EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Intestino Delgado - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.075.851 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Intestino Delgado

O intestino delgado é uma região do canal alimentar que consiste em:

Este artigo irá destacar as principais características anatômicas desta parte do trato gastrointestinal, além de mencionar algumas causas patológicas primárias deste sistema somático.

A função do intestino delgado é absorver a água, nutrientes e minerais dos alimentos que ingerimos.

Fatos Importantes
Função Absorção de água, de nutrientes e minerais de alimentos ingeridos
Divisão anatômica Duodeno, jejuno e íleo
Partes do duodeno Parte superior, parte descendente, parte horizontal e parte ascendente
Características do jejuno Localizado no quadrante superior esquerdo, parede espessa, densa vascularização
Características do íleo Localizado no quadrante inferior direito, parede fina, menor vascularização, placas de Peyer

O Duodeno

O duodeno é a primeira das três porções do intestino delgado e também a mais curta. Ele se inicia na base do estômago - no esfíncter pilórico - e envolve a cabeça do pâncreas na forma da letra “C”.

Duodeno (verde) - vista anterior

Esta primeira seção é intraperitoneal, enquanto a segunda, a terceira e a quarta partes são todas retroperitoneais.

Videoaula recomendada: Órgãos do sistema digestivo
Anatomia e função dos principais órgãos do sistema digestivo.

As quatro partes do tubo duodenal são nomeadas de acordo com a direção que elas assumem e seguem a seguinte ordem:

  • Parte superior – Se inicia logo ao lado e ligeiramente anterior à primeira vértebra lombar, erguendo-se acima do nível do piloro do estômago, onde se comunica com o fígado através do ligamento hepatoduodenal - que é formado pelo omento menor do peritônio. Posterior à esta parte encontram-se a veia cava inferior, a veia porta e o ducto biliar comum.

Parte superior do duodeno (verde) - vista anterior

  • Parte descendente – Ela se move caudalmente no lado direito da coluna vertebral, entre a primeira e a terceira vértebras lombares. É nesta seção, na parede posteromedial, que o ducto colédoco e o ducto pancreático se abrem para o interior do intestino através do esfíncter de Oddi.

Parte descendente do duodeno (verde) - vista anterior

  • Parte horizontal – Está posicionada ao nível da terceira vértebra lombar e é limitada anteriormente pela artéria mesentérica superior, pela veia mesentérica superior e pela raiz do mesentério. Posteriormente relaciona-se à veia cava inferior e à aorta.
  • Parte ascendente – Ela se volta posteriormente, em direção à segunda vértebra lombar, mas desta vez, do lado esquerdo da coluna vertebral, antes de se curvar anteriormente para a junção duodenojejunal.

Parte ascendente do duodeno (verde) - vista anterior

Para aprender ainda mais sobre o duodeno visite os recursos em baixo.

O Jejuno e o Íleo

Em conjunto, o jejuno e o íleo podem atingir cerca de seis metros de comprimento, o jejuno constituindo duas de cinco partes e o íleo constituindo as outras três. O jejuno se inicia na junção duodenojejunal e o íleo se continua até a junção ileocecal.

As diferenças anatômicas entre o íleo e o jejuno são:

  • O jejuno é encontrado principalmente no quadrante superior esquerdo (QSE) do abdome, possui uma parede espessa e uma densa vascularização
  • O íleo é encontrado no quadrante inferior direito (QID) e possui paredes muito mais finas e menos vascularizadas.

Existem ainda diferenças histológicas nesta parte do intestino, uma vez que cada segmento possui diferentes células e diferentes funções. O achado microscópico mais proeminente que distingue o íleo do jejuno são os acúmulos celulares conhecidos como placas de Peyer, numerosos no íleo.

Placa de Peyer - lâmina histológica

Aprofunde os seus conhecimentos sobre o jejuno e o íleo com as videoaulas e o teste em baixo.

Finalmente, o mesentério do intestino delgado é digno de nota, já que ele possui uma dupla camada de peritônio visceral que liga tanto o jejuno quanto o íleo à parede abdominal posterior. Sua raiz segue uma linha oblíqua que cursa caudalmente e para a direita do ligamento de Treitz e suporta o intestino delgado da junção duodenojejunal até a junção ileocólica.

Mesentério (verde) - vista lateral

O mesentério é considerado um órgão desde 2017, sendo por isso o mais recente órgão do corpo humano! Aprenda mais sobre esta estrutura com a videoaula e o teste em baixo.

Aspectos clínicos

O intestino delgado possui uma longa lista de achados potencialmente patológicos que são agrupados em categorias, baseados em sua causa comum:

  • Desordens obstrutivas incluindo o íleo paralítico, hérnia ou volvo são comuns, mas podem se tornar complicadas.
  • Doenças infecciosas como teníase, espru tropical ou giardíase são raras, mas severas se deixadas sem tratamento. Infecções mais comuns como por adenovírus ou salmonella são vistas no ocidente.
  • Lesões neoplásicas podem incluir os tumores estromais do trato gastrointestinal (GIST), linfomas e sarcomas.
  • Condições congênitas, genéticas ou distúrbios do desenvolvimento embriológico incluem estenose do piloro, atresia duodenal e gastrosquise.
  • Outras condições ou uma miscelânea de doenças que podem afetar o intestino delgado incluem doença de Crohn, doença celíaca, síndrome de dumping e síndrome do intestino irritável, para mencionar somente algumas mais comuns.

Intestino Delgado - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.075.851 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Frank H. Netter, MD, Atlas of Human Anatomy, Fifth Edition, Saunders - Elsevier, Chapter Abdomen, Subchapter 27 Viscera (Gut), Guide: Duodenum, Jejunum and Ileum, Pages 143 to 145.
  • Healthwise Staff: Small Intestine. Healthwise, Incorporated., accessed on 23/07/2014.
  • Organs - Small intestine. BBC., accessed on 23/07/2014.
  • Duodenum. Encyclopædia Britannica, Inc., accessed on 23/07/2014.
  • Ileum. Encyclopædia Britannica, Inc., accessed on 23/07/2014.

Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska

Ilustrações:

  • Primeira galeria de imagens - Paul Kim, Irina Münstermann e Samantha Zimmerman
  • Duodeno (verde) - vista anterior  -  Irina Münstermann
  • Parte superior do duodeno (verde) - vista anterior  -  Irina Münstermann
  • Parte descendente do duodeno (verde) - vista anterior  -  Begoña Rodriguez
  • Segunda galeria de imagens - Porção horizontal do duodeno (Pars horizontalis duodeni)  -  Irina Münstermann e Begoña Rodriguez
  • Parte ascendente do duodeno (verde) - vista anterior  -  Irina Münstermann
  • Jejuno (Jejunum)  -  Irina Münstermann
  • Íleo (Ileum)  -  Irina Münstermann
  • Flexura duodenojejunal (Flexura duodenojejunalis)  -  Begoña Rodriguez
  • Placa de Peyer - lâmina histológica  -  Smart In Media
  • Mesentério (verde) - vista lateral   -  Paul Kim

Tradução para o português, revisão e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Lívia Lourenço
     
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 2 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.