EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Anatomia do tornozelo e do pé - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.089.069 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Anatomia do tornozelo e do pé

Tornozelo e pé - vista lateral esquerda

Se você já assistiu a um documentário sobre primatas, como chimpanzés ou orangotangos, você pode ter pensado em como seria útil se pudéssemos usar nossos pés da mesma maneira que usamos nossas mãos. Assim poderíamos sublinhar nosso livro de anatomia com nossas mãos e fazer flashcards com os pés ao mesmo tempo.

Mas a evolução refinou nossos pés para ser compatíveis com um andar bípede. É por isso que a anatomia do pé pode se parecer grosseiramente com a anatomia da mão, mas ainda assim ser diferente o suficiente para ter diferentes funções. Assim, esta página é dedicada à anatomia do tornozelo e do pé.
 

Anatomia do tornozelo

A articulação do tornozelo, também conhecida como articulação talocrural, permite a dorsiflexão e a flexão plantar do pé. É constituída por três articulações: articulação superior do tornozelo (tibio-társica), articulação talocalcaneonavicular e articulação subtalar. As duas últimas são chamadas conjuntamente de articulação inferior do tornozelo.

A articulação do tornozelo - visão geral

A articulação superior do tornozelo é formada pelas superfícies inferiores da tíbia e da fíbula e pela superfície superior do tálus. A articulação inferior do tornozelo é formada pelo tálus, pelo calcâneo e pelo osso navicular. A articulação é sustentada por um conjunto de ligamentos do tornozelo: o ligamento colateral medial ou ligamento deltóide, e o ligamento colateral lateral.

Você encontra tudo o que precisa saber sobre a articulação do tornozelo e seus ligamentos nesses artigos, videoaulas e testes.

Ossos do pé

Existem 26 ossos no pé, divididos em três grupos:

  • Sete ossos do tarso (tarsais)
  • Cinco ossos do metatarso (metatarsais)
  • Quatorze falanges

Esquema dos ossos e ligamentos do pé

Os ossos do tarso compõem uma forte plataforma de suporte de peso. Eles são homólogos aos ossos do carpo (carpais) no punho e são divididos em três grupos: proximal, intermediário e distal. 

  • Os ossos do tarso proximal são o tálus e o calcâneo.
  • O osso do tarso intermediário é o navicular. 
  • Os ossos do tarso distal são o cubóide e os três ossos cuneiformes (lateral, intermediário e medial).

A maneira mais fácil de aprender tudo sobre os ossos do tarso é revê-los um a um. Você pode fazer isso com nossas videoaulas e testes.

Os ossos do metatarso são homólogos aos metacarpos da mão. Eles estão implicados na sustentação do peso corporal. As falanges também se correspondem às da mão: os quatro dedos laterais são compostos de três falanges (proximal, média e distal), enquanto o dedão do pé (hálux) é composto por apenas duas falanges (proximal e distal).

Nós encorajamos você a dar uma olhada na nossa videoaula e no teste para aprender mais sobre os ossos e os ligamentos do pé.

Articulações do pé

Além da articulação do tornozelo que liga o pé à perna, os ossos do pé articulam-se entre si através de muitas articulações sinoviais. Existem quatro grupos de articulações do pé: intertarsal, tarsometatársica, metatarsofalangeana e interfalangeana. 

  • As articulações intertarsais estão entre os ossos do tarso. Essas articulações são as articulações subtalar (talocalcânea), talocalcaneonavicular, calcaneocubóidea, cuneonavicular, cuboideonavicular e intercuneiforme. 
  • As articulações tarsometatársicas são as articulações entre os ossos do tarso e os ossos do metatarso.
  • As articulações metatarsofalangeanas são as articulações entre as cabeças dos ossos do metatarso e as bases correspondentes das falanges proximais do pé. 
  • As articulações interfalangeanas estão entre as falanges do pé. O hálux tem apenas uma articulação interfalangeana, enquanto os outros quatro dedos têm uma articulação interfalangeana proximal (AIP) e uma articulação interfalangeana distal (AID).

Quer rever as articulações e ligamentos do pé com mais detalhes? Claro, nós te recomendamos estes recursos.

Músculos do pé 

Os músculos do pé contribuem para a eversão e a inversão do pé, para movimentos dos dedos dos pés, assim como para a flexão plantar e a dorsiflexão. Encorajamos você a assistir a esta videoaula e depois fazer um teste para aprender tudo sobre os músculos do pé.

Os músculos do pé são divididos em dois grupos: plantares e dorsais. Existem apenas dois músculos no grupo dorsal, enquanto os músculos plantares são subdivididos em três grupos; lateral, central e medial.

Músculos do pé - visão geral

Os músculos dorsais do pé estão no dorso do pé e fazem a extensão dos dedos. São eles o músculo extensor curto dos dedos e o músculo extensor curto do hálux.

Músculos dorsais do pé
Extensor curto dos dedos

Origem: face supero-lateral do osso calcâneo

Inserção: falanges médias do pé (2-4)

Inervação: nervo fibular profundo (S1, S2)

Função - articulações interfalangeanas distais 2-4: extensão dos dedos

Extensor curto do hálux

Origem: face supero-lateral do osso calcâneo

Inserção: falange proximal do hálux

Inervação: nervo fibular profundo (S1, S2)

Função - articulações metatarsofalangeana 1: extensão do hálux

Você quer saber tudo sobre os músculos dorsais do pé? Claro, temos um artigo e uma videoaula prontos para você.

Os músculos plantares do pé são divididos em três grupos musculares pela fáscia profunda do pé: lateral, central e medial. Observe que os músculos plantares também podem ser estudados sob uma divisão em quatro camadas, mas aqui eles são apresentados como grupos.

