EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Diafragma - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.107.292 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Diafragma

Diafragma - vista anterior

O que o ato de respirar tem em comum com o parto? O diafragma! Você pode se perguntar como ele pode estar envolvido em dois processos que claramente não estão relacionados entre si.

Bem, é porque o diafragma está localizado entre o tórax e o abdome (abdómen) e assim tem uma importância funcional para essas duas regiões. A contração do diafragma é necessária para os pulmões se expandirem e para ajudar a aumentar a pressão intra-abdominal necessária para empurrar o bebê para fora do útero. Essas e outras ações do diafragma serão discutidas nesta página.

Anatomia do Diafragma

O diafragma é uma folha musculotendinosa. Possui três partes musculares (esternal, costal e lombar), cada uma com sua própria origem e todas inseridas no tendão central do diafragma. O diafragma tem um formato de duas cúpulas, com a cúpula direita posicionada ligeiramente mais alta do que a da esquerda devido ao fígado. A depressão entre as duas cúpulas se deve ao pericárdio, que deprime levemente o diafragma.

Superfície torácica do diafragma - visão geral

O diafragma tem duas superfícies: torácica e abdominal. O diafragma torácico está em contato direto com os pulmões e o pericárdio, que envolve o coração. Enquanto o diafragma abdominal está em contato direto com o fígado, o estômago e o baço.

Superfície abdominal do diafragma - visão geral

Como uma das funções do diafragma é fornecer passagem para estruturas do tórax até o abdome (abdómen). A sua superfície possui várias aberturas: abertura da cava (forame [buraco] da veia cava), hiato esofágico e hiato aórtico. Anatomicamente, você pode definir um hiato como uma abertura, fenda ou orifício que permite a passagem de estruturas. Essas aberturas no diafragma permitem que a veia cava inferior, o esôfago, os nervos vagos, a aorta descendente e outras estruturas passem através delas.

Aberturas do diafragma e estruturas que as atravessam
Abertura da veia cava

Veia cava inferior

Ramos do nervo frênico direito

Hiato esofágico

Esôfago

Troncos vagais anterior e posterior

Hiato aórtico

Aorta descendente

Veia ázigos

Ducto torácico

Existe uma certa condição patológica denominada hérnia de hiato, quando parte do estômago se projeta do abdome (abdómen) para o tórax através do hiato esofágico.

Solidifique seu conhecimento sobre o diafragma, suas superfícies e aberturas assistindo a estas videoaulas e, em seguida, fazendo os testes relacionados.

Função do Diafragma

O diafragma é um dos principais músculos da respiração. Quando as fibras musculares se contraem, o diafragma fica achatado. Isso aumenta o volume da cavidade torácica verticalmente, o que diminui a pressão intrapulmonar resultando na entrada de ar para os pulmões. Quando o diafragma relaxa, o volume torácico diminui, a pressão intrapulmonar aumenta e o ar sai dos pulmões. Aprenda mais sobre a anatomia do sistema respiratório com estes recursos.

Quando o diafragma trabalha juntamente com os músculos abdominais ântero-laterais, a sua contração auxilia no aumento da pressão intra-abdominal. Isso é necessário em ações como ejeção de vômito, defecação, micção e parturição (parto). Outra função do diafragma é fornecer uma passagem para certas estruturas do tórax em direção ao abdome (abdómen), tal como a veia cava inferior, o esôfago e a aorta, como mencionado anteriormente.

Músculo Diafragma

A parte muscular do diafragma tem vários pontos de origem que se inserem conjuntamente no tendão central do diafragma.

Fatos importantes sobre o músculo diafragma
Origens

Parte esternal: Face posterior do processo (apófise) xifóide

Parte costal: Superfícies internas das cartilagens costais inferiores e costelas 7-12

Parte lombar: Ligamentos arqueados medial e lateral (arcos lombocostais), corpos vertebrais L1-L3 (e discos intervertebrais), ligamento longitudinal anterior.
Inserção Tendão central do diafragma
Inervação Nervos frênicos (C3-C5) (Inervação sensitiva periférica através do 6.º ao 11.º  nervos intercostais)
Função Deprime as cartilagens costais

Inervação do diafragma

A inervação motora do diafragma vem dos nervos frênicos (C3-C5). Esses nervos inervam o diafragma pela sua superfície abdominal, depois de o penetrarem. A inervação sensitiva (dor e propriocepção) na parte tendinosa central provém dos nervos frênicos, enquanto as porções musculares periféricas são inervadas pelos nervos intercostais (6.º a 11.º).

Videoaulas relacionadas

Testes relacionados

Diafragma - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.107.292 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Artigo, revisão e layout:

  • Jana Vaskovic
  • Nicola McLaren
  • Alexandra Osika

Tradução para Português e layout:

  • Rafaela Linhares
  • Rafael Vieira
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 3 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.