EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Nervo facial - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.102.418 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Nervo facial

Ao longo do seu dia, pense em como você interage com outras pessoas. Você fala com elas; mas embora essa seja uma forma muito direta de comunicação, você também usa regularmente vários outros métodos menos óbvios - até mesmo menos conscientes - para comunicar suas opiniões e emoções.

Uma das maneiras mais importantes de nos comunicarmos não-verbalmente uns com os outros é através da expressão facial. O levantar de uma sobrancelha, o enrugamento de um nariz ou a ligeira pontada do canto da boca pode nos dizer muito: se estivermos prestando atenção, percebemos essas pequenas mudanças e interpretamos não apenas o que elas indicam sobre as pessoas com quem estamos interagindo, mas também o que elas indicam em relação ao comportamento daquela pessoa e às relações que se formam entre nós.

Fatos importantes sobre o nervo facial
Tipo Nervo misto (motor, sensitivo, fibras autônomas) 
Origem Ponte (tronco encefálico) 
Ramos intracranianos Nervo petroso maior, ramo comunicante com gânglio óptico, nervo estapédio, corda do tímpano
Ramos extracranianos Nervo auricular posterior, ramo para o músculo estilomastóideo, temporal, zigomático, mucal, mandibular marginal e cervical. 
Inervação Motora: músculos da expressão facial, músculo estilohióideo, ventre posterior do músculo digástrico, músculo estapédio
Sensitiva: paladar dos dois terços anteriores da língua
Parassimpática: glândula submandibular, glândula sublingual e glândulas lacrimais
Notas clínicas Remoção da glândula parótida, paralisia facial

Em relação à expressão facial, há um nervo vitalmente importante que nos permite participar dessa forma de comunicação, e é apropriadamente chamado de nervo facial. Embora seja de fato responsável por inervar os músculos da expressão facial, o nervo facial é uma estrutura complexa que contém muitos tipos de fibras com uma variedade de funções, incluindo motoras, sensoriais e autonômicas. Neste artigo serão discutidas as vias das fibras eferentes e aferentes do nervo facial.

Nota: esse artigo irá indicar o trajeto do nervo facial e seus ramos, e não onde as fibras individuais cursam em feixes pós-ganglionares de outros nervos!

Anatomia

O nervo facial é o sétimo dos doze nervos cranianos. As fibras eferentes são fibras motoras ou fibras parassimpáticas, enquanto as fibras aferentes são sensitivas. Juntos esses ramos inervam os músculos da expressão facial.

Nervo facial - vista anterior (verde)

A palavra aferente significa em direção ao centro, como de uma área periférica de um membro em direção ao sistema nervoso central. A palavra eferente é o oposto de aferente, significando para longe do centro e em direção à periferia, ou seja, quando o estímulo é carregado do cérebro em direção a uma área periférica.

Trajeto

Via eferente

O trajeto das fibras eferentes do ramo principal do nervo facial antes e após a sua divisão é o seguinte (do início no cérebro até as suas terminações, na periferia):

  • O núcleo facial está situado na área vestibular do tronco encefálico e contribui com as fibras motoras para o feixe do nervo facial.
  • O núcleo salivatório superior encontra-se posterior às estrias medulares e emite as fibras parassimpáticas para o nervo facial através do nervo intermédio.
  • O nervo facial e o nervo intermédio saem da cavidade craniana através do meato acústico interno, passam pelo canal do nervo facial na parte petrosa do osso temporal e se fundem formando um feixe único no gânglio geniculado.
  • Ao nível do gânglio geniculado, o nervo facial emite o nervo petroso maior, que cursa somente com fibras parassimpáticas e se liga ao nervo petroso profundo antes de se tornar o nervo do canal pterigóide. Esse nervo forma sinapse com o gânglio ótico e dali em diante as fibras do nervo facial cursam em outros feixes nervosos.
  • O nervo facial (NC VII) então deixa o gânglio geniculado e continua com ambas as fibras - motoras e parassimpáticas.
  • As fibras parassimpáticas se despreendem e emitem o nervo do estapédio e a corda do tímpano, que se conectam com o plexo timpânico (para o qual o nervo glossofaríngeo – NC IX contribui com fibras parassimpáticas através do nervo timpânico). Também se conectam ao nervo caroticotimpânico (do plexo carotídeo interno), e então cursam para o nervo petroso menor e formam sinapse no gânglio ótico.
  • Enquanto isso, o feixe principal do nervo facial deixa o crânio através do forame estilomastóideo e emite os seguintes ramos: o nervo auricular posterior para o nervo auricular, o nervo occipital, o ramo do nervo estilo-hióideo e o ramo do nervo digástrico, o ramo mandibular marginal, que emite o ramo cervical, o ramo bucal e o ramo zigomático, que formam uma anastomose, e finalmente, o ramo temporal.

