EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo cricoaritenóideo lateral - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo cricoaritenóideo lateral

O cricoaritenóideo lateral é um músculo bilateral fixado entre as cartilagens cricoide e aritenoide da laringe. Ele é um dos músculos intrínsecos da laringe, juntamente com o aritenóideo oblíquo, ariepiglótico, aritenóideo transverso, cricoaritenóideo posterior, cricotireóideo, tireoaritenóideo, vocal e tireoepiglótico. 

Os músculos intrínsecos da laringe estão envolvidos na produção do som. Eles fazem isso ao mover várias partes da laringe, alterando o estado das pregas vocais (isto é, sua tensão e comprimento) e abrindo ou fechando a rima glótica. Especificamente, a principal função do músculo cricoaritenóideo lateral é ajudar na produção do som por aduzir as pregas vocais.

Fatos importantes sobre o músculo cricoaritenóideo lateral
Origem Arco da cartilagem cricoide 
Inserção Processo muscular da cartilagem aritenoide
Ação Aduz e encurta as pregas vocais
Inervação Nervo laríngeo inferior (do nervo laríngeo recorrente (NC X))
Vascularização Ramos laríngeos das artérias tireóideas superior e inferior

Este artigo vai discutir a anatomia e a função do músculo cricoaritenóideo lateral.

Origem e inserção 

O pequeno e oblongo músculo cricoaritenóideo lateral se origina da margem superior do arco da cartilagem cricoide. Ele cursa póstero-medialmente e se insere na superfície anterior do processo muscular da cartilagem aritenoide

Relações 

O músculo está localizado lateralmente às pregas vocais. Ele se insere em íntima relação com os músculos aritenóideo transverso e cricoaritenóideo posterior, uma vez que todos eles se inserem no processo muscular da cartilagem aritenóidea.

Inervação 

O cricoaritenóideo lateral é inervado pelo nervo vago (NC X) através dos ramos anteriores do nervo laríngeo recorrente. 

Vascularização 

Este músculo é vascularizado por ramos laríngeos das artérias tireóideas superior e inferior. 

Função 

Os músculos intrínsecos da laringe, dos quais o cricoaritenóideo lateral faz parte, estão envolvidos na produção do som (fonação). Eles fazem isso ao mover as várias partes da laringe, alterando o estado das pregas vocais (isto é, sua tensão e comprimento) e abrindo ou fechando a rima glótica. 

Quando o músculo cricoaritenóideo lateral se contrai, ele roda as cartilagens aritenoides, fazendo com que o processo vocal no qual os ligamentos vocais estão ligados oscile medialmente. Isso trás as pontas dos processos vocais uma em direção à outra, resultando em adução das pregas vocais e fechamento da parte anterior da rima glótica. 

Ao falarmos, o cricoaritenóideo lateral roda as cartilagens aritenoides enquanto os músculos aritenóideos transverso e oblíquo puxam simultaneamente as cartilagens aritenoides uma em direção à outra (fechando a parte posterior da rima glótica; tensão adutiva). Juntas, estas ações aduzem as pregas vocais, aproximam a rima glótica e estreitam o intróito laríngeo. Quando o ar expirado passa através da rima glótica fechada, ele é direcionado às pregas vocais aduzidas, causando sua vibração e produzindo o som vocal. 

Agindo sozinho, o cricoaritenóideo lateral não é capaz de fechar completamente a rima glótica. Parte do ar desvia-se das pregas vocais e, por isso, não é capaz de provocar sua inteira ressonância. Isso produz o sussuro
Solidifique seu conhecimento sobre a anatomia laríngea com nossa unidade de estudo. 

Músculo cricoaritenóideo lateral - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!