Os músculos plantares laterais atuam no quinto dedo. São eles os músculos abdutor do dedo mínimo, flexor curto do dedo mínimo, e oponente do dedo mínimo.

Músculos plantares laterais do pé
Abdutor do dedo mínimo Origem: tuberosidade calcânea, aponeurose plantar
Inserção: base da falange proximal do quinto dedo, quinto metatarso
Inervação: nervo plantar lateral (S1, S3)
Função - articulação metatarsofalangeana 5: abdução do dedo, flexão do dedo, contribui para o arco longitudinal do pé
Flexor curto do dedo mínimo Origem: base do quinto metatarso, ligamento plantar longo
Inserção: base da falange proximal do quinto dedo
Inervação: nervo plantar lateral (S2, S3)
Função - articulação metatarsofalangeana 5: flexão do dedo
Oponente do dedo mínimo Origem: ligamento plantar longo, mase do quinto metatarso, bainha tendínea do fibular longo
Inserção: borda lateral do quinto metatarso
Inervação: nervo plantar lateral (S2, S3)
Função - articulação metatarsofalangeana 5: abdução do dedo, flexão do dedo.

Aprenda mais sobre os músculos plantares laterais com esse artigo e videoaula.

Os músculos plantares centrais atuam nos quatro dedos laterais. São eles os músculos flexor curto dos dedos e quadrado plantar, quatro músculos lumbricais do pé, três músculos interósseos plantares e quatro músculos interósseos dorsais.

Músculos plantares centrais do pé
Flexor curto dos dedos Origem: processo medial da tuberosidade calcânea, aponeurose plantar
Inserção: falanges médias dos dedos 2-5
Inervação: fervo medial plantar (S1, S3)
Função - articulações metatarsofalangeanas 2-5: flexão dos dedos, contribui para o arco longitudinal do pé
Quadrado plantar Origem: processo medial do osso calcâneo, processo lateral da tuberosidade calcânea
Inserção: tendão do flexor longo dos dedos
Inervação: nervo plantar lateral (S1, S3)
Função - articulações metatarsofalangeanas 2-5: flexão dos dedos
Lumbricais Origem: tendões do flexor longo dos dedos
Inserção: face medial da falange proximal e aponeurose dorsal dos dedos 2-5
Inervação: lumbrical 1 -> nervo plantar medial (S2, S3); lumbricais 2-4 -> nervo plantar lateral (S2, S3)
Função - articulações metatarsofalangeanas 2-5: flexão dos dedos, adução dos dedos; - articulações interfalangeanas 2-5: extensão dos dedos
Interósseos plantares Origem: face medial dos ossos do metatarso 3-5
Inserção: face medial das falanges proximais dos dedos 3-5
Inervação: nervo plantar lateral (S2, S3)
Função - articulações metatarsofalangeanas 3-5: flexão dos dedos, adução dos dedos; - articulações interfalangeanas 3-5: extensão dos dedos
Interósseos dorsais Origem: lados opostos dos ossos do metatarso 1-5
Inserção: face medial da falange proximal do segundo dedo, face lateral das falanges proximais e aponeurose dorsal dos dedos 2-4
Inervação: nervo plantar lateral (S2, S3)
Função - articulações metatarsofalangeanas 2-4: flexão dos dedos, abdução dos dedos; - articulações interfalangeanas 2-4: extensão dos dedos

Pode parecer que há muitos músculos plantares centrais. Mas não se preocupe, confira nosso artigo e nossa videoaulas. Você encontrará tudo o que precisa saber sobre eles.

Os músculos plantares mediais atuam sobre o dedão do pé, ou hálux. São os músculos abdutor do hálux, adutor do hálux e flexor curto do hálux.

Músculos plantares mediais do pé
Músculo abdutor do hálux Origem: processo medial da tuberosidade calcânea, retináculo dos flexores, aponeurose plantar
Inserção: base da falange proximal do hálux
Inervação: nervo plantar medial (S1, S2, S3)
Função - primeira articulação metatarsofalangeana: abdução do dedo, flexão do dedo, contribui para o arco longitudinal do pé.
Músculo adutor do hálux Origem
-Cabeça oblíqua: bases dos ossos do metatarso 2-4, osso cubóide, osso cuneiforme lateral
-Cabeça transversa: ligamentos metatarsofalangeanos plantares dos dedos 3-5
Inserção: face lateral da base da falange proximal do hálux
Inervação: nervo plantar lateral (S2,S3)
Função - primeira articulação metatarsofalangeana: adução do dedo, flexão do dedo, contribui para os arcos longitudinal e transverso do pé
Músculo flexor curto do hálux Origem: tendão do tibial posterior, osso cuneiforme medial, osso cuneiforme lateral, osso cubóide
Inserção: faces lateral e medial da base da falange proximal do hálux
Inervação: nervo plantar medial (S1,S2)
Função - primeira articulação metatarsofalangeana: flexão do dedo, contribui para o arco longitudinal do pé

Observe que os tendões no pé são protegidos por bainhas tendinosas. Podemos ajudá-lo tanto com com os músculos plantares mediais. Confira este artigo e esta videoaula para aprender sobre eles de uma maneira divertida e envolvente.

Por fim, responda ao teste global em baixo, criado para testar os seus conhecimentos sobre a anatomia do tornozelo e do pé. Este teste centra-se especificamente nos ossos e músculos (incluindo as suas origens, inserções, inervação e função) do tornozelo e do pé, de forma a consolidar os temas abordados anteriormente nesta página sobre a anatomia desta região.

Videoaulas relacionadas

Testes relacionados

Anatomia do tornozelo e do pé - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.089.069 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Artigo e revisão:

  • Jana Vaskovic
  • Nicola McLaren

Tradução para português:

  • Rafaela Linhares
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.