EN | DE | PT Contato Como estudar Entrar Cadastrar

Regiões do abdome (abdómen) - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.089.069 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Regiões do abdome (abdómen)

As regiões do abdómen são divisões teóricas utilizadas por clínicos para auxiliar na localização, identificação e diagnóstico dos sintomas apresentados pelos pacientes. Existem duas formas principais de categorização, a primeira mais simples e observada pela divisão do abdómen em quatro quadrantes, e o segundo método, que divide o abdómen em nove segmentos. 

As duas ideias sobre regiões abdominais são internacionalmente reconhecidas, e podem ser utilizadas no dia-a-dia durante a prática clínica, cabendo ao médico escolher como ele prefere apresentar os seus achados.

Fatos importantes
Divisão em quatro quadrantes

Princípio: uma linha vertical através da linha alba (plano mediano) cruza uma linha horizontal que atravessa o umbigo (plano transumbilical) -> quatro quadrantes: quadrante superior direito (QSD), quadrante inferior direito (QID), quadrante superior esquerdo (QSE) e quadrante inferior esquerdo (QIE).

Quadrantes:
QSD - QSE
  |         |

QID  -  QIE

Divisão em nove segmentos

Princípio: duas linhas verticais hemiclaviculares (esquerda e direita) cruzam duas linhas horizontais: a subcostal (através da borda inferior da 10ª cartilagem costal) e a transtubercular (através dos tubérculos da crista ilíaca e do corpo da 5ª vértebra lombar) -> nove segmentos: regiões direita e esquerda do hipocôndrio, região epigástrica, regiões lombares direita e esquerda, região umbilical, regiões inguinais direita e esquerda e região hipogástrica.


Segmentos:
direita do hipocôndrio - epigástrica - esquerda do hipocôndrio
direita lombar - umbilical - esquerda lombar
direita inguinal - hipogástrica - esquerda inguinal

Nota clínica Sinal de Grey-Turner e sinal de Cullen

Este artigo irá discutir ambos os esquemas e incluir uma lista de todos os órgãos internos e outras estruturas anatómicas importantes que podem ser encontradas em cada região.

A divisão em quatro regiões

Divisões e marcos

As quatro regiões anatômicas do abdome (abdómen) são conhecidas como quadrantes. Elas são separadas por linhas teóricas que podem ser traçadas no abdome (abdómen) utilizando certos marcos anatômicos. O plano mediano é o que segue a linha alba e se estende do processo xifóide à sínfise púbica, e divide o abdome (abdómen) verticalmente em duas metades. O plano transumbilical é uma linha horizontal que cursa ao nível do umbigo. Esses dois planos se cruzam no umbigo e dividem o abdome (abdómen) em quatro quadrantes.

Quadrante Superior Direito (QSD)

O quadrante superior direito (QSD) em uma ordem craniocaudal contém: 

Quadrante Inferior Direito (QID)

O quadrante inferior direito (QID) contém: 

Quadrante Superior Esquerdo (QSE)

O quadrante superior esquerdo (QSE) contém, em uma ordem craniocaudal contém: 

  • o lobo esquerdo do fígado
  • o baço
  • o estômago
  • o jejuno
  • a parte proximal do íleo
  • o corpo e a cauda do pâncreas
  • o rim esquerdo e a glândula adrenal esquerda
  • a metade esquerda do cólon transverso
  • a flexura esplênica do cólon
  • a parte superior do cólon descendente

Quadrante Inferior Esquerdo (QIE)

O quadrante inferior esquerdo (QIE) contém: 

  • a parte distal do cólon descendente 
  • o cólon sigmoide (parte do intestino grosso
  • o ureter esquerdo

Dependendo do sexo do indivíduo, os quadrantes inferiores direito e esquerdo podem conter: 

  • um ovário
  • uma tuba uterina (trompa de Falópio)
  • um ducto deferente
  • o útero 
  • a bexiga

A divisão em nove regiões

Divisões e marcos

Comparado ao esquema de quatro regiões, essa divisão do abdome pode parecer mais complicada. Entretanto, ela pode auxiliar na melhor localização dos sintomas clínicos e chegar a um diagnóstico preciso mais rapidamente. Existem dois planos verticais e dois planos horizontais que são utilizados para separar os nove segmentos. Os planos verticais são conhecidos como as linhas hemiclaviculares direita e esquerda, e cursam do ponto médio da clavícula caudalmente até o ponto médio do ligamento inguinal, de cada lado. 

