EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo braquial - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo braquial

O braquial é um músculo longo e forte do braço. Originando-se do úmero e inserindo-se na ulna (cúbito), este músculo é o mais forte flexor do cotovelo, superando até mesmo o músculo bicípite braquial. Também mantém a tensão na articulação do cotovelo, evitando danos durante a hiperextensão.

Músculos do compartimento flexor do braço:

Fatos sobre o músculo braquial
Origem Metade distal da face anterior do úmero e septos intermusculares
Inserção Tuberosidade do cúbito
Inervação Nervo musculocutâneo (C5-C7) e nervo radial (C5-C6)
Função Flexão da articulação do cotovelo e manutenção da tensão da cápsula articular
Nota clínica “Cotovelo de alpinistas”

Este artigo descreverá detalhadamente as origens e inserções do músculo braquial, juntamente com sua inervação, funções e aspectos clínicos relevantes.

Anatomia

Origem e inserção

O músculo braquial se origina na metade distal da face anterior do úmero. Além disso, o tendão de origem se liga aos septos intermusculares medial e lateral do braço, duas membranas divisoras que separam os músculos flexores dos extensores.

Músculo braquial (verde) - vista anterior

Distalmente o músculo se insere na tuberosidade da ulna (cúbito), onde suas fibras são também conectadas à cápsula articular. 

Para aprender mais sobre os flexores do braço, confira o material que separamos para você.

Inervação

A inervação vem do nervo musculocutâneo (C5-C7), entretanto em 70 a 80% das pessoas o músculo possui inervação dupla com o nervo radial (C5-C6).

Em sua maior parte o músculo braquial encontra-se abaixo do bicípite braquial, e portanto não é facilmente palpável na superfície. O músculo mal possui partes superficiais encontradas na sua borda lateral e distal.

Aprender sobre os músculos não é fácil. São muitas origens, inserções, funções, inervações... Para te ajudar, criamos a apostila de exercícios sobre os músculos do corpo humano. Não deixe de conferir!

Apesar de estar localizado profundamente no braço, o músculo braquial também contribui indiretamente para a superfície anatômica, já que seu grande ventre faz o bicípite braquial parecer bem maior na superfície do que ele realmente é (“Atrás de cada grande bicípite braquial existe um grande braquial.”).

Função

O braquial é o mais forte flexor da articulação do cotovelo. Ele é um flexor mais forte mesmo que o bicípite braquial, devido à sua proximidade com o eixo da articulação, e além disso somente age em uma articulação, em contraste com o bicípite braquial. Uma pequena contração do músculo leva consequentemente a uma maior flexão do cotovelo. Outra função do braquial é ajudar na manutenção da tensão encontrada na cápsula articular, assim prevenindo danos à mesma durante hiperextensão.

Que tal um teste para se desafiar? Avalie seus conhecimentos sobre os músculos da parte superior do braço e da escápula. 

Músculo braquial - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!