Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar
Pronto para aprender?
Selecione a sua ferramenta de estudo favorita

Camadas do coração

Esse artigo discutirá as camadas do coração (o epicárdio, o miocárdio e o endocárdio) e explorará a sua importância clínica.

Tal como os veículos têm suas bombas de combustível, o nosso corpo tem o coração. O coração é um órgão muscular encontrado no meio do mediastino, que bombeia sangue para todo o corpo. Ele é envolto pelo saco pericárdico, que o protege e o auxilia em sua mecânica.

A maioria dos estudantes se lembra facilmente da anatomia do coração, com seus dois átrios e dois ventrículos, responsáveis pelas diferentes fases do ciclo cardíaco. Mas para entender o funcionamento do coração também é importante conhecer a sua anatomia microscópica. Histologicamente, o coração tem três camadas de tecido: o epicárdio, o miocárdio e o endocárdio. É isso que discutiremos neste artigo.

Informações importantes sobre as camadas do coração
Epicárdio Camada visceral do pericárdio seroso
Constituído por células mesoteliais, tecido adiposo e tecido conjuntivo
Miocárdio Camada muscular
Constituída por cardiomiócitos
Endocárdio Reveste a superfície interna das câmaras cardíacas e valvas
Constituído por uma camada de células endoteliais e uma camada de tecido conjuntivo subendotelial
Notas clínicas Endocardite
Conteúdo
  1. Epicárdio
  2. Miocárdio
  3. Endocárdio
  4. Notas clínicas: Endocardite
  5. Referências
+ Mostrar todo

Epicárdio

O epicárdio é a camada mais externa do coração. Ele na verdade é a camada visceral do pericárdio seroso que está em contato com o miocárdio. Histologicamente, é constituído por células mesoteliais, tal como o pericárdio parietal.

Por baixo das células mesoteliais encontramos uma camada de tecido adiposo e conjuntivo que conecta o epicárdio ao miocárdio e atua como uma camada de amortecimento. Os nervos e vasos sanguíneos que irrigam o coração encontram-se no epicárdio. Nas raízes dos grandes vasos, o epicárdio se dobra e continua como pericárdio parietal, formando o saco pericárdico. O saco é preenchido com fluido pericárdico seroso, e evita o atrito durante as contrações cardíacas.

Miocárdio

O miocárdio é a mais espessa das três camadas do coração. Esta é a camada muscular que permite as contrações cardíacas. Histologicamente, o miocárdio é composto por cardiomiócitos. Os cardiomiócitos têm um só núcleo localizado no centro da célula, o que facilita a sua distinção das células musculares esqueléticas, que têm múltiplos núcleos dispersos na periferia da célula.

Os cardiomiócitos são ricos em depósitos de glicogênio e em mitocôndrias. Isso tem um importante significado funcional, pois o miocárdio está constantemente se contraindo e precisa de uma grande quantidade de energia a todo o momento. Os cardiomiócitos também contêm grânulos amarelos de lipofuscina. Esses grânulos não possuem nenhuma importância funcional específica, mas eles são interessantes, já que são marcadores da idade da célula. Quanto mais velha for a célula, mais lipofuscina terá.

Os cardiomiócitos se comunicam através de um tipo de junção intercelular especial chamada de disco intercalar. Esses discos são compostos por três porções: junções aderentes, desmossomos e junções comunicantes (gap junctions). Esses três componentes asseguram a unidade mecânica dos cardiomiócitos, e são uma via direta para a propagação dos potenciais de ação. Por essa razão, o miocárdio funciona como um sincício, e não como um grupo de células independentes.

A estrutura do miocárdio é a mesma nos átrios e nos ventrículos, porém ele é mais espesso nos ventrículos. Isso acontece devido à maior pressão hidrostática que os ventrículos precisam vencer para bombear o sangue pelos vasos sistêmicos.

Endocárdio

O endocárdio é a camada mais interna do coração. Ele reveste a superfície interna das quatro câmaras cardíacas, incluindo as valvas. O endocárdio tem duas subcamadas. A camada interna reveste as câmaras cardíacas e é constituída por células endoteliais. Externamente, encontramos a segunda camada, constituída por um tecido conjuntivo subendocárdico que é contínuo com o tecido conjuntivo do miocárdio. A camada subendocárdica possui ramos do sistema de condução do coração no seu interior.

Consolide seus conhecimentos com o nosso teste:

Camadas do coração - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!