EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Ramo oftálmico do nervo trigêmeo (V1) - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Ramo oftálmico do nervo trigêmeo (V1)

O nervo trigêmeo é o quinto dos doze nervos cranianos, e é dividido em três ramos principais: o nervo oftálmico, o nervo maxilar e o nervo mandibular.

Sua primeira divisão é o ramo oftálmico, que consiste em fibras sensitivas aferentes. A palavra aferente significa em direção ao centro, como de uma área periférica de um membro em direção ao sistema nervoso central. A palavra eferente é o oposto de aferente, significando para longe do centro e em direção à periferia, ou seja, quando o estímulo é carregado do cérebro em direção a uma área periférica.

Neste artigo vamos falar sobre a neuroanatomia do nervo oftálmico.

Fatos importantes sobre o ramo oftálmico do nervo trigêmeo
Origem Gânglio trigeminal
Componentes funcionais Aferente somático geral
Trajeto Gânglio trigeminal -> seio cavernoso -> fissuras orbitária superior -> ramos terminais -> estruturas anatômicas respetivas
Ramos Tentorial recorrente, lacrimal (ramo comunicante com o nervo zigomático), frontal (nervos supraorbital e supratroclear), nervos nasociliares (ramo comunicante com o gânglio ciliar, nervos cilicares, nervos etmoidais posteriores)
Inervação Olhos, conjuntiva, glândula lacrimal, cavidade nasal, seio frontal, células etmoidais, foice do cérebro, dura máter da fossa craniana anterior, porções superiores da tenda do cerebelo, pálpebra superior, dorso do nariz, porção anterior do escalpe

Trajeto e ramos

O trajeto das fibras sensitivas aferentes do nervo oftálmico dos proprioceptores até o núcleo trigeminal (após a fusão em um dos principais nervos cranianos) é o seguinte (do seu início na periferia até o seu fim, no cérebro):

Nervo oftálmico - vista superior
  • Os ramos oftálmicos inervam a área oftálmica, que começa na ponta do nariz e continua bilateralmente em direção à parte superior do nariz, separando o septo nasal das narinas e se vira lateralmente no ângulo medial do olho, e continua abaixo dos olhos.
  • Na região temporal a borda cursa cranialmente e cobre a fronte, a parte anterior do escalpe e termina na metade do osso parietal.

Nós temos vários materiais de estudo sobre o nervo oftálmico, que englobam informações sobre o seu percurso, seus ramos e núcleos. Não deixe de dar uma conferida:

  • A área oftálmica consiste dos seguintes nervos: o nervo etmoidal anterior, que emite os ramos nasais interno e externo; os nervos supratroclear e infratroclear; o nervo supraorbital; os nervos ciliares curto e longo, que contém fibras pós-ganglionares do gânglio ciliar; o nervo frontal e o nervo lacrimal.
  • As fibras pré-ganglionares do gânglio ciliar e as fibras dos ramos periféricos se fundem no ramo oftálmico.
  • O ramo oftálmico emite um ramo tentorial recorrente, que inerva o tentório do cerebelo e a foice do cérebro, supratentorial.

Os nervos cranianos são um dos assuntos anatômicos mais confusos de se compreender. Supere os obstáculos e aprenda tudo sobre eles passo-a-passo utilizando nossa apostila de exercícios sobre os nervos cranianos.

  • O nervo oftálmico em seguida forma uma sinapse com o gânglio trigeminal, também conhecido como gânglio de Gasser, ou gânglio gasseriano.
  • As fibras então continuam para o núcleo pôntico, e em seguida para o núcleo e trato espinhais do nervo trigêmeo.
Nervo tentorial recorrente - vista lateral esquerda

Agora que você já leu sobre o ramo oftálmico do nervo trigêmeo, que tal testar os seus conhecimentos? Aprenda ainda mais e memorize o conteúdo com a ajuda dos nossos testes sobre o nervo oftálmico.

Ramo oftálmico do nervo trigêmeo (V1) - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!