EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Bolsa omental - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Bolsa omental

A bolsa omental ou retrocavidade dos epíplons é um espaço oco que é formado pelos omentos maior e menor e seus órgãos adjacentes. Ela se comunica com a bolsa maior da cavidade peritoneal através do forame epiplóico, ou forame de Winslow, sendo a última conhecida como a cavidade abdominal geral que se encontra no peritônio, mas fora da bolsa omental.

Este espaço tem limites bem definidos que são representados por certos órgãos ou as suas partes, por isso são bastante fáceis de identificar e formar uma imagem mental da bolsa omental.

Além disso, como qualquer coisa em Anatomia, a bolsa omental não existe apenas como uma entidade independente e isolada, mas se comunica com vários outros espaços e recessos encontrados em todo o corpo.

Fatos importantes sobre a bolsa omental
Limites Anterior- lobo quadrado do fígado, ligamento gastrocólico, omento menor
Esquerda- rim esquerdo, glândula adrenal esquerda
Posterior- pâncreas
Direita- forame epiplóico, omento menor, cavidade peritoneal maior
Comunicações Recesso superior, recesso esplênico, recesso inferior, dobras peritoneais, recessos e fossas ao redor do ceco e duodeno
Clínica Anomalias congênitas, hematomas, biliomas, abcesso, pancreatite, neoplasias, cisto hidático, infecção por tuberculose, irritação mecânica

Anatomia

Este artigo irá descrever os limites, comunicações e embriologia da Bolsa omental, juntamente com algumas informações clínicas adicionais para tornar o tópico mais claro.

Limites

Os limites da bolsa omental são demarcados:

  • Anteriormente pelo lobo quadrado do fígado, o ligamento gastrocólico e o omento menor
  • À esquerda ela é limitada pelo rim esquerdo e glândula adrenal esquerda.
  • Posteriormente é limitada pelo pâncreas
  • À direita, o forame epiplóico e o omento menor podem ser encontrados, e além destes a cavidade peritoneal maior.
Visão geral da bolsa omental e estruturas vizinhas - vista ventral

Estudar anatomia não é tarefa fácil. Está precisando de uma ajuda? Facilite os seus estudos com o nosso guia de estudo de anatomia humana!

Comunicações e Conexões

A cavidade propriamente dita é quase completamente fechada, exceto por sua comunicação com a cavidade maior do peritônio e a entrada através do forame omental, sendo preenchida por um filme capilar. A maior parte da bolsa omental consiste em seu recesso superior, que se estende cranialmente entre o esôfago e a veia cava inferior.

O recesso esplênico se estende para a esquerda entre os ligamentos esplênicos e o estômago. Finalmente, o recesso inferior da bolsa omental se estende caudalmente entre o estômago e o cólon transverso. Outros marcos anatômicos que merecem destaque incluem um número variado de pequenas dobras peritoneais, recessos e fossas, que parecem se acumular principalmente ao redor do ceco e do duodeno.

Para mais detalhes sobre a bolsa omental, não se esqueça de verificar outros materiais de estudo:

Embriologia

Durante o desenvolvimento embriológico o peritônio é ancorado ao intestino na linha média do abdome/abdómen, anteriormente, com o mesentério dorsal segurando-o posteriormente. As camadas mesentéricas se desenvolvem em uma direção anterior ao redor do canal alimentar superior, levando o suprimento sanguíneo e criando o mesentério ventral.

Devido ao crescimento dos órgãos, eles se tornam gradualmente maiores e têm que se deslocar para caberem na cavidade abdominal. O estômago gira 90 graus, o baço é deslocado para a esquerda e o fígado se move para a direita. O peritônio gira com esses movimentos, o que leva à formação do ligamento falciforme, do omento menor e dos ligamentos coronários do fígado. Ao longo de todo o processo a cavidade da bolsa omental é criada.
 

Agora que você já leu sobre a bolsa omental, que tal testar seus conhecimentos? Aprenda ainda mais e memorize o conteúdo com a ajuda dos nossos testes sobre a localização da bolsa omental.

Bolsa omental - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!