Conexão perdida. Por favor atualize a página.
Conectado
EN | DE | PT | ES Contato Como estudar Entrar Cadastrar
Pronto para aprender?
Selecione a sua ferramenta de estudo favorita

Músculos do quadril

Músculos de la cadera
Músculos do quadril

Os músculos do quadril na verdade englobam vários músculos da região tanto do quadril quanto da coxa e têm como principal função realizar movimentos da coxa na articulação do quadril, além de estabilizar a pelve. Eles são muito importantes para a realização de diversas funções do dia a dia. Sem eles, caminhar seria impossível, por exemplo.

Os músculos do quadril são divididos em duas camadas:

Este artigo irá apresentar os músculos de cada grupo e abordar sua origem, inserção, função e inervação.

Informações importantes sobre os músculos do quadril
Camada superficial Músculos: glúteo máximo, glúteo médio, glúteo mínimo, tensor da fáscia lata
Principais funções:
extensão, rotação externa e interna, abdução e adução da coxa
Inervação:
nervos glúteos superior (L4, S1) e inferior (L5-S2)
Camada profunda Músculos: piriforme, gêmeo superior, gêmeo inferior, obturador interno, quadrado femoral
Funções principais:
rotação externa e abdução da coxa, estabilização da cabeça do fêmur
Inervação:
nervo para o músculo piriforme (S1-S2), nervo para o músculo obturador interno (L5-S2), nervo para o músculo quadrado femoral (L4-S1), nervo obturatório (L3-L4)
Conteúdo
  1. Camada superficial
    1. Glúteo máximo
    2. Glúteo médio
    3. Glúteo mínimo
    4. Tensor da fáscia lata
  2. Camada profunda
    1. Piriforme
    2. Gêmeo superior
    3. Obturador interno
    4. Gêmeo inferior
    5. Quadrado femoral
  3. Referências
+ Mostrar todo

Camada superficial

Os músculos glúteo máximo, glúteo médio, glúteo mínimo e tensor da fáscia lata são  músculos grandes e superficiais da região glútea. Eles têm várias funções na articulação do quadril, incluindo extensão, rotação externa e interna, abdução e adução da coxa na articulação do quadril.

O tensor da fáscia lata é o único músculo do grupo que também cruza a articulação do joelho, por isso também atua na perna. O nervo glúteo superior (L4, S1) inerva todos esses músculos, exceto o glúteo máximo, que é inervado pelo nervo glúteo inferior (L5-S2).

Glúteo máximo

O glúteo máximo é um músculo de formato quadrangular e é o maior e mais superficial músculo glúteo. Cobre todos os outros músculos glúteos, exceto a parte superior do glúteo médio.

Sua origem é ampla, abrangendo todo o ílio, sacro, cóccix, fáscia toracolombar e ligamento sacrotuberal. As fibras musculares se estendem inferolateralmente para se inserirem no trato iliotibial e na tuberosidade glútea do fêmur. É inervado pelo nervo glúteo inferior (L5-S2). O glúteo máximo estende, roda externamente, abduz (por meio de sua parte superior) e aduz (por meio de sua parte inferior) a coxa na articulação do quadril.

Informações importantes sobre o músculo glúteo máximo
Origem Superfície posterolateral do sacro e cóccix, superfície glútea do ílio (posterior à linha glútea posterior), fáscia toracolombar, ligamento sacrotuberal
Inserção Trato iliotibial, tuberosidade glútea do fêmur
Inervação Nervo glúteo inferior (L5-S2)
Função Articulação do quadril: extensão da coxa, rotação externa da coxa, abdução da coxa (parte superior), adução da coxa (parte inferior)

Glúteo médio

O glúteo médio é um músculo em forma de leque que se situa profundamente ao glúteo máximo.

Origina-se entre as linhas glúteas anterior e posterior e converge para o fêmur, juntamente com o músculo glúteo mínimo, para se inserir no trocanter maior. Assim como o glúteo mínimo, o glúteo médio é inervado pelo nervo glúteo superior (L4, S1).

O glúteo médio abduz, roda internamente (por meio de sua parte anterior) a coxa na articulação do quadril e estabiliza a pelve.

