EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo tricípite sural - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.107.292 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo tricípite sural

O músculo tríceps (tricípite) sural é um músculo de três cabeças localizado na região dorsal da perna. Suas cabeças e corpo determinam a superfície anatômica da panturrilha. Sua inserção, o tendão de Aquiles, é facilmente visível e palpável no calcanhar. 

Os músculos do compartimento posterior da perna designam-se múculos flexores e dividem-se em superficiais e profundos, através fáscia transversal profunda da perna ou septo intermuscular transversal. 

Músculos do compartimento posterior da perna

  • Camada superficial: gastrocnémio e solear (tricípite sural), plantar
  • Camada profunda: poplíteo, flexor longo do hálux, tibial posterior, flexor longo dos dedos
Fatos sobre o músculo tricípite sural
Cabeças

Músculo solear (1 cabeça)

Músculo gastrocnémio (2 cabeças)

Origem

Solear: região superior do perónio, tíbia e arco tendinoso solear

Gastrocnémio: epicôndilo medial (cabeça medial) e epicôndilo lateral (cabeça lateral) do fémur

Inserção

Face posterior do calcâneo, através de um tendão comum - tendão calcaneano 

Inervação Nervo tibial
Movimentos

Flexão plantar na articulação superior do tornozelo.

Supinação forte da articulação inferior do tornozelo.

Este artigo irá abordar todos os importantes factos anatómicos sobre o músculo tríceps (tricípite) sural, bem como os movimentos que ele provoca.

Anatomia

Origem e inserção

O músculo tríceps (tricípite) sural possui 3 cabeças e é composto por dois músculos: o músculo sóleo (solear) e o músculo gastrocnêmio (gastrocnémio) o qual possui uma cabeça lateral e outra medial.

  • Músculo sóleo (solear): se origina na região superior da fíbula (perónio), tíbia e arco tendíneo do sóleo (solear), que se estende entre a tíbia e a fíbula (perónio).
  • Músculo gastrocnêmio (gastrocnémio): possui sua origem no epicôndilo medial (cabeça medial) e epicôndilo lateral (cabeça lateral) do fêmur. Ele sobrepõe-se quase completamente ao músculo sóleo (solear).

No terço distal da perna tanto o músculo sóleo (solear) quanto o gastrocnêmio (gastrocnémio) se fundem em um tendão comum, o tendão de Aquiles (tendão calcâneano), que se insere no calcâneo posterior. 

Músculo tríceps sural (verde) - vista posterior

Inervação e vascularização

O músculo tríceps (tricípite) sural é inervado pelo nervo tibial.

O feixe neurovascular vindo da fossa poplítea (artéria e veia tibiais posteriores e nervo tibial) corre abaixo do arco tendíneo do sóleo (arco tendinoso do solear), após o qual corre entre os músculos flexores superficiais e profundos.

Função

O músculo tríceps (tricípite) sural cruza múltiplas articulações. Sua função mais importante é a flexão plantar na articulação superior do tornozelo, permitindo a elevação do calcanhar contra a gravidade quando andamos ou saltamos. O máximo poder de salto é atingido pelo alongamento adequado do músculo, ou seja, estiramento da articulação do joelho. A flexão plantar fixa a perna durante a posição ortostática, e assim previne que o corpo caia anteriormente. Além disso o músculo é o mais forte supinador da articulação inferior do tornozelo.

Videoaula recomendada: Funções do músculo sóleo (solear)
Demonstração das funções e anatomia do músculo sóleo (solear) com recurso a um modelo animado em 3D.

O músculo gastrocnêmio (gastrocnémio) contribui em pequena extensão para a dobra do joelho.

Videoaula recomendada: Funções do músculo gastrocnémio
Demonstração das funções e anatomia do músculo gastrocnémio com recurso a um modelo animado em 3D.

Nota clínica

Clinicamente o músculo tríceps (tricípite) sural é um músculo de referência para a raiz neural S1. Ela pode ser comprimida devido a hérnia discal ou fratura vertebral. Sintomas clássicos são irritações e dores ao longo da nádega e parte posterior da perna, e um fraco ou ausente reflexo tendinoso no tendão de Aquiles (reflexo aquileu). Adicionalmente, o músculo tríceps (tricípite) sural frequentemente apresenta restrições funcionais. Os pacientes afetados apresentam o chamado pé torto (talipes calcaneus), causada pelo desbalanço dos músculos anteriores e posteriores da perna. Tanto o caminhar na ponta dos dedos quanto rolar o pé com o calcanhar apoiado se tornam praticamente impossíveis.

O tendão de Aquiles é o mais forte tendão do corpo humano. Sua capacidade de carga soma cerca de uma tonelada, motivo pela qual sua ruptura se dá com um alto som, semelhante ao estalar de um chicote. Ela está frequentemente associada a danos prévios devido a cargas inadequadas crónicas. Os microtraumatismos prejudicam o suprimento sanguíneo do tendão, levando a uma redução de sua força. A região cerca de 3 a 5 centímetros proximal à inserção do tendão é particularmente vulnerável, uma vez que já apresenta uma vascularização relativamente pobre. Em adolescentes a ruptura do tendão de Aquiles frequentemente ocorre em conjunto com uma fratura óssea do calcâneo.
 

Músculo tricípite sural - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.107.292 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • M. Schünke/E. Schulte/U. Schumacher: Prometheus – LernAtlas der Anatomie – Allgemeine Anatomie und Bewegungssystem, 2.Auflage, Thieme Verlag (2007), S.482-483
  • W. Graumann/ D.Sasse: CompactLehrbuch der gesamten Anatomie – Band 2 – Bewegungsapparat, Schattauer Verlag (2003), S.215-218
  • M. Schünke: Topographie und Funktion des Bewegungssystems, Thieme Verlag (2000), S.162-163
  • D. Drenckhahn/J. Waschke: Taschenbuch Anatomie, Urban & Fischer Verlag/Elsevier (2008), S.98
  • J. Heisel: Neurologische Differenzialdiagnostik, Thieme Verlag (2007), S.152-155 

Autor:

  • Achudhan Karunaharamoorthy 

Ilustrações:

  • Músculo tríceps sural - vista posterior - Irina Münstermann
  • Tendão de Aquiles - vista posterior - Irina Münstermann
  • Músculo tríceps sural - vista posterior - Liene Znotina
  • Músculo sóleo- vista posterior - Liene Znotina
  • Músculo gastrocnêmio - vista  posterior - Liene Znotina
  • Nervo tibial - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Veia tibial posterior - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Artéria tibial posterior - vista anterior - Begoña Rodriguez

Tradução para português e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 4 artigos

Assista videoaulas

Mostre mais 13 videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!