Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar
Pronto para aprender?
Selecione a sua ferramenta de estudo favorita

Articulação temporomandibular

A articulação temporomandibular (ATM) é a principal conexão entre o crânio e a mandíbula. Ela é formada por um conjunto de estruturas:

  • a fossa mandibular do osso temporal
  • o disco articular
  • a cabeça e o côndilo da mandíbula
  • os ligamentos adjacentes

Esse artigo trás uma revisão da anatomia da articulação temporomandibular em detalhes, fornecendo informações sobre seus compartimentos, os ligamentos que limitam sua movimentação, sua vascularização e inervação.

Informações importantes sobre a articulação temporomandibular (ATM)
Compartimentos Superior: movimento de translação da articulação
Inferior: movimentos rotacionais da articulação
Cápsula articular Origem: borda da fossa mandibular e tubérculo articular do osso temporal
Inserção: colo da mandíbula, acima da fóvea pterigóidea
Ligamentos  Ligamentos da ATM: ligamentos colaterais (discais), ligamento temporomandibular
Ligamentos acessórios:
ligamento estilomandibular e ligamento esfenomandibular 
Irrigação arterial Artérias auricular profunda, temporal superficial e timpânica anterior
Drenagem venosa Veias temporal superficial e maxilar
Inervação Nervos mandibular, massetérico e nervos temporais profundos, em conjunto com os gânglios ótico e cervical superior
Conteúdo
  1. Compartimentos da articulação temporomandibular
  2. Cápsula articular e ligamentos
  3. Vascularização
  4. Inervação
  5. Resumo
  6. Referências
+ Mostrar todo

Compartimentos da articulação temporomandibular

disco articular separa a articulação temporomandibular em dois compartimentos:

  • O compartimento superior é limitado superiormente pela fossa mandibular do osso temporal e inferiormente pelo próprio disco articular. Ele contém 1,2 ml de líquido sinovial e é responsável pelo movimento de translação da articulação.
  • O compartimento inferior é limitado superiormente pelo disco articular, e inferiormente pelo côndilo da mandíbula. Ele é ligeiramente menor que o compartimento superior, contendo em média 0,9 ml de líquido sinovial. O compartimento inferior permite movimentos rotacionais.

Cápsula articular e ligamentos

A cápsula articular se origina da borda da fossa mandibular, envolve o tubérculo articular do osso temporal e se insere no colo da mandíbula, acima da fóvea pterigóidea.

A cápsula articular é frouxa, permitindo que a mandíbula se desloque anteriormente de forma natural, sem danificar suas fibras.

A ATM é sustentada pelos seguintes ligamentos:

  • Os ligamentos colaterais medial e lateral (também conhecidos como ligamentos discais) conectam os lados medial e lateral do disco articular com os lados correspondentes do côndilo mandibular.
  • O ligamento temporomandibular está localizado no aspecto lateral da cápsula, e sua função inclui a prevenção de deslocamentos laterais ou posteriores do côndilo.
  • O ligamento estilomandibular se origina do processo estiloide e se insere no ângulo da mandíbula. Ele é responsável por permitir a protrusão da mandíbula.
  • O ligamento esfenomandibular se estende entre a espinha do osso esfenoide e a língula da mandíbula. Ele contribui para a limitação dos movimentos de protrusão extensa e abertura da boca.

Conheça melhor os ossos que formam a ATM com nossas unidades de estudo:

Vascularização

A ATM recebe o sangue de três artérias. O suprimento principal vem da artéria auricular profunda (ramo da artéria maxilar) e da artéria temporal superficial (um ramo terminal da artéria carótida externa). Além disso, a articulação recebe sangue da artéria timpânica anterior (também ramo da artéria maxilar).

A drenagem venosa se dá através da veia temporal superficial e da veia maxilar.

Aprenda mais detalhes sobre as estruturas neurovasculares da cabeça que participam da vascularização e inervação da articulação temporomandibular com nossas unidades de estudo abaixo:

Inervação

O nervo mandibular (terceiro ramo do nervo trigêmeo) é o principal responsável pela inervação da ATM. O nervo massetérico e os nervos temporais profundos também auxiliam na inervação desta articulação.

Fibras parassimpáticas do gânglio ótico estimulam a produção de líquido sinovial. Neurônios simpáticos do gânglio cervical superior atingem a articulação juntamente com os vasos, e possuem um papel na percepção da dor e na monitorização do volume sanguíneo.

Testar seus conhecimentos é comprovadamente a melhor forma de melhorar seu desempenho na anatomia.

Clique abaixo no botão "começar o teste" e se surpreenda com a facilidade que terá em memorizar as estruturas da articulação temporomandibular.

Articulação temporomandibular - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.
Entediado pela anatomia? Experimente Isto

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?