EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo tricípite braquial - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.104.786 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo tricípite braquial

Por que precisamos de um extensor tão poderoso do cotovelo? A gravidade não é suficiente? No dia a dia quando é que precisamos de estender poderosamente nossos cotovelos? A resposta é: não muito frequentemente. A razão pela qual temos um músculo tão poderoso no compartimento extensor do cotovelo é devido aos nossos ancestrais evolutivos que precisavam de extensores poderosos para subir em árvores e pendurar-se em galhos.

A localização do músculo tríceps (tricípite) braquial no compartimento posterior do braço define seu papel. O poder do músculo é apresentado através de suas três cabeças que se originam de diferentes lugares dentro da escápula e do úmero, mas eventualmente se unem para formar o corpo único do músculo que se insere na ulna (cúbito).

Fatos sobre o músculo tricípite braquial
Cabeças Cabeça longa, cabeça medial, cabeça lateral
Origem Cabeça longa: tubérculo infra-glenoide da omoplata
Cabeça medial: úmero dorsal distalmente ao sulco radial
Cabeça lateral: úmero dorsal proximalmente ao sulco radial
Inserção Olecrânio no cúbito
Vascularização Artéria braquial profunda (ramo da artéria braquial), artéria circunflexa umeral posterior (ramo da artéria axilar)
Inervação Nervo radial e nervo axilar (ramos do plexo braquial)
Movimentos Extensão e adução do antebraço; extensão do ombro
Antagonista Músculo bicípite braquial

Este artigo irá abordar todos os importantes factos anatómicos sobre o músculo tríceps (tricípite) braquial, bem como os movimentos que ele provoca.

Anatomia

O tríceps (tricípite) braquial é um grande músculo de três cabeças do braço.

  • Cabeça longa: se origina do tubérculo infra-glenoidal da escápula (infra-glenoide da omoplata). Dali ele cursa entre o redondo maior e o redondo menor e divide o espaço axilar em duas metades.
  • Cabeça medial: possui sua origem no úmero dorsal distalmente ao sulco radial. Suas fibras são conectadas com o septo intermuscular medial.
  • Cabeça lateral: se origina no úmero dorsal proximalmente ao sulco radial, onde é fixado ao septo intermuscular lateral.

As três cabeças juntas formam um espesso tendão que se insere no olécrano da ulna (olecrânio do cúbito), à cápsula articular do cotovelo e à fáscia do antebraço. Sob o tendão do tríceps (tricípite) encontra-se uma importante bursa prevenindo fricção excessiva do tendão com o olécrano (olecrânio) - bursa subtendínea do tríceps braquial (bursa subtendinosa do tricípite braquial).

Músculo tríceps braquial (verde) - vista posterior

Inervação

O nervo radial (C6-C8), que inerva o tríceps (tricípite), está em íntima relação com o músculo. Primeiramente ele corre dentro do sulco radial do úmero onde é coberto pelas cabeças medial e lateral do tríceps (tricípite). Dali ele cursa para a fossa cubital ao longo do sulco bicipital lateral entre o tríceps (tricípite) e o bíceps (bicípite).

Devido ao seu curso superficial o tríceps (tricípite) determina o contorno dorsal do braço. A porção proximal do tríceps (tricípite) é parcialmente coberta pelo deltoide. Tanto a cabeça lateral quanto a longa podem ser facilmente palpadas, enquanto a cabeça medial encontra-se mais profundamente, já que é coberta pelas outras duas.

Função

O tríceps (tricípite) é o mais importante músculo extensor do cotovelo. Nessa função a cabeça medial é a mais ativa de todas as três. Seus antagonistas (particularmente o bíceps (bicípite) e o braquial) são fisiologicamente mais poderosos que o tríceps (tricípite), motivo pelo qual nós apresentamos uma leve dobra do cotovelo quando nossos braços encontram-se livres em repouso. 

Videoaula recomendada: Músculo tríceps (tricípite) braquial
Origem, inserção e inervação do músculo tríceps (tricípite) braquial.

Além disso, a cabeça longa do tríceps (tricípite) também cruza a articulação do ombro, tornando-a a única parte biarticular do tríceps (tricípite). Durante a contração ela puxa o braço em direção ao tronco (adução) e para trás (retroversão). As fibras distais do tríceps (tricípite) cumprem outra tarefa: a proteção da cápsula articular do cotovelo durante movimentos extremos de extensão.

Nota clínica

Devido à posição superficial do músculo, o tríceps (tricípite) pode ser facilmente lesado em acidentes. As causas mais comuns são uma flexão forçada contra o tríceps (tricípite) contraído bem como golpes diretos ao cotovelo durante atividades físicas. Sintomas clássicos incluem dor, edema e uma severa perda de capacidade extensora do cotovelo. Uma real ruptura do tendão do tríceps (tricípite), por outro lado, ocorre muito raramente e é frequentemente associada com um tendão previamente danificado, ex.: devido a bursite crônica, artrite reumatóide ou síndrome de Marfan, ou uma ruptura óssea completa do olécrano.

Durante o exame físico, o tríceps (tricípite) serve como um músculo de referência para as raízes neurais de C7 e C8. Clinicamente essas são testadas através do reflexo tendinoso do tríceps (tricípite), no qual um golpe é dado na inserção do tendão com um martelo de reflexo, e ativa uma contração reflexa do músculo.

Músculo tricípite braquial - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.104.786 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • M. Schünke/E. Schulte/U. Schumacher: Prometheus – LernAtlas der Anatomie – Allgemeine Anatomie und Bewegungssystem, 2.Auflage, Thieme Verlag (2007), S.306-307
  • J. E. Muscolino: The muscular system manual – The skeletal muscles of the human body, 2.Auflage, Elsevier Mosby (2005), S.554-557
  • W. Graumann/D.Sasse: CompactLehrbuch der gesamten Anatomie – Band 2 – Bewegungsapparat, Schattauer Verlag (2003), S.301-303 D.
  • W. Stoller: Magnetic resonance imaging in orthopaedics and sports medicine, 3.Auflage, Lippincott Williams and Wilkins (2007), S.1599-1601
  • M. Trojer: Die Trizepssehnenruptur – Operative Versorgung einer seltenen Verletzung mit Ankernahttechnik, Kreiskliniken Altötting- Burghausen (link)
  • I. Reuter: Trizepssehnenreflex, Lexikon Orthopädie und Unfallchirurgie, Springer Medizin (link)

Autor:

  • Achudhan Karunaharamoorthy 

Ilustrações:

  • Músculo tríceps braquial - vista posterior - Yousun Koh
  • Cabeça longa do músculo tríceps braquial - vista posterior - Yousun Koh
  • Cabeça medial do músculo tríceps braquial - vista posterior - Yousun Koh
  • Cabeça lateral do músculo tríceps braquial - vista posterior - Yousun Koh
  • Músculo tríceps braquial isolado - vista posterior - Yousun Koh
  • Nervo radial - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Nervo radial - vista posterior - Yousun Koh
  • Nervo radial - vista anterior - Yousun Koh
  • Adução do braço - vista anterior - Paul Kim
  • Extensão do ombro - vista anterior - Paul Kim

Tradução para português e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 10 artigos

Assista videoaulas

Mostre mais 2 videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.