EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Músculos Romboides - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.053.623 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Músculos Romboides

Os músculos romboides são, efetivamente, dois músculos (romboide maior e menor) que são tipicamente agrupados devido às suas semelhanças funcionais. A sua localização no dorso superior e a sua fixação na escápula (omoplata) tornam-nos um ponto de interesse clínico, especialmente em populações cuja postura dorsal superior é inadequada.

Para compreender o modo como os romboides influenciam a postura e o seu impacto clínico, este artigo irá rever a anatomia dos músculos romboides, incluindo as suas fixações ósseas (origem e inserção), inervação e funções no sistema muscular. No final, discutimos a influência dos romboides na postura.

Fatos importantes sobre os músculos romboides
Romboide maior

Origem: Processo (apófise) espinhoso de T1 a T4

Inserção: Bordo medial da escápula (omoplata)

Romboide menor

Origem: Processo (apófise) espinhoso de C6 e C7

Inserção: Bordo medial da escápula (omoplata)

Função Adução, elevação e rotação da escápula (omoplata). Estabilização da escápula (omoplata)
Inervação Nervo escapular dorsal (C4-C5)

Anatomia e inervação

Os músculos rombóides são dois músculos com forma losangular da cintura escapular. Ambos se estendem da coluna vertebral para a borda medial da escápula. Eles encontram-se sobre os músculos dorsais autóctones, mas sob o trapézio. Nessa área eles são tanto palpáveis quanto frequentemente visíveis.

Videoaula recomendada: Músculos da cintura escapular
Anatomia e função dos músculos da cintura escapular.

Os músculos rombóides são divididos em:

  • Músculo rombóide maior: corre do processo (apófise) espinhoso da primeira à quarta vértebras torácicas para a borda medial sob a espinha da escápula.

Músculo romboide maior (verde) - corte transversal

  • Músculo rombóide menor: se origina um pouco acima, nos processos (apófises) espinhosos da sexta e sétima vértebras cervicais e se insere acima da espinha da escápula.

Músculo romboide menor (verde) - corte transversal

Usualmente há um pequeno espaço entre os músculos rombóides. Entretanto em alguns casos pode-se encontrar um músculo único fundido. A inervação é levada pelo nervo escapular dorsal (C4-C5), um ramo do plexo braquial.

Função

Ambos os rombóides realizam os mesmos movimentos, uma vez que as suas fibras musculares correm paralelamente na mesma direção. Sua contração causa um movimento cranial e medial da escápula (adução e elevação). Ao mesmo tempo, o ângulo inferior da escápula se move em direção à coluna vertebral (rotação). Esse movimento suporta principalmente o abaixamento do braço elevado. Outra função da musculatura rombóide é a estabilização da escápula tanto durante o repouso quanto durante o movimento do braço.

Nota clínica

De forma similar a todos os músculos da cintura escapular, os músculos rombóides estão sujeitos a dor e distúrbios funcionais devido a utilização excessiva e postura inadequada. Uma causa comum é um deslocamento anterior permanente do ombro durante o trabalho (ex.: utilizando o computador). Sintomas incluem dor crônica na borda medial da escápula, fraqueza e distúrbios da coordenação nos ombros, até um desvio medial da lâmina escapular (escápula alada).

Músculos Romboides - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.053.623 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • M. Schünke/E. Schulte/U. Schumacher: Prometheus – LernAtlas der Anatomie – Allgemeine Anatomie und Bewegungssystem, 2.Auflage, Thieme Verlag (2007), S. 294-295
  • J. E. Muscolino: The muscular system manual – The skeletal muscles of the human body, 2. Auflage, Elsevier Mosby (2005), S. 211-213
  • R. Gautschi: Manuelle Triggerpunkt-Therapie - Myofasziale Schmerzen und Funktionsstörungen erkennen, verstehen und behandeln, 2. Auflage, Thieme Verlag (2013), S. 186-187

Autor:

  • Achudhan Karunaharamoorthy

Ilustrações:

  • 1.ª galeria: Músculo romboide maior - Yousun Koh
  • 1.ª galeria: Músculo romboide menor - Yousun Koh
  • Músculo romboide maior (verde) - corte transversal - National Library of Medicine
  • Músculo romboide menor (verde) - corte transversal - National Library of Medicine

Tradução para português e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Rafael Vieira
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 3 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.