Informações importantes sobre o músculo glúteo médio
Origem Superfície glútea do ílio (entre as linhas glúteas anterior e posterior)
Inserção Aspecto lateral do trocanter maior do fêmur
Inervação Nervo glúteo superior (L4, S1)
Função Articulação do quadril: abdução do quadril, rotação interna da coxa (parte anterior),
Estabilização da pelve

Glúteo mínimo

O glúteo mínimo também é um músculo em forma de leque situado profundamente ao glúteo médio. Origina-se entre as linhas glúteas anterior e inferior e converge inferolateralmente, juntamente com com o glúteo médio, para se inserir próximo a ele no trocanter maior. Assim como o glúteo médio, o glúteo mínimo é inervado pelo nervo glúteo superior (L4, S1) e tem as mesmas funções.

Informações importantes sobre o músculo glúteo mínimo
Origem Superfície glútea do ílio (entre as linhas glúteas anterior e inferior)
Inserção Aspecto anterior do trocanter maior do fêmur
Inervação Nervo glúteo superior (L4, S1)
Função Articulação do quadril: abdução do quadril, rotação interna da coxa (parte anterior)
Estabilização da pelve

Tensor da fáscia lata

O tensor da fáscia lata, um músculo de formato fusiforme, é o mais anterior dos músculos da região glútea. Origina-se da espinha ilíaca anterosuperior e do lábio externo da crista ilíaca. Em seguida, desce sobre parte do glúteo médio e do glúteo mínimo e pela face lateral da coxa para se inserir no trato iliotibial. É inervado pelo nervo glúteo superior (L4,S1), assim como o glúteo médio e mínimo.

O tensor da fáscia lata roda internamente e abduz a coxa na articulação do quadril e roda externamente, flexiona e estende a perna na articulação do joelho. Ele também estabiliza as articulações do quadril e do joelho.

Informações importantes sobre o músculo tensor da fáscia lata
Origem Espinha ilíaca anterosuperior (EIAS), lábio externo da crista ilíaca
Inserção Trato iliotibial
Inervação Nervo glúteo superior (L4, S1)
Função Articulação do quadril: rotação interna da coxa, (auxilia na abdução da coxa)
Articulação do joelho: rotação externa da perna, (auxilia na flexão/extensão da perna)
Estabilização das articulações do quadril e joelho

Camada profunda

Olhando para o quadril em uma vista posterior, os músculos internos do quadril podem ser identificados perto das estruturas mediais da pelve e seguindo até se inserirem na cabeça do fêmur lateralmente. Eles são parcialmente cobertos pela parte inferior do músculo glúteo máximo. De superior para inferior, eles são:

  • Piriforme
  • Gêmeo superior
  • Obturador interno
  • Gêmeo inferior
  • Quadrado femoral

Não existe uma inervação comum a este grupo, no entanto, a maioria dos nervos têm o nome dos músculos que inervam.

Praticamente todos os músculos deste grupo têm a mesma função:

  • Rotação externa da coxa na articulação do quadril
  • Abdução da coxa em um quadril flexionado (excluindo o quadrado femoral)
  • Estabilização da cabeça do fêmur no acetábulo

Piriforme

O piriforme é um músculo que tem formato semelhante a uma pêra. Seu nome é originado do latim "pirum" para "pêra" e "forma" que significa "formato". É o músculo mais superior da camada profunda da região glútea. Origina-se da superfície anterior do sacro, segue posteroinferiormente, passando através do forame isquiático maior e se insere no trocanter maior. Os espaços do forame isquiático maior acima e abaixo do músculo piriforme são chamados de forames suprapiriforme e infrapiriforme, respectivamente.

Os vasos e nervos glúteos superiores passam acima do piriforme, através do forame suprapiriforme, enquanto os vasos e nervos glúteos inferiores passam abaixo do piriforme, através do forame infrapiriforme. O piriforme é inervado pelo nervo para o músculo piriforme (S1-S2).

Informações importantes sobre o músculo piriforme
Origem Superfície anterior do sacro (entre S2 e S4), superfície glútea do ílio (próximo à espinha ilíaca posteroinferior), ligamento sacrotuberal
Inserção Ápice do trocanter maior do fêmur
Inervação Nervo para o músculo piriforme (S1-S2)
Função Articulação do quadril: rotação externa da coxa, abdução da coxa (do quadril flexionado) Estabilização da cabeça do fêmur no acetábulo

Gêmeo superior

O gêmeo superior, juntamente com o obturador interno e o gêmeo inferior, formam um conjunto de músculos que não são capazes de produzir uma ação individualmente e convergem em um tendão comum. O gêmeo superior é um músculo pequeno, estreito e de formato triangular. Situa-se inferiormente ao piriforme e superiormente ao obturador interno.

