EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculos intrínsecos do dorso - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculos intrínsecos do dorso

Os músculos intrínsecos do dorso (das costas) são parte da musculatura do tronco. Eles são constituídos por um sistema de músculos dorsais profundos da coluna vertebral e estendendo-se desde a pelve até à cabeça. Eles estão localizados num canal osteofibroso, cercado pelas vértebras, costelas e fáscia toracolombar. 

Estes são os músculos mais profundos das costas e distinguem-se dos músculos extrínsecos por efetivamente se desenvolvem nas costas durante a embriogênese.

Os músculos intrínsecos das costas são extremamente importantes para manter a postura e os movimentos da coluna vertebral.

Fatos sobre os músculos intrínsecos das costas
Função Estabilização e movimentação da coluna vertebral
Divisões Trato medial: músculos espinais e transverso-espinhais
Trato lateral: músculos sacroespinhais, intertransversos, espinotransversos
Músculos profundos do pescoço: reto posterior maior da cabeça, reto posterior menor da cabeça, oblíquo superior da cabeça, oblíquo inferior da cabeça
Inervação Ramos mediais dos ramos posteriores dos nervos espinhais

Este artigo descreverá todos os fatos anatómicos importantes sobre os músculos intrínsecos do dorso (das costas).

Anatomia

Todos os músculos intrínsecos são inervados por ramos posteriores dos nervos espinhais. Embriologicamente eles derivam da porção dorsal dos miótomos (epímero), que reside no local durante todo o desenvolvimento, razão pela qual eles são chamados de músculos dorsais verdadeiros ou autóctones. 

Em contraste com músculos dorsais que derivam da porção ventral dos miótomos (hipômero), ex.:  músculo latíssimo do dorso e músculo trapézio, que migram para a musculatura do tronco subsequentemente (músculos dorsais secundários).

Para entender melhor a distribuição dos músculos nas costas, veja o link a seguir.

A musculatura intrínseca dorsal é subdividida nos tratos medial e lateral e nos músculos profundos do pescoço.

Trato medial

O trato medial se estende entre os processos (apófises) espinhais e transversais das vértebras. É inervado pelos ramos mediais dos ramos posteriores dos nervos espinhais. 

O trato medial pode ser ainda subdividido nos grupos espinhal e transverso-espinhal.

  • O músculo espinhal e os músculos interespinhais pertencem ao sistema espinhal. Eles conectam o processo (apófise) espinhoso de vértebras adjacentes. O músculo espinhal se original levemente lateral aos músculos interespinhais.
  • O sistema transverso-espinhal compreende os músculos rotadores curto e longo, o músculo multífido e o músculo semi-espinal. Todos eles correm diagonalmente do processo (apófise) transverso para o espinhoso. Os músculos rotadores curtos se inserem na vértebra superior, os músculos rotadores longos na segunda vértebra superior. O músculo multífido salta 2 a 4 vértebras, o músculo semiespinal até 4 a 7 vértebras. Além disso o músculo semiespinalpossui uma inserção robusta no osso occipital.

Trato lateral

O trato lateral é um sistema de longos músculos longitudinais. Ele se situa mais superficialmente que o trato medial e se insere mais lateralmente. É inervado pelos ramos laterais dos ramos posteriores dos nervos espinhais. Diferencia-se os sistemas sacroespinhal, intertransverso e espinotransverso.

  • O sistema sacroespinhal consiste do músculo longuíssimo dorsal e músculo iliocostal. Ambos compartilham um tendão de origem na fáscia toracolombar. Eles possuem numerosas origens e inserções nas costelas e processos (apófises) transversos. Adicionalmente, o músculo longuíssimo da cabeça insere-se no processo (apófise) mastóide do osso temporal.
  • O músculo esplênio da cabeça compõe o sistema espinotransverso. Ele se origina no processo (apófise) espinhoso das vértebras torácicas superiores e cervicais e corre laterocranialmente.
Músculo esplênio da cabeça (verde) - vista posterior
  • O sistema intertransverso compreende os músculos intertransversos e os músculos levantadores das costelas. Eles se estendem entre dois processos (apófises) transversos adjacentes. Os músculos elevadores das costelas são inervados tanto pelo ramo anterior quanto pelo posterior dos nervos espinhais (dupla inervação). Parte dos músculos intertransversos são ainda inervados somente pelos ramos anteriores dos nervos espinhais, razão pela qual eles não são considerados músculos dorsais intrínsecos.

Músculos profundos do pescoço

Os músculos profundos do pescoço (músculos suboccipitais) são inervados pelo ramo posterior do primeiro nervo espinhal (C1), o nervo suboccipital, e são portanto considerados como músculos dorsais intrínsecos. Eles consistem de quatro músculos pareados:

Função

A musculatura intrínseca é essencial para estabilização e movimentação da coluna vertebral. Contração bilateral estende o corpo (extensão dorsal), contração unilateral dobra o corpo para um lado (flexão lateral). A rotação é efetuada com a assistência dos músculos oblíquos abdominais

Aprender sobre os músculos do corpo é um grande desafio! Para te ajudar, criamos uma apostila de exercícios. Não deixe de conferir.

Os músculos profundos do pescoço suportam o movimento da articulação atlanto-occipital. Eles possuem particularmente muitos fusos musculares, contribuindo para a propriocepção da cabeça.

Pronto para se desafiar com um teste? Esta é uma ótima maneira de solidificar o que você aprendeu.

Músculos intrínsecos do dorso - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!