EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculo psoas maior - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculo psoas maior

O músculo psoas maior é um músculo espesso e fusiforme localizado na região lombar do tronco, lateral às vértebras lombares e medial ao músculo quadrado lombar. Ele pertence ao grupo de músculos internos do quadril. O nome ‘psoas’ possui origem grega, e significa ‘músculo do lombo’.

O psoas maior é frequentemente estudado junto com o músculo ilíaco. Ele se funde ao ilíaco conforme cursa inferolateralmente para a coxa para se inserir no fêmur. Juntos estes músculos são conhecidos como músculo iliopsoas.

Fatos importantes sobre o músculo psoas maior
Origem Corpos vertebrais de T12-L4, discos intervertebrais entre T12-L4, processos (apófises) transversos das vértebras L1-L5
Inserção Trocânter menor do fêmur como tendão do iliopsoas
Ação Articulação do quadril: flexão da coxa/tronco, rotação lateral da coxa, flexão lateral do tronco
Inervação Ramos anteriores dos nervos espinhais L1-L3
Suprimento sanguíneo Ramo lombar da artéria iliolombar

Este artigo irá discutir a anatomia do psoas maior, incluindo o seu suprimento sanguíneo e nervoso e as implicações clínicas.

Origem e inserção

O psoas maior é um músculo longo, localizado imediatamente lateral à coluna vertebral. Ele possui uma origem extensa, a partir dos:

  • Processos (apófises) transversos de todas as vértebras lombares
  • Corpos vertebrais de T12-L5
  • Discos intervertebrais neste segmento

As fibras do psoas maior se estendem inferolateralmente através da pequena pelve em direção à coxa. Elas passam ao longo da margem pélvica e inferiormente ao ligamento inguinal em direção à sua inserção única na coxa anterior. Ao longo de seu trajeto as fibras mais laterais do psoas maior se unem com fibras do músculo ilíaco para formar o músculo iliopsoas. O iliopsoas passa profundamente ao ligamento inguinal e anterior à cápsula articular do quadril para se inserir no trocânter menor do fêmur.

Relações

Superiormente, o músculo psoas maior se encontra posterior ao diafragma. O quadrado lombar está localizado lateralmente a este músculo. No abdômen, o psoas maior está intimamente relacionado a várias estruturas retroperitoneais. A veia cava inferior está localizada medialmente ao músculo psoas maior direito. À esquerda, a aorta abdominal se encontra medial ao psoas maior. O tronco simpático e os linfonodos (gânglios linfáticos) aórticos também estão localizados medialmente. Outras estruturas retroperitoneais que estão relacionadas ao músculo são os rins e os ureteres, os vasos gonadais e o nervo genitofemoral.

Em função de sua localização imediatamente lateral à coluna vertebral, as raízes do plexo lombar cursam pelo ventre do psoas maior conforme elas deixam o canal vertebral. O plexo se forma no músculo com seus ramos se originando a partir de sua margem lateral.

Na coxa, o psoas maior contribui para a formação do assoalho do triângulo femoral. Seu tendão (tendão do iliopsoas) se encontra profundamente à fáscia lata, ao sartório, reto femoral e artéria femoral profunda. Ele está separado da cápsula articular do quadril pela bursa ilíaca. As veias pectínea e femoral são mediais, enquanto o nervo femoral é lateral ao músculo.

Inervação

O psoas maior é inervado por ramos do plexo lombar. Estes são ramos anteriores dos nervos espinhais L1-L3.

Vascularização

O músculo psoas maior é vascularizado principalmente pelo ramo iliolombar da artéria ilíaca interna. Os ramos lombares da aorta, o ramo obturador da artéria ilíaca interna e ramos das artérias ilíaca externa e femoral também contribuem para o suprimento sanguíneo.

A drenagem venosa do músculo psoas maior é semelhante ao seu suprimento sanguíneo arterial. Ela drena de volta para as veias femoral, ilíaca externa e ilíaca interna, bem como diretamente para a veia cava inferior.

Por que você não aumenta a sua compreensão sobre a vascularização da pelve seguindo estes links úteis?

Função

As ações do músculo psoas são flexão e rotação lateral da coxa no quadril. Ele também flexiona o tronco lateralmente. O psoas maior é ainda um músculo postural. Durante o ortostatismo ele estabiliza a coluna vertebral ao manter a lordose lombar habitual e, indiretamente, a cifose torácica.

Notas clínicas

A síndrome do psoas se refere a um conjunto de sintomas que resultam de lesão ao psoas maior. Dor lombar inferior é o sintoma mais comum, mas a dor pode ainda ser presente em áreas adjacentes, como a região lombossacral, a virilha e a coxa. Isto pode ou não causar dificuldades na marcha.

A síndrome do psoas é diagnosticada durante um exame físico da coluna, do quadril e do membro inferior. Pode ser difícil diagnosticá-la, e ela é frequentemente diagnosticada de maneira equivocada. Frequentemente é confundida com uma herniação discal intervertebral ou artrite. Entretanto, a fisioterapia é um tratamento eficaz para as três condições, ou seja, às vezes a síndrome do psoas é tratada mesmo sem ser diagnosticada.
 

Músculo psoas maior - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências

  • Drake, R., A.W. Vogl, A.W., Mitchell, A.W. M. (2015). Gray’s Anatomy for Students, 3ª Edição, Churchill Livingston Elsevier
  • Moore, K.L., Agur, A.M.R., Dalley, A.F. (2015). Essential Clinical Anatomy, 5ª Edição, Wolters Kluwer
  • Netter, F. (2014). Atlas of Human Anatomy, 6ª Edição, Elsevier Saunders
  • Psoas Syndrome Management and Treatment | Cleveland Clinic. (2019). Acesso a 14 de novembro de 2019, em https://my.clevelandclinic.org/health/diseases/15721-psoas-syndrome/management-and-treatment
  • Standring, S. (2008). Gray’s Anatomy: The Anatomical Basis of Clinical Practice, 14ª Edição, Churchill Livingston Elsevier
  • Tufo, A., Desai, G.J., Cox, W.J. (2012) Psoas Syndrome: A Frequently Missed Diagnosis, The Journal of the American Osteopathic Association, Vol.112, p.522-528.

Autor e revisão:

  • Niamh Gorman
  • Francesca Salvador

Tradução, Revisão e Layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Beatriz la Féria

Ilustrações

  • Músculo psoas maior (musculus psoas major) - Liene Znotina
  • Relações do iliopsoas com os órgãos abdominopélvicos (vista superior) - Paul Kim
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!