Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar
Pronto para aprender?
Selecione a sua ferramenta de estudo favorita

Músculo cremaster

Músculo cremaster (Musculus cremaster)

O músculo cremaster é um músculo pareado da pelve e do períneo e é desenvolvido completamente apenas na genitália externa dos homens. Localizado entre as camadas interna e externa da fáscia espermática, o cremaster recobre os testículos e o cordão espermático. Alguns remanescentes do músculo estão presentes também nas mulheres, localizados adjacentes aos ligamentos do útero.

Durante a sua contração, o músculo cremaster traciona os testículos superiormente (retração) em direção ao canal inguinal. Esta ação protege os testículos e as células espermáticas de fatores negativos do meio ambiente (ex.: mudanças extremas de temperatura).

Informações importantes sobre o músculo cremaster
Origem Parte lateral: margem inferior dos músculos oblíquo interno do abdome e transverso do abdome, ligamento inguinal
Parte medial:
Tubérculo púbico, parte lateral da crista púbica
Inserção Túnica vaginal dos testículos
Ação Retração dos testículos
Inervação Ramo genital do nervo genitofemoral (L1, L2)
Vascularização Ramo cremastérico da artéria epigástrica inferior

Neste artigo nós vamos discutir a anatomia e a função do músculo cremaster.

Conteúdo
  1. Estrutura
  2. Origem e inserção
  3. Relações
  4. Inervação
  5. Vascularização
  6. Função
    1. Reflexo cremastérico
  7. Referências
+ Mostrar todo

Estrutura

A estrutura detalhada do músculo cremaster ainda não foi determinada. De acordo com a maior parte da literatura anatômica, o músculo cremaster é considerado um músculo estriado. Entretanto, estudos recentes em cadáveres humanos indicam que este músculo contém um grande número de fibras musculares lisas que são organizadas em feixes musculares e dispersas entre as fibras musculares estriadas.

Estudos histológicos adicionais revelaram ainda que algumas extremidades e plexos nervosos se misturam a estas fibras musculares. Junto com o nervo genitofemoral, acredita-se que estas extremidades e plexos nervosos fornecem inervação autônoma adicional para este músculo. 

Origem e inserção

O músculo cremaster é formado por duas partes: lateral e medial. A parte lateral do cremaster é derivada principalmente das fibras inferiores do músculo transverso do abdome ou do músculo oblíquo interno do abdome e do ligamento inguinal.

A parte medial do músculo é variável e ocasionalmente ausente e se origina do tubérculo púbico e da parte lateral da crista púbica. As fibras mediais se fundem com as laterais e passam inferiormente, recobrindo o cordão espermático. Ao entrar na bolsa escrotal, o cremaster forma uma fina rede de fascículos musculares que se inserem no aspecto inferior da túnica vaginal, uma membrana serosa que recobre os testículos.

Relações

As fibras musculares do cremaster se unem com o tecido conjuntivo frouxo adjacente para formar uma fina cobertura para o cordão espermático, conhecida como fáscia cremastérica. Ela se estende ao longo da bolsa escrotal e ao redor dos testículos, situada profundamente à fáscia espermática externa.

A artéria e a veia cremastéricas e o ramo genital do nervo genitofemoral localizam-se entre a fáscia espermática externa e a fáscia cremastérica. Uma vez que a genitália interna das mulheres não precisa do papel protetor do músculo cremaster, uma vez que está localizada no interior do corpo, este músculo não é completamente desenvolvido nas mulheres. Alguns remanescentes do músculo estão de fato presentes próximos à parte distal do ligamento redondo do útero.

Explore esta unidade de estudo para encontrar mais artigos, vídeos e testes e aprender tudo sobre a função do cremaster no sistema reprodutor masculino.

Inervação

O músculo cremaster é inervado por fibras simpáticas e somáticas do ramo genital do nervo genitofemoral (L1, L2).

Vascularização

O cremaster é vascularizado pela artéria cremastérica, um ramo da artéria epigástrica inferior.

Função

Reflexo cremastérico

A principal ação do músculo cremaster é tracionar os testículos superiormente em direção ao anel inguinal superficial. Esta ação involuntária é conhecida como reflexo cremastérico e sua função é trazer os testículos para próximo do ambiente quente do corpo quando eles são expostos a baixas temperaturas externas.

O reflexo cremastérico pode ser provocado e testado ao tocar a pele do aspecto medial da coxa, bem como aplicando estímulos frios na mesma região. Isso estimula o nervo ilioinguinal e, consequentemente, ativa o ramo genital do nervo genitofemoral, que inerva e ativa o músculo. Este reflexo protege os testículos de mudanças severas de temperatura, ajustando a temperatura em seu interior possibilitando a produção adequada de esperma.

Avalie seus conhecimentos sobre as estruturas do escroto e do cordão espermático com o nosso teste abaixo.

Músculo cremaster - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!