Linhas hemiclaviculares (verde) - vista anterior

Os planos horizontais que são mencionados aqui em uma ordem craniocaudal incluem o plano subcostal e o plano transtubercular. O plano subcostal cursa horizontalmente através da borda inferior da décima cartilagem costal, de cada lado. Finalmente, o plano transtubercular passa através dos tubérculos da crista ilíaca e do corpo da quinta vértebra lombar.

As regiões do hipocôndrio direito e esquerdo são encontradas superiormente de cada lado do abdome, enquanto a região epigástrica encontra-se entre elas em uma posição superior e central. As regiões lombares direita e esquerda cercam a região umbilical, que é central e possui o umbigo como seu centro. Finalmente, as regiões inguinais direita e esquerda são encontradas inferiormente de cada lado da região hipogástrica, que é o mais inferior dos segmentos da linha central.

Cada uma das nove regiões será agora listada individualmente, orientando-se de forma craniocaudal, da esquerda para a direita:

Região do hipocôndrio esquerdo

A região do hipocôndrio esquerdo contém: 

Região do hipocôndrio direito

A região hipocondríaca direita contém:

Região epigástrica

A região epigástrica contém:

Região lombar esquerda

A região lombar esquerda contém: 

  • uma porção do intestino delgado
  • uma parte do cólon descendente 
  • a ponta do rim esquerdo

Região lombar direita

A região lombar direita contém: 

Região umbilical

A região umbilical contém: 

  • o estômago
  • o pâncreas
  • o intestino delgado
  • o cólon transverso
  • os rins direito e esquerdo
  • os ureteres direito e esquerdo 
  • a cisterna do quilo

Região inguinal esquerda

A região inguinal esquerda contém: 

  • parte do intestino delgado
  • o cólon descendente
  • o cólon sigmoide 
  • o ovário esquerdo e a tuba uterina esquerda nas mulheres

Região inguinal direita

A região inguinal direita contém: 

Região hipogástrica

A região hipogástrica contém: 

  • o intestino delgado
  • o cólon sigmoideo reto
  • a bexiga 
  • os ureteres direito e esquerdo
  • o útero, os ovários direito e esquerdo e as tubas uterinas podem ser encontradas nas mulheres, e os vasos deferentes, as vesículas seminais e a próstata podem ser encontrados nos homens.

Nota clínica

O sinal de Grey-Turner é uma hiperemia ou equimose que pode ser vista na região lombar direita após um período de 24 a 48 horas, e indica uma hemorragia retroperitoneal. Sua presença é significativa porque pode ser preditora de uma pancreatite hemorrágica severa, lesão abdominal ou mesmo câncer metastático. O sinal de Cullen é uma descoloração da pele ao redor do umbigo, e indica uma hemorragia peritoneal.

Regiões do abdome (abdómen) - quer aprender mais sobre isso?

As nossas videoaulas divertidas, testes interativos, artigos em detalhe e atlas de alta qualidade estão disponíveis para melhorar rapidamente os seus resultados.

Cadastre-se para ter uma conta gratuita no Kenhub hoje e se junte a mais de 1.089.069 alunos de anatomia de sucesso.

