Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar
Pronto para aprender?
Selecione a sua ferramenta de estudo favorita

Ossos do carpo

O carpo é um conjunto de oito ossos de formato irregular localizados na região do punho. Esses ossos fazem a ligação entre os aspetos distais dos ossos longos do antebraço (rádio e ulna) e os aspectos proximais dos ossos metacarpais.

Os ossos do carpo estão organizados em duas fileiras: proximal e distal. A fileira proximal inclui os ossos escafoide, semilunar, piramidal e pisiforme, de lateral (radial) para medial (ulnar). A fileira distal inclui os ossos trapézio, trapezoide, capitato e hamato.

Cada osso do carpo tem a sua própria forma única e múltiplas superfícies, o que significa que eles têm a capacidade de se articular com vários ossos, músculos e ligamentos adjacentes do antebraço e mão. Assim, os ossos do carpo dão flexibilidade e permitem a realização de vários tipos de movimentos dos tecidos moles da mão. Eles também são os principais constituintes da estrutura esquelética do punho, que permite a passagem para as diferentes estruturas neurovasculares da mão.

Esse artigo discutirá a anatomia e função dos ossos do carpo.

Informações importantes sobre os ossos do carpo
Definição Os ossos do carpo são oito pequenos ossos que formam o punho e fazem a ligação da mão ao antebraço
Fileira proximal Ossos escafoide, semilunar, piramidal e pisiforme
Fileira distal Ossos trapézio, trapezoide, capitato e hamato
Conteúdo
  1. Fileira proximal
    1. Osso escafoide
    2. Osso semilunar
    3. Osso piramidal
    4. Osso pisiforme
  2. Fileira distal
    1. Osso trapézio
    2. Osso trapezoide
    3. Osso capitato
    4. Osso hamato
  3. Notas clínicas
    1. Fratura do osso escafoide
    2. Luxação do osso semilunar
    3. Síndrome do túnel do carpo
  4. Referências
+ Mostrar todo

Fileira proximal

Osso escafoide

O escafoide é o maior osso da fileira proximal do carpo. Possui forma semelhante à de um barco (“scaphos” em Grego significa barco, daí o seu nome), e se localiza imediatamente inferiormente à tabaqueira anatômica. Ele se articula proximalmente com o rádio e distalmente com o trapézio e o trapezoide. Além disso, o escafoide também se articula com os ossos semilunar e capitato.

O escafoide tem uma proeminência óssea localizada na sua superfície palmar chamada de tubérculo do escafoide. Como esse tubérculo é subcutâneo, pode ser palpado facilmente na palma da mão. O escafoide é o osso mais frequentemente fraturado do punho. Essas fraturas geralmente ocorrem quando uma pessoa cai sobre a mão estendida.

Osso semilunar

O próximo osso da fileira proximal é o osso semilunar, localizado entre os ossos escafoide e piramidal. Proximalmente, o osso semilunar articula-se com a cabeça do rádio (superfície articular do carpo) e com o disco articular da articulação radioulnar distal, enquanto distalmente se articula com o osso capitato. Ele recebe o seu nome devido à sua forma semelhante a uma meia-lua.

Osso piramidal

Fiel ao seu nome, o osso piramidal tem uma forma semelhante a uma pirâmide, e está localizado na região medial do carpo. Ele se articula com o osso semilunar, lateralmente, e com o osso hamato, distalmente. Além disso, o osso piramidal tem uma faceta articular isolada de forma oval na sua superfície palmar distal, para articulação com o osso pisiforme.

Osso pisiforme

O pisiforme é um pequeno osso em forma de ervilha localizado junto à superfície palmar distal do osso piramidal. Ele tem uma faceta articular dorsal para articulação com o piramidal. O pisiforme é um osso sesamoide, ou seja, está totalmente incorporado a um tendão, mais especificamente o tendão do músculo flexor ulnar do carpo. Além disso, ele também é um osso superficial da palma da mão, podendo ser facilmente palpado.

Fileira distal

Osso trapézio

O trapézio é o primeiro e o mais lateral dos ossos da fileira distal do carpo. Ele se articula com o escafoide, o trapezoide, e o 1.º e 2.º metacarpais. O osso trapézio tem um tubérculo e um sulco na sua superfície palmar. Esses marcos ósseos são locais de fixação ou passagem para tendões e ligamentos. A superfície dorsal do osso está intimamente relacionada com a artéria radial.

Osso trapezoide

O trapezoide é um osso em forma de cunha da fileira distal dos ossos do carpo. Ele pode parecer bem pequeno em comparação com os outros ossos de uma perspectiva palmar, contudo, é muito maior no seu lado dorsal. Ele se articula com o osso escafoide, proximalmente, lateralmente com o trapézio, medialmente com o capitato, e sua faceta distal permite que se articule com o segundo metacarpal.

Osso capitato

O osso capitato é o maior de todos os ossos do carpo. A sua principal articulação se dá distalmente com o 3.º metacarpal. Além disso, ele também se articula com outros ossos do carpo adjacentes trapezoide, escafoide, semilunar e hamato.

Osso hamato

O hamato também tem uma forma semelhante a uma cunha, e é o osso mais medial da fileira distal do carpo. Ele se articula distalmente com os 4.º e 5.º metacarpais, com o capitato, lateralmente, e com o piramidal, proximalmente.

A principal característica anatômica do osso hamato é o seu hâmulo, uma estrutura óssea alongada que se projeta a partir do aspecto distal da sua superfície palmar. O hâmulo contribui para a formação da parede medial do túnel do carpo e também da parede medial do túnel ulnar (canal de Guyon). O hâmulo também é o local de fixação de vários músculos e ligamentos da mão e antebraço, incluindo o retináculo dos flexores.

Ossos do carpo - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!