EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo fibular longo - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo fibular longo

O fibular longo é um músculo comprido localizado superficialmente no compartimento lateral da perna, junto com o músculo fibular curto. O fibular longo se origina na porção proximal da fíbula e se estende até os ossos cuneiforme medial e primeiro metatarsal.

 Ele é inervado pelo nervo fibular superficial (L5, S1) e sua principal função é produzir a flexão plantar e a eversão do na articulação do tornozelo. Neste artigo, nós vamos discutir a anatomia e a função deste músculo, bem como sua relevância clínica.

Fatos importantes sobre o Músculo fibular longo
Origem Cabeça do fíbula, 2/3 proximais da superfície lateral da fíbula, septo intermuscular
Inserção Ossos cuneiforme medial, 1° osso metatarsal
Ação Articulação talocrural: flexão plantar do pé; 
Articulação subtalar: everção do pé; 
Oferece suporte aos arcos longitudinal e transverso do pé
Inervação Nervo fibular superficial (L5, S1)
Vascularização Artéria fibular

Origem e inserção

O fibular longo se origina da cabeça e dos dois-terços superiores da lateral do corpo da fíbula, bem como dos septos intermusculares crurais anterior e posterior. Ocasionalmente, pode ter também côndilo lateral da tíbia como parte de sua origem. 

O tendão do músculo desce na perna e corre posteriormente para o maléolo lateral, junto com o tendão do músculo fibular curto. Estes dois músculos passam por um túnel formado por uma bainha sinovial comum, coberto pelo retináculo fibular superior e, nele, o tendão do fibular longo fica mais espesso. 

O tendão do músculo atravessa a lateral do cubóide e segue junto à superfície inferior do osso. Ele se torna mais espesso ao se virar lateralmente na superfície do cubóide, lugar frequente de um osso sesamóide. Esse sulco é convertido em um túnel pelo ligamento plantar longo.

O músculo continua então um pouco mais medialmente na lateral do cubóide e acaba se inserindo nas superfícies laterais do cuneiforme medial e do primeiro metatarsal. Ele raramente envia algumas fibras para o segundo metatarsal. Ele participa da manutenção do arco transverso do pé, o que é evidenciado pelo seu trajeto ao longo da porção lateral do pé e de sua inserção nas superfícies laterais do cuneiforme medial e primeiro metatarsal.

Inervação 

O fibular longo é inervado pelo nervo fibular superficial, ramo do nervo fibular comum que, por sua vez, é ramo do nervo ciático, derivado dos ramos ventrais de L4-L3. O nervo fibular superficial é responsável pela inervação motora do músculo e também pela sensibilidade das superfícies anterior e lateral da perna.  

Vascularização 

O músculo é nutrido pela artéria fibular, um ramo da artéria tibial posterior. Esta artéria passa dentro do compartimento posterior da perna, mas envia artérias perfurantes para o compartimento lateral.  

Função 

Funcionalmente o compartimento lateral da perna causa eversão e flexão plantar do tornozelo. Lembre-se que a articulação talocrural só permite a flexão e a extensão, e que a inversão e a eversão ocorrem na articulação subtalar. Os músculos que causam inversão incluem o tibial anterior e o tibial posterior. Os músculos do compartimento lateral trabalham com o tibial posterior (que também é um flexor plantar) para se oporem às ações dos músculos dorsiflexores (tibial anterior e fibular terceiro). 

Músculo fibular longo - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!