Os cinco principais ramos do nervo facial são: auricular, marginal, mandibular, bucal, zigomático e temporal.

Esses ramos inervam todos os músculos da expressão facial coletivamente listados aqui de cranial para caudal: o músculo occipitofrontal, o músculo orbicular do olho, o músculo corrugador do supercílio, os músculos zigomáticos maior e menor, o músculo prócero, o músculo levantador do lábio superior e da asa do nariz, o músculo levantador do ângulo da boca, o músculo nasal, o músculo depressor do septo nasal, o músculo orbicular da boca, o depressor do lábio inferior, o músculo mentual, o músculo bucinador e o músculo platisma.

Videoaula recomendada: Nervo facial
Percurso, ramificações e núcleos do nervo facial.

Via aferente

O trajeto das fibras aferentes do ramo principal do nervo facial, antes e após a sua divisão, é o seguinte (de seu início na periferia até o final, no cérebro):

  • As fibras sensitivas aferentes dos dois terços anteriores da língua, levando a sensação do paladar, cursam de volta para o nervo lingual através de ramos menores da musculatura da língua.

Inervação sensitiva da língua - nervo facial (verde)

  • Após passar o gânglio submandibular elas então cursam juntas na corda timpânica com as fibras parassimpáticas eferentes do núcleo salivatório superior.
  • As fibras se unem no nervo facial principal, e formam sinapse no gânglio geniculado.
  • Elas então cursam no nervo intermédio e terminam no núcleo do trato solitário, que está localizado no tronco encefálico.

Notas Clínicas

Remoção cirúrgica da glândula parótida

Os cinco ramos terminais do nervo facial - os ramos temporal, zigomático, bucal, mandibular marginal e cervical - estão intimamente relacionados à glândula parótida, pois emergem das bordas superior, anterior e inferior da glândula. Devido a esta estreita associação, a remoção da glândula parótida (isto é, na remoção de um adenoma ou tumor) sem danificar estes ramos é um procedimento particularmente delicado. Danos a qualquer um desses cinco ramos resultariam em fraqueza ou paralisia dos músculos por eles supridos.

Paralisia do nervo facial

A paralisia facial central cursa com lesões do neurônio motor superior (NMS). Ocorre em derrames e pode ser facilmente diferenciada da paralisia facial periférica, que cursa com lesões do neurônio motor inferior (NMI), por sua apresentação. Na paralisia facial central, ocorre paralisia da metade inferior na face contralateral à lesão, preservando a musculatura da testa. Por outro lado, na paralisia facial periférica ocorre paralisia de toda a hemiface ipsilateral à lesão. Isso ocorre pois os músculos da testa recebem informações dos hemisférios cerebrais esquerdo e direito: informações do hemisfério ipsilateral mantém a função dos músculos na face superior, mesmo quando as informações do hemisfério contralateral são perdidas. Isso é diferente dos músculos da parte inferior da face, que recebem apenas informações do hemisfério contralateral.

Nervo facial - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.102.418 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Frank H. Netter: Atlas der Anatomie, 5th Edition (Bilingual Edition: English and German), Saunders, Chapter 1, Plate 114-115 and 122, published 2010.

Autor:

  • Dr. Alexandra Sierosławska

Ilustrações:

  • Nervo facial: Paul Kim
  • Nervo facial - emergência do tronco encefálico: Paul Kim
  • Nervo facial, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Nervo facial, vista anterior da face: Yousun Koh
  • Área vestibular, vista posterior: Paul Kim
  • Núcleo salivatório superior, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Gânglio geniculado, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Nervo petroso maior, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Gânglio ótico, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Corda do tímpano, vista anterior: Paul Kim
  • Plexo timpânico, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Forame estilomastóideo, vista lateral esquerda: Paul Kim
  • Inervação sensitiva da língua, vista coronal: Paul Kim

Tradução para português, revisão e layout:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Rafaela Ervilha Linhares
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 3 artigos

Assista videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.