EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Laringe - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Laringe

A laringe é uma componente do sistema respiratório. É um complexo anatômico intrincado, constituído de muitos tecidos moles e rígidos, que permite que os seres humanos articulem utilizando sons e respirem através de um filtro bem construído.

Está situada imediatamente acima da traquéia, onde funciona como um filtro que retém todas as partículas acima de 6nm e previne que elas cheguem aos pulmões e causem uma lesão química a eles. Ela também abriga as pregas vocais e ajusta o tom e o volume, o que é essencial quando se trata de fonação.

Fatos importantes sobre a laringe
Função Condução do ar e articulação do som
Cartilagens Hialinas: Tireoide, cricoide, aritenoide
Elásticas: Epiglote, corniculada, cuneiforme
Músculos Intrínsecos: cricotireoideo, cricoaritenóideo posterior, cricoaritenóideo lateral, aritenóideo transverso, aritenóideo oblíquo, tireoaritenóideos. 
Extrínsecos: esternohióideos, omo-hióideo, esterno-tireóideo, constrictor inferior, tireo-hióideo, digástrico, estilo-hióideo, mio-hióideo, gênio-hióide, hioglosso, gênioglosso 
Vascularização Vasos laríngeos (superior e inferior) 
Inervação Nervo laríngeo interno, nervo laríngeo recorrente e nervo laríngeo externo - ramos do nervo vago (NC X)

Neste artigo, uma visão geral dos componentes laríngeos, incluindo as cartilagens, membranas e ligamentos, músculos, suprimento sanguíneo, inervação e patologia clínica, serão discutidos. 

Visão geral

A laringe conecta a faringe à traqueia, e pode ser encontrada na linha média do corpo humano, ao nível da terceira à sexta vértebras cervicais.

Assim como a faringe, a laringe é dividida em três regiões:

  • o vestíbulo
  • o ventrículo
  • a área infraglótica

Quer aprender mais sobre a laringe? Certifique-se de verificar nossos recursos abaixo:

Cartilagens

A laringe é composta de seis cartilagens individuais, das quais três são pareadas e três não pareadas. As cartilagens hialinas são as seguintes:

  • cartilagem tireoide (não pareada)
  • cartilagem cricoide (não pareada)
  • cartilagem aritenoide (pareada)

As cartilagens elásticas são as seguintes:

  • epiglote (não pareada)
  • cartilagem corniculada (pareada)
  • cartilagem cuneiforme (pareada)

A cartilagem tireoide é a maior de todas as cartilagens, e está ligada ao osso hioide através da membrana tireo-hióidea, enquanto as cartilagens corniculada e cuneiforme são consideradas cartilagens menores, devido às suas reduzidas dimensões.

A laringe é uma estrutura complexa do trato respiratório. Você conhece todas as estruturas componentes deste sistema? Tire todas as suas dúvidas com a nossa apostila de exercícios sobre o sistema respiratório!

Membranas e ligamentos

As membranas e ligamentos da laringe são classificadas de acordo com as suas funções.

Os grandes ligamentos extrínsecos incluem:

  • os dois ligamentos tireo-hióideos
  • o ligamento tireo-hióideo mediano
  • a membrana tireo-hióidea
  • o ligamento cricotireóideo mediano
  • o ligamento cricotraqueal

Os principais ligamentos intrínsecos da laringe incluem:

  • ligamento vocal
  • o cone elástico
  • a membrana quadrangular
  • o ligamento vestibular

Músculos

O músculo cricotireóideo é o único músculo da laringe que é inervado pelo nervo laríngeo externo, enquanto todos os outros são inervados pelo nervo laríngeo recorrente. Ele aumenta a tensão nos ligamentos vocais porque emerge do arco da cartilagem cricoide e se insere na lâmina e no corno inferior da cartilagem tireoide.

O músculo tireoaritenoide reduz a tensão nos ligamentos vocais, porque se origina no ângulo da cartilagem tireoide e se estende ao longo do processo vocal da cartilagem aritenoide.

O músculo cricoaritenóideo posterior abre a rima glótica, enquanto o músculo cricoaritenóide lateral, o músculo aritenóideo transverso e o músculo aritenóideo oblíquo a fecham. Ele se origina da lâmina da cartilagem cricoide e se insere no processo muscular da cartilagem aritenoide. 

O cricoaritenóideo lateral se insere da mesma forma que o músculo cricoaritenóideo posterior. Ele emerge da parte lateral do arco da cartilagem cricoide.

O músculo aritenóideo transverso se origina do processo muscular da cartilagem aritenoide e se estende até o processo muscular da cartilagem aritenoide oposta.

O músculo aritenóideo oblíquo aparentemente não possui origem, uma vez que se estende entre as duas cartilagens aritenoides e se insere em cada um de seus ápices.

O ariepiglótico e o tireoepiglótico são dois músculos que auxiliam no fechamento da abertura laringofaríngea, ao se inserirem na epiglote. O primeiro emerge do ápice da cartilagem aritenoide, e o segundo da lâmina da cartilagem tireoide.

Suprimento sanguíneo

O suprimento arterial da laringe é fornecido pela artéria laríngea superior e pela artéria laríngea inferior. A drenagem venosa é realizada pela veia laríngea superior e pela veia laríngea inferior.

Inervação

A inervação motora e sensitiva da laringe é dada inteiramente pelo nervo vago (NC X). Os três ramos que contribuem incluem o nervo laríngeo interno, o nervo laríngeo recorrente e o nervo laríngeo externo.

Está confiante com os seus estudos sobre a laringe? Então desafie-se com o teste abaixo:

Laringe - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!