EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo extensor longo dos dedos - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo extensor longo dos dedos

O extensor longo dos dedos (músculo ELD) é um músculo peniforme do compartimento anterior (extensor) da perna. Além do músculo ELD, este compartimento também contém os músculos tibial anterior, extensor longo do hálux e fibular terceiro

Como todos estes músculos cruzam o dorso da articulação do tornozelo, sua função comum é a dorsiflexão do pé. Como o extensor longo dos dedos também cruza as articulações subtalar, metatarsofalangeanas e interfalangeanas do , ele também everte o pé e estende os dedos. 

Fatos importantes sobre o Músculo extensor longo dos dedos
Origem Metade proximal da superfície medial da fíbula, côndilo lateral tibial, membrana interóssea
Inserção Falanges distais e médias dos dedos 2-5
Ação Articulações metatarsofalangeanas e interfalangeanas 2-5: extensão dos dedos; 
Articulação talocrural: dorsiflexão do pé; ;
Articulação subtalar: eversão do pé
Inervação Nervo fibular profundo (L5, S1)
Vascularização Artérias tibial anterior, maleolar anterior lateral, tarsal lateral, metatarsal, plantar e digital

Este artigo vai discutir a anatomia e a função do músculo extensor longo dos dedos. 

Origem e inserção 

O extensor longo dos dedos se origina da parte inferior do côndilo lateral da tíbia, da metade proximal da superfície medial da fíbula e da superfície anterior da membrana interóssea (sua parte mais superior). A porção que se origina do côndilo tibial está fundida às fibras que originam o músculo fibular longo. Após sua origem, o músculo desce inferiormente e, logo acima do tornozelo, origina um tendão que passa abaixo do retináculo extensor superior e através do retináculo extensor inferior. Uma vez que todas as fibras musculares se unem do mesmo lado do tendão, este músculo é classificado como um músculo unipenado

Dentro do retináculo extensor inferior, o tendão se divide em quatro tendões menores, todos envolvidos por uma bainha sinovial. Depois de sair do retináculo, os quatro tendões divergem em direção aos dedos. Superficialmente às falanges proximais, cada tendão se alarga e forma a aponeurose dorsal do seu dedo. A porção medial de cada aponeurose dorsal se une aos respectivos tendões dos músculos lumbricais, enquanto as partes laterais relacionadas aos dedos 2-4 são unidas pelos tendões do músculo extensor curto dos dedos.

A aponeurose dorsal dos dedos cursa sobre as falanges proximais e ao nível da base das falanges médias, cada uma delas se subdivide em uma banda central e duas bandas laterais. A banda central se insere na base das falanges distais dos quatro dedos laterais, respectivamente. As bandas laterais continuam sobre as falanges médias e logo proximalmente às falanges distais, cada par delas se une em uma única banda tendinosa. Essas bandas recém-formadas se inserem na base das falanges médias dos quatro dedos laterais. 

Relações 

Este músculo é o mais lateral de todos os músculos do compartimento extensor e se encontra lateralmente ao tibial anterior e ao extensor longo do hálux. A artéria e a veia tibiais anteriores passam entre o extensor longo dos dedos e o tibial anterior. 

Estando dentro do retináculo extensor inferior, a parte distal do músculo cruza a porção anterior da articulação do tornozelo. Enquanto atravessa o retináculo, o tendão do extensor longo dos dedos fica medialmente ao tendão do fibular terceiro e lateralmente ao tendão do extensor longo do hálux. No dorso do pé, os tendões do músculo cursam superficialmente ao músculo extensor curto dos dedos. 

Inervação

O extensor longo dos dedos é inervado pelo nervo fibular profundo (L5, S1), um ramo do nervo fibular comum.

Vascularização 

O porção do músculo que se localiza na perna é suprida por duas artérias: a parte proximal é suprida pela artéria tibial anterior, enquanto a parte distal recebe sangue da artéria fibular. 
Os tendões do músculo são vascularizados pelas artérias maleolar anterior lateral, tarsal lateral, metatarsal, plantar e digital

Função

A ação primária do extensor longo dos dedos é estender os quatro dedos laterais do pé na articulação metatarsofalangeana. Isso significa que quando ele age independentemente, ele não é capaz de estender os dedos em toda a sua amplitude, estendendo-os apenas na articulação metatarsofalangeana, enquanto nas articulações interfalangeanas os dedos permanecem fletidos. Entretanto, quando se contrai junto com os lumbricais, que são os principais extensores das articulações interfalangeanas, este músculo contribui na extensão de todas as articulações entre os ossos dos quatro dedos laterais.

Agindo em sinergia com o tibial anterior, o extensor longo do hálux e o fibular terceiro, este músculo participa da dorsiflexão do pé quando seus ligamentos proximais estão fixos. Quando seus ligamentos estão fixos e o corpo está em posição anatômica, todos os quatro músculos trazem o tronco e o membro inferior para a frente. Essa ação move o ponto de apoio do peso corporal da parte proximal para a parte distal do pé. 

Todas essas ações são importantes para o ciclo da marcha, a dorsiflexão angula e levanta o pé da superfície do solo, enquanto a extensão dos dedos mantém os dedos estendidos até que o calcanhar atinja o solo.

Músculo extensor longo dos dedos - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências: 

  • Moore, K. L., Dalley, A. F., & Agur, A. M. R. (2014). Clinically Oriented Anatomy (7th ed.). Philadelphia, PA: Lippincott Williams & Wilkins.
  • Netter, F. (2019). Atlas of Human Anatomy (7th ed.). Philadelphia, PA: Saunders.
  • Palastanga, N., & Soames, R. (2012). Anatomy and human movement: structure and function (6th ed.). Edinburgh: Churchill Livingstone.
  • Standring, S. (2016). Gray's Anatomy (41tst ed.). Edinburgh: Elsevier Churchill Livingstone.

Ilustrações: 

  • Músculo extensor longo dos dedos - vista anterior - Liene Znotina
  • Músculo extensor longo dos dedos - vista anterior - Irina Münstermann
  • Artéria tibial anterior - vista anterior - Liene Znotina
  • Artéria fibular - vista posterior - Liene Znotina

Tradução, Revisão e Layout:

  • Lívia Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!