EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Adutores do quadril - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Adutores do quadril

Os adutores do quadril são parte da musculatura interna e se estendem dos ossos pélvicos para a região do fêmur e joelho. Assim eles encontram-se entre os grupos extensor e flexor dos músculos da coxa. 

Os adutores do quadril definem a forma da superfície anatômica da face medial da coxa. Este grupo de músculos é muito importante para a adução da coxa e outros movimentos do membro inferior.

O grupo dos músculos adutores do quadril engloba os músculos apresentados na tabela seguinte.

Fatos sobre os músculos adutores do quadril
Pectíneo

Origem: linha pectínea no ramo superior do púbis

Inserção: linha pectínea do fémur, inferiormente ao trocânter menor

Inervação: nervo femoral

Função: adução e flexão da coxa na articulação do quadril; ajuda na rotação medial da coxa

Adutor magno

Origem: parte adutora (ramo isquiopúbico), parte harmstring (tuberosidade isquiática)

Inserção: parte adutora (tuberosidade glútea, linha áspera e linha supracondilar medial), parte harmstring (tubérculo adutor do fémur e linha supracondilar medial)

Inervação: parte adutora (divisão posterior do nervo obturador), parte harmstring (divisão tibial do nervo ciático)

Função: adução da coxa na articulação do quadril; parte adutora (flexão da coxa); parte harmstring (extensão da coxa)

Adutor mínimo

Origem: ramo inferior do púbis

Inserção: tuberosidade glútea do fémur

Inervação: nervo obturador

Função: adução das coxas e rotação externa

Adutor longo

Origem: corpo do púbis, inferiormente à crista púbica e lateralmente à sínfise púbica

Inserção: terço médio da linha áspera do fémur

Inervação: divisão anterior do nervo obturador

Função: adução da coxa na articulação do quadril

Adutor curto

Origem: corpo e ramo inferior do púbis

Inserção: linha pectínea e terço superior da linha áspera do fémur

Inervação: divisão anterior do nervo obturador

Função: adução e rotação medial da coxa na articulação do quadril

Grácilis

Origem: corpo e ramo inferior do púbis

Inserção: parte superior da face medial da tíbia

Inervação: nervo obturador

Função: adução da coxa na articulação do quadril, flexão da perna na articulação do joelho; ajuda na rotação medial da perna

Este artigo abordará os detalhes de cada músculo, incluindo as suas origens, inserções, inervação e funções, bem como a sua importância clínica.

Anatomia e inervação

A inervação é levada principalmente pelo nervo obturatório (obturador), que emerge do plexo lombar e atinge os adutores através do canal obturatório (obturador); dois músculos possuem uma inervação dupla.

Para aprender mais sobre a anatomia do quadril e da coxa, confira o artigo abaixo.

Os adutores do quadril são os seguintes:

  • Músculo pectíneo: corre do ramo púbico superior para a linha pectínea e linha áspera do fêmur. Ele é adicionalmente inervado pelo nervo femoral.
  • Músculo adutor longo: possui sua origem no ramo púbico superior e na sínfise púbica, e se insere na linha áspera. Distalmente ele forma uma aponeurose (aponevrose) se estendendo ao músculo vasto medial (membrana vasto-adutora).
  • Músculo adutor curto: se origina do ramo púbico inferior e se insere na linha áspera.
  • Músculo adutor magno: é um dos maiores músculos do corpo humano. Se origina do ramo púbico inferior, do ramo do ísquio e da tuberosidade do ísquio e se insere tanto na linha áspera (“inserção muscular”) e no epicôndilo medial (“inserção tendínea”). A porção superficial do adutor magno é inervada pelo nervo tibial.
  • Músculo adutor mínimo: descreve a inconstante separação cranial do adutor magno, que é encontrada em muitas pessoas. Ele se estende do ramo púbico inferior até a linha áspera.
  • Músculo grácil (grácilis): corre da borda inferior da sínfise púbica para a superfície medial da tíbia, onde se insere como a superficial pata anserina, pata de ganso ou pes anserinus. Esse tendão é facilmente palpável na região inguinal – juntamente com o tendão do músculo adutor longo.

Tanto a artéria quanto a veia femoral, bem como o nervo safeno passam no interior de um sulco entre os músculos adutor magno, adutor longo e vasto medial. O chamado canal dos adutores (canal de Hunter) é ventralmente coberto pela membrana vasto- adutora. Distalmente ele termina entre as inserções “muscular” e “tendínea” do adutor magno e leva à fossa poplítea.

Para aprender um pouco mais sobre os músculos adutores do quadril e conhecer os demais músculos do quadril e da coxa, não deixe de assistir a videoaula abaixo.

Função

Como o nome sugere, a principal função dos adutores do quadril é a adução da articulação do quadril. Além disso, eles contribuem na rotação externa (pectíneo, adutor mínimo, curto e magno), rotação interna (inserção tendínea do adutor magno), flexão (todos) e extensão (inserção tendínea do adutor magno).

Sendo o único adutor de duas articulações, o músculo grácil move também a articulação do joelho, onde sua contração causa uma flexão e rotação interna.

Não há dúvidas que é preciso se dedicar para aprender os detalhes sobre os músculos. Para te ajudar preparamos uma apostila de exercícios sobre os músculos do corpo humano.

Os adutores do quadril são particularmente utilizados quando se cruza as pernas. De forma geral eles possuem um importante papel em equilibrar a pelve durante o ortostatismo e a marcha.

Que tal testar seus conhecimentos sobre os músculos do quadril e da coxa?

Adutores do quadril - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!