“Eu diria honestamente que o Kenhub diminuiu o meu tempo de estudo para metade.” – Leia mais. Kim Bengochea Kim Bengochea, Universidade de Regis, Denver

Mostrar referências

Referências:

  • Neil S. Norton, Ph.D. and Frank H. Netter, MD, Netter’s Head and Neck Anatomy for Dentistry, 2nd Edition, Elsevier Saunders, Chapter 22 Introduction to the Upper Limb, Back, Thorax and Abdomen, Overview and Topographic Anatomy, General Information, Page 556.
  • Frank H. Netter, MD, Atlas of Human Anatomy, Fifth Edition, Saunders - Elsevier, Chapter Abdomen, Subchapter 24 Topographic Anatomy, Guide: Abdominal Regions, Page 126 to 127.

Autor:

  • Dr. Alexandra Sieroslawska

Ilustrações:

  • Abdômen masculino - vista anterior - Irina Münstermann
  • Abdômen feminino - vista anterior - Irina Münstermann
  • Lobo direito do fígado - vista anterior - Irina Münstermann
  • Vesícula biliar - vista anterior - Irina Münstermann
  • Piloro - vista anterior - Irina Münstermann
  • Duodeno - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cabeça do pâncreas - vista anterior - Irina Münstermann
  • Rim direito - vista anterior - Irina Münstermann
  • Glândula adrenal direita - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cólon ascendente - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cólon transverso - vista anterior - Irina Münstermann
  • Íleo - vista anterior - Irina Münstermann
  • Ceco - vista anterior - Irina Münstermann
  • Apêndice vermiforme - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Ureter direito - vista anterior - Irina Münstermann
  • Lobo esquerdo do fígado - vista anterior - Irina Münstermann
  • Baço - vista anterior - Irina Münstermann
  • Estômago - vista anterior - Irina Münstermann
  • Jejuno - vista anterior - Irina Münstermann
  • Íleo - vista anterior - Irina Münstermann
  • Colo do pâncreas - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cauda do pâncreas - vista anterior - Irina Münstermann
  • Rim esquerdo - vista anterior - Irina Münstermann
  • Glândula adrenal esquerda - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cólon descendente - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cólon sigmóide - vista anterior - Irina Münstermann
  • Ureter esquerdo - vista anterior - Irina Münstermann
  • Ovário - vista anterior - Irina Münstermann
  • Tuba uterina - vista anterior - Samantha Zimmerman
  • Ducto deferente - vista anterior - Irina Münstermann
  • Útero - vista anterior - Irina Münstermann
  • Bexiga - vista anterior - Irina Münstermann
  • Linha hemiclavicular - vista anterior - Irina Münstermann
  • Hipocôndrio - vista anterior - Irina Münstermann
  • Intestino delgado - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Fígado - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Região epigástrica - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Esôfago - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Estômago - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Baço - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Pâncreas - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Parte abdominal dos ureteres - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Glândula adrenal - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Região lombar - vista anterior - Irina Münstermann
  • Região umbilical - vista anterior - Irina Münstermann
  • Cisterna do quilo - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Região inguinal - vista anterior - Irina Münstermann
  • Apêndice cecal - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Ceco - vista anterior - Begoña Rodriguez
  • Região púbica - vista anterior - Irina Münstermann

Tradução para português:

  • Rafael Lourenço do Carmo
  • Catarina Chaves
  • Beatriz la Féria
© Exceto expresso o contrário, todo o conteúdo, incluindo ilustrações, são propriedade exclusiva da Kenhub GmbH, e são protegidas por leis alemãs e internacionais de direitos autorais. Todos os direitos reservados.

Desenhos e imagens relacionados

Continue a sua aprendizagem

Leia mais artigos

Mostre mais 2 artigos

Assista videoaulas

Mostre mais 2 videoaulas

Faça teste

Navegue pelo atlas

Muito bem!

Cadastre-se agora e obtenha sua cópia do guia definitivo de estudos de anatomia!

Crie sua conta gratuitamente.
Comece a aprender anatomia em menos de 60 segundos.