EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Duodeno - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 852.397 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Duodeno

O duodeno é a primeira das três partes do intestino delgado e é diretamente ligado ao piloro do estômago. 

O duodeno pode ser subdividido em quatro seções:

  • parte superior
  • parte descendente
  • parte horizontal
  • parte ascendente

Ele recebe comida parcialmente digerida do estômago e começa a absorção de nutrientes.

Histologicamente o duodeno é similar a todos os outros órgãos ocos do trato gastrointestinal: mucosa, submucosa e muscular.

Fatos importantes
Localização

Primeira das três partes do intestino delgado.

Entre o piloro (estômago) e o jejuno (intestino delgado).

Secções

parte superior -> intraperitoneal (flexura duodenal superior)
parte descendente -> retroperitoneal (flexura duodenal inferior)
parte horizontal -> retroperitoneal
parte ascendente ->retroperitoneal (flexura duodenojejunal)

Vascularização

Artérias pancreaticoduodenais superiores anterior, posterior e artéria pancreaticoduodenal inferior

Inervação

Simpática: plexo celíaco

Parassimpática: nervo vago (X nervo craniano)

Histologia

Estrutura básica: mucosa, submucosa e muscular

Achados importantes: plexo de Auerbach, glândulas de Brünner, criptas de Lieberkühn, células de Paneth

Função Neutralização do ácido gástrico, absorção de água e nutrientes, misturar enzima

Neste artigo vamos falar sobre a anatomia, histologia e função do duodeno e no final incluiremos uma breve síntese com os pontos abordados mais importantes.

Anatomia macroscópica

O duodeno possui cerca de 25 a 30 cm de comprimento, formato em “C” e está localizado no abdome (abdómen) superior ao nível de L1-L3. A cabeça do pâncreas encontra-se no interior da volta do “C”.

Duodeno (verde) - vista anterior

O duodeno pode ser subdividido em quatro seções: parte superior, parte descendente, parte horizontal e parte ascendente.

  • A parte superior encontra-se intraperitonealmente e é alargada proximalmente (bulbo duodenal). Ela está conectada ao fígado pelo ligamento hepatoduodenal. A parte superior termina na flexura duodenal superior e se torna a parte descendente.
  • A parte descendente e o resto do duodeno encontram-se no retroperitônio. O ducto biliar comum e o ducto pancreático se unem como um ducto comum na ampola hepatopancreática (ampola de Vater) e esvaziam-se no interior da parte descendente do duodeno. Na abertura existe uma elevação da mucosa, a papila duodenal maior (papila de Vater). Muitas pessoas possuem um ducto pancreático acessório que esvazia em uma papila adicional, a papila duodenal menor (papila de Santorini). A transição da parte descendente para a parte horizontal do duodeno ocorre na flexura duodenal inferior.
  • A parte horizontal passa da direita para a esquerda ventralmente à aorta abdominal e à veia cava.
  • A parte ascendente passa cranialmente pelo lado esquerdo da coluna vertebral. Essa última parte do duodeno encontra o jejuno, localizado intraperitonealmente na flexura duodenojejunal. Aqui o duodeno está ligado à parede abdominal posterior pelo ligamento suspensor do duodeno (ligamento de Treitz). Clinicamente o ligamento de Treitz marca o limite entre o trato gastrointestinal superior e o inferior.

O suprimento sanguíneo do duodeno é levado pelas artérias pancreaticoduodenais superiores anterior e posterior (ramos da artéria gastroduodenal) e pela artéria pancreaticoduodenal inferior (ramo da artéria mesentérica superior), que formam uma arcada arterial.

A inervação simpática é levada pelos nervos do plexo celíaco, a inervação parassimpática pelo nervo vago (X nervo craniano). 

Anatomia microscópica

Histologicamente o duodeno é similar a todos os outros órgãos ocos do trato gastrointestinal: mucosa, submucosa e muscular. 

  • A mucosa consiste de epitélio colunar (cilíndrico) simples (lâmina epitelial), uma camada conectiva (conjuntiva) tecidual (lâmina própria) e uma camada muscular lisa (lâmina muscular). As células epiteliais intestinais (enterócitos) são sobrepostas por uma camada de glicoproteínas e mucina. 
  • A submucosa compreende tecido conectivo frouxo (conjuntivo laxo), numerosos vasos sanguíneos e o plexo de Meissner. 
  • A muscular consiste de uma musculatura circular interna e uma longitudinal externa, entre as quais se encontra o plexo de Auerbach.

Lâmina histológica - Duodeno

Comum a todas as partes do intestino delgado são as microvilosidades (estruturas ciliares projetando-se da superfície), as vilosidades digitiformes e as pregas circulares da mucosa e submucosa (válvulas de Kerckring). Essas estruturas aumentam a área de absorção do duodeno em até 1500 vezes. 

O duodeno é rico em enterócitos absortivos, células caliciformes produtoras de muco e células endócrinas produtoras de hormônio (hormona) peptídeo. 

Um achado característico do duodeno são as glândulas de Brünner, localizadas na submucosa. Estas produzem – entre outros – secreção mucosa contendo bicarbonato, que serve para neutralizar o ácido gástrico. Além disso as criptas de Lieberkühn encontram-se entre as vilosidades. Células de Paneth são encontradas no lúmen de tais criptas. De acordo com os conhecimentos atuais as células de Paneth possuem papel na defesa antimicrobiana, contudo as suas funções ainda não são completamente compreendidas.

Função

Principais tarefas do duodeno:

  • neutralização do ácido gástrico através da produção de secreções alcalinas
  • processamento mecânico e digestão do quimo
  • misturar a bile e as enzimas pancreáticas
  • absorção de água, eletrólitos e nutrientes (especialmente substâncias solúveis em água, como monossacarídeos)
Videoaula recomendada: Duodeno
Estruturas do duodeno, incluindo a sua mucosa e as suas camadas musculares.

Destaques

Anatomia:

  • ligado ao piloro do estômago e em forma de C
  • parte superior, parte descendente, parte horizontal e parte ascendente

Histologia:

  • mucosa, submucosa e muscular
  • microvilosidades, vilosidades digitiformes e pregas circulares da mucosa
  • enterócitos, células caliciformes, células endócrinas
  • Glândulas de Brünner e células de Paneth

Função:

-> neutralização do ácido gástrico, absorção de água e nutrientes, misturar enzimas

Duodeno - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 852.397 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • D. Drenckhahn/J. Waschke: Taschenbuch Anatomie, 1.Auflage, Urban & Fischer Verlag/Elsevier (2008), S.265-267
  • U. Welsch: Lehrbuch Histologie, 2.Auflage, Urban & Fischer Verlag/Elsevier (2006), S.370-378
  • M. Schünke/E. Schulte/U. Schumacher: Prometheus – LernAtlas der Anatomie – Innere Organe, Thieme Verlag (2009), S.222-223
  • Martin: Concise Medical Dictionary, 8th edition (2010)

Autor & Layout:

  • Achudhan Karunaharamoorthy
  • Christopher A. Becker

Ilustrações:

  • Duodeno - vista anterior - Irina Münstermann
  • Porção descendente do duodeno - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Porção horizontal do duodeno - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Porção ascendente do duodeno - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Flexura duodenojejunal - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Duodeno - lâmina histológica - Smart in Media

Tradução para português: 

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Imagens do Atlas Relacionadas

Duodeno

Duodeno

Artérias do intestino delgado

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.