O gêmeo superior origina-se da espinha isquiática e se insere no trocanter maior, por meio de um tendão comum com o obturador interno e o gêmeo inferior. É inervado pelo nervo para o músculo obturador interno, assim como o músculo obturador interno.

Informações importantes sobre o músculo gêmeo superior
Origem Espinha isquiática
Inserção Superfície medial do trocanter maior do fêmur (via tendão do obturador interno)
Inervação Nervo para músculo obturador interno (L5-S2)
Função Articulação do quadril: rotação externa da coxa, abdução da coxa (do quadril flexionado); Estabilização da cabeça do fêmur no acetábulo

Obturador interno

O obturador interno é um músculo plano e em forma de leque. Situa-se entre os dois músculos gêmeos, inferiormente ao gêmeo superior e superiormente ao gêmeo inferior.

O obturador interno origina-se da membrana obturadora interna (posterior) e da borda óssea do forame obturado. A partir daí, o músculo se curva para cima e ao redor do ísquio em quase 90º antes de passar pelo forame isquiático menor e se inserir no trocanter maior por meio de um tendão comum com os músculos gêmeos

É inervado pelo nervo para o músculo obturador interno (L5-S1), assim como o músculo gêmeo superior.

Informações importantes sobre o músculo obturador interno
Origem Ramo isquiopúbico, superfície posterior da membrana obturadora
Inserção Superfície medial do trocanter maior do fêmur
Inervação Nervo para o músculo obturador interno (L5-S2)
Função Articulação do quadril: rotação externa da coxa, abdução da coxa (do quadril flexionado), Estabilização da cabeça do fêmur no acetábulo

Gêmeo inferior

O gêmeo inferior é um músculo pequeno, estreito e de formato triangular. Encontra-se inferiormente ao obturador interno e superiormente ao músculo quadrado femoral.

O gêmeo inferior origina-se da tuberosidade isquiática e se insere no trocanter maior por meio de um tendão comum com o gêmeo superior e o obturador interno. É inervado pelo nervo para o músculo quadrado femoral, assim como o músculo quadrado femoral, que será descrito a seguir.

Esse músculo promove rotação lateral e abdução da articulação coxofemoral, e estabiliza a cabeça do fêmur no acetábulo.

Informações importantes sobre o músculo gêmeo inferior
Origem Tuberosidade isquiática
Inserção Superfície medial do trocanter maior do fêmur (via tendão do obturador interno)
Inervação Nervo para o músculo quadrado femoral (L4-S1)
Função Articulação do quadril: rotação externa da coxa, abdução da coxa (do quadril flexionado), Estabilização da cabeça do fêmur no acetábulo

Quadrado femoral

O quadrado femoral, um músculo plano e retangular, é o músculo mais inferior da camada profunda da região glútea, encontrando-se inferiormente ao gêmeo inferior. Origina-se da tuberosidade isquiática e se insere inferolateralmente à crista intertrocantérica do fêmur.

De todos os rotadores externos da coxa, este é o único músculo que não abduz a coxa em um quadril flexionado.

O quadrado femoral é inervado pelo nervo para o músculo quadrado femoral (L5-S1), assim como o músculo gêmeo inferior.

Informações importantes sobre o músculo quadrado femoral
Origem Tuberosidade isquiática
Inserção Crista intertrocantérica do fêmur
Inervação Nervo para o músculo quadrado femoral (L5-S1)
Função Articulação do quadril: rotação externa da coxa,
Estabilização da cabeça do fêmur no acetábulo

Consolide seus conhecimentos com nosso teste:

Músculos do quadril - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Com quais você prefere aprender?

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.
Entediado pela anatomia? Tente isto

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Comece a aprender em menos de 60 segundos

  • Aprenda anatomia e histologia mais rapidamente
  • Acesse unidades de estudo criadas e atualizadas por especialistas
  • Não exige contrato ou pagamento!
Crie sua conta gratuita ➞