conforme passa sobre uma projeção do canal ósseo em forma de roldana chamada de processo cocleariforme. Ele se insere então na parte superior do aspecto medial do cabo do martelo, próximo à sua base.

Relações

O tensor do tímpano cursa em seu canal juntamente com a artéria timpânica superior, que o vasculariza. O canal ósseo do tensor do tímpano cursa juntamente com a parte óssea da tuba auditiva, da qual é separada por um fino septo ósseo.

Inervação

O tensor do tímpano é inervado pelo nervo para o pterigoide medial, que surge da divisão mastóidea do nervo trigêmeo (NC V3)

Vascularização

O tensor do tímpano é vascularizado pelo ramo timpânico superior da artéria meníngea média.

Funções

O tensor do tímpano age puxando o cabo do martelo medialmente. Por sua vez, o cabo do martelo puxa a membrana timpânica e a tensiona. Esta tensão aumentada reduz a amplitude das oscilações da membrana timpânica, e assim reduz a transmissão sonora para a janela vestibular. Isto reduz a amplitude sonora percebida.

O tensor do tímpano atua como parte do reflexo timpânico. Acredita-se que o reflexo seja uma adaptação evolutiva para ruídos intensos, como trovões. Ele demora cerca de 40 ms para ser executado, o que explica porque a contração do tensor do tímpano junto com outras partes do reflexo timpânico não protegem a orelha interna dos ruídos causados por objetos humanos, como disparos de armas de fogo.

O tensor do tímpano coordena, juntamente com o músculo estapédio, a fala com a audição. Sem as suas ações, os sons intensos da própria voz de uma pessoa poderiam impedir a sua habilidade de ouvir outros sons, ou ainda até danificar a sua própria cóclea.

Músculo tensor do tímpano - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Moore, K. L., Dalley, A. F. & Agur, A. M. R. (2014). Clinically Oriented Anatomy (7ª edição). Philadelphia, PA: Lippincott Williams & Wilkins.
  • Palastanga, N., & Soames, R. (2012). Anatomy and human movement: structure and function (6ª edição). Edinburgh: Churchill Livingstone.
  • Saladin, K.S. (2018). Anatomy & physiology: the unity of form and function. 8ª edição. New York: Mcgraw-Hill Education.
  • Standring, S. (2016). Gray's Anatomy (41ª edição). Edinburgh: Elsevier Churchill Livingstone.

Ilustrações:

  • Músculo tensor do tímpano - vista medial - Mao Miyamoto
  • Músculo estapédio - vista medial - Mao Miyamoto
  • Tímpano - vista anterior - Paul Kim

Tradução, Revisão, Layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!