EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Flexores profundos do antebraço - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 852.397 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Flexores profundos do antebraço

Provavelmente você já sabe bastante sobre seu antebraço - sabe que lhe permite desempenhar suas atividades diárias, dar "high fives" ou até jogar ao braço de ferro de vez em quando. Por isso, ele é muito importante. Contudo, você já alguma vez se questionou sobre o que fica debaixo da pele e lhe permite realizar todos esses movimentos?

Um importante grupo de estruturas anatômicas são os flexores profundos do antebraço. Localizados no aspecto ventral do antebraço, profundamente ao flexor superficial dos dedos, flexionam as articulações do punho e dos dedos.

O impulso para essas ações é dado através do nervo mediano.

Fatos sobre os músculos flexores profundos do antebraço
Músculo flexor profundo dos dedos

Origem: metade proximal da face anterior da ulna e membrana interóssea

Inserção: face palmar das falanges distais do segundo ao quinto dedos

Inervação: nervo mediano (segundo e terceiro dedos, C8-T1) e nervo ulnar (quarto e quinto dedos, C7-T1)

Função: flexão das articulações metacarpofalângicas, interfalângicas proximal e distal do segundo ao quinto dedos

Músculo flexor longo do polegar

Origem: face anterior do rádio e membrana interóssea

Inserção: face palmar da falange distal do polegar

Inervação: nervo mediano (C8-T1)

Função: flexão do polegar nas articulações metacarpofalângica e interfalângica e oposição do polegar

Músculo pronador quadrado

Origem: quarto distal da superfície anterior da ulna

Inserção: quarto distal da superfície anterior do rádio

Inervação: nervo mediano (C8-T1)

Função: pronação da articulação radioulnar

Nota Clínica Síndrome interóssea anterior (síndrome de Kiloh-Nevin)

Neste artigo, nós vamos falar da anatomia dos músculos flexores profundos do antebraço, incluindo as suas origens, inserções, inervações e funções. No final, iremos incluir uma nota clínica sobre estes músculos.

Anatomia

Flexores profundos do antebraço - vista anterior

Os flexores profundos do antebraço são três músculos encontrados na região ventral / anterior do antebraço. Eles cursam sob o flexor superficial dos dedos, muito próximos ao rádio e à ulna, e por tal razão são difíceis de se palpar. Em detalhe, eles são:

Músculo flexor profundo dos dedos

Este músculo se origina na metade proximal da face anterior da ulna e na membrana interóssea. Seus quatro tendões cursam pelo túnel do carpo e entre os tendões finais do flexor superficial dos dedos, na altura das falanges médias. Distalmente eles se inserem na face palmar das falanges distais do segundo ao quinto dedos. 

É inervado pelo nervo mediano (segundo e terceiro dedos, C8-T1) e nervo ulnar (quarto e quinto dedos, C7-T1).

Músculo flexor longo do polegar

O músculo flexor longo do polegar possui sua origem na face anterior do rádio e na membrana interóssea, e algumas vezes ainda no epicôndilo medial do úmero. Seu tendão também cursa através do túnel do carpo e se insere na face palmar da falange distal do polegar. 

É inervado pelo nervo mediano (C8-T1).

Músculo pronador quadrado

O músculo pronador quadrado surge da parte distal da ulna e se estende horizontalmente para o rádio, dando ao músculo um formato quadrado. É o mais profundo músculo do antebraço anterior. 

É inervado pelo nervo mediano (C8-T1).

Inervação

Como mencionado anteriormente, e tal como (quase) todos os flexores do antebraço, estes três músculos são inervados pelo nervo mediano. O ramo de inervação, o nervo interósseo anterior, emerge do nervo mediano cerca de 5 cm abaixo do epicôndilo medial do úmero. 

Nervo mediano (verde) - vista anterior

Dali ele cursa entre o flexor profundo dos dedos e o flexor longo do polegar ao longo da membrana interóssea e termina distalmente no pronador quadrado. 

Como uma exceção, o flexor profundo dos dedos recebe uma inervação dupla tanto pelo nervo mediano quanto pelo nervo ulnar.

No punho, os tendões do flexor profundo dos dedos e flexor longo do polegar cursam através do túnel do carpo, uma passagem formada pelos ossos do carpo dorsalmente e uma densificação da fáscia do antebraço (retináculo dos flexores), anteriormente. Juntamente com esses tendões, o túnel do carpo contém o nervo mediano, bem como os quatro tendões do flexor superficial dos dedos.

Videoaula recomendada: Flexores profundos do antebraço
Origens, inserções, inervação e funções dos flexores profundos do antebraço.

Função

Os flexores profundos são principalmente responsáveis pela flexão das articulações da mão e do dedo. 

  • A contração do flexor profundo dos dedos leva a uma flexão das articulações metacarpofalângicas, interfalângicas proximal e distal do segundo ao quinto dedos, bem como a articulação do punho. Como esse músculo está permanentemente tensionado, os dedos são sempre levemente dobrados quando em repouso. 
  • O flexor longo do polegar é responsável pela flexão do polegar nas articulações metacarpofalângica e interfalângica, e oposição da articulação carpometacarpal. Além disso ele dobra e abduz radialmente a articulação da mão. 
  • O pronador quadrado puxa o rádio medialmente, assim causando a pronação da articulação radioulnar.

Nota clínica

Os flexores profundos do antebraço podem ser paralisados através de uma lesão do nervo interósseo anterior (síndrome interóssea anterior ou síndrome de Kiloh-Nevin). 

Causas comuns são um aprisionamento pelos flexores superficiais do antebraço (ex.: através de hipertrofia) e músculos acessórios, ou mais raramente, consequência de um trauma no braço / antebraço (ex.: fratura ou luxação do cotovelo). 

Os pacientes afetados queixam dor no antebraço e fraqueza na mão. O sinal mais característico é a incapacidade de realizar o sinal de “okay” com os dedos (sinal da pinça). Isso acontece devido ao fato de o flexor profundo dos dedos e o flexor longo do polegar serem os únicos músculos que são capazes de dobrar os dedos em suas articulações interfalângicas distais.

Flexores profundos do antebraço - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 852.397 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • M. Schünke/E. Schulte/U. Schumacher: Prometheus – LernAtlas der Anatomie – Allgemeine Anatomie und Bewegungssystem, 2nd edition, Thieme Verlag (2007), p. 308-309
  • J. E. Muscolino: The muscular system manual – The skeletal muscles of the human body, 2nd edition, Elsevier Mosby (2005), p. 592-600
  • R. H. Whitaker/N. R. Borley: Anatomiekompass, 2nd edition, Thieme Verlag (2003), p. 132
  • J. Heisel: Neurologische Differenzialdiagnostik, Thieme Verlag (2007), p. 131-132

Autor:

  • Achudhan Karunaharamoorthy

Ilustrações:

  • Músculos flexores profundos do antebraço - vista anterior - Yousun Koh
  • Músculo flexor profundo dos dedos - vista anterior - Yousun Koh
  • Fexor profundo dos dedos - vista anterior - Yousun Koh
  • Músculo flexor longo do polegar - vista anterior - Yousun Koh
  • Fexor longo do polegar - vista anterior - Yousun Koh
  • Músculo pronador quadrado - vista anterior - Yousun Koh 
  • Pronador quadrado - vista anterior - Yousun Koh 
  • Nervo mediano - vista anterior - Begoña Rodriguez

Tradução para português e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Imagens do Atlas Relacionadas

Flexores do antebraço

Rádio e ulna

Músculos principais dos membros